Triângulo de Ilemi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mapa do Triângulo de Ilemi
O Triângulo de Ilemi fica a noroeste do lago Turkana.
Mapas do Triângulo de Ilemi, variando ao longo dos anos

O Triângulo de Ilemi é um território em disputa situado na África Oriental, entre as fronteiras da Etiópia, do Sudão do Sul e do Quénia, tendo este último o controlo da zona. O triângulo ocupa uma extensão entre 10 320 e 14 000 km2.

Apesar do longo uso por parte de tribos da Etiópia, o governo etíope nunca fez uma reclamação oficial sobre o território, e de facto concordou que o território era sudanês pelos tratados de 1902, 1907, e 1972.[1] [2] [3]

O conflito já provém da era colonial, devido à confusão de tratados territoriais. A população é composta por etnias como os turkana, didinga, toposa, dassanetch e nyangatom.[4] A marginalidade económica da zona, unida à instabilidade permanente dos governos da região atrasou a resolução do conflito.

Referências

  1. Brownlie, Ian. African Boundaries: A Legal and Diplomatic Encyclopedia. [S.l.]: Institute for International Affairs, Hurst and Co., 1979. 867-884; 917-921 pp.
  2. Collins, Robert O.. The Ilemi Triangle in: Annales d'Ethiopie. Volume 20, année 2004. [S.l.: s.n.], 2004. 5-12 pp. Página visitada em 2011-06-17.
  3. A National Geographic Society, em obras recentes, inclui a região numa reclamação etíope, depois retirada por falta de fontes. O World Factbook confirma que a Etiópia não apresenta nenhuma reclamação sobre o território
  4. http://www.elpais.com/articulo/portada/adornos/Africa/elpeputec/20051113elpepspor_8/Tes