Triângulo ferroviário

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Triângulos com uma ou duas linhas curtas sem saída podem ser usadas para inverter a marcha de locomotivas ou bondes, em alternativa a “raquetes”.
Esquema de um triângulo ferroviário de via única com dois ângulos rectos
Antiga bifurcação ferroviária, com apenas uma linha a uso, estando abandonadas a segunda linha e a concordância (Estados Unidos)

Numa rede ferroviária, um triângulo é uma bifurcação onde se encontram duas linhas com possibilidade de passagem em qualquer dos seis sentidos possíveis. Topologicamente é composta de três aparelhos de mudança de via ligando as duas linhas e uma concordância entre estas.

Nalguns sistemas ferroviários (no da Refer, p. ex.) algumas concordâncias de um triângulo são classificadas (e nomeadas) à parte das linhas que ligam.

Concordâncias da rede da Refer[editar | editar código-fonte]

Na rede da Refer (Portugal), algumas concordâncias são classificadas (e nomeadas) à parte das linhas que ligam:

Concordância de São Gemil[editar | editar código-fonte]

Fecha o triângulo da bifurcação de onde se inicia a Linha de Leixões com a Linha do Minho, ligando esta com aquela (junto à estação de Ermesinde) numa extensão de 5 km. (Ver mapa.)

Concordância de Verride[editar | editar código-fonte]

Fecha o triângulo da Bifurcação de Lares de onde se inicia o Ramal de Alfarelos com a Linha do Oeste, ligando esta (junto à estação de Amieira) com aquele numa extensão de 2,8 km. (Ver mapa.)

Concordância Norte do Setil[editar | editar código-fonte]

Fecha o triângulo da bifurcação de onde se inicia a Linha de Vendas Novas com a Linha do Norte, ligando esta (junto à estação de Setil) com aquela numa extensão de 987 m. (Ver mapa.)

Concordância de Bombel[editar | editar código-fonte]

À esquerda, Concordância de Bombel, à direita, a Linha do Alentejo.

O Commons possui uma categoria com multimídias sobre a Concordância de Bombel Fecha o triângulo da bifurcação de onde termina a Linha de Vendas Novas com a Linha do Alentejo, ligando esta (junto à estação de Vendas Novas) com aquela numa extensão de 3,1 km. (Ver mapa.)

Concordância de Sete Rios[editar | editar código-fonte]

Início da Concordância de Sete Rios, à direita, visto da estação do mesmo nome.

O Commons possui uma categoria com multimídias sobre a Concordância de Sete Rios (Também dita de Benfica: D.R., 1977.) Fecha o triângulo da bifurcação de onde se cruza a Linha de Sintra com a Linha de Cintura, ligando o PK 5 desta com aquela (junto à estação de Sete Rios) numa extensão de 3,1 km. (Ver mapa.)

Concordância de Xabregas[editar | editar código-fonte]

Fecha o triângulo da bifurcação de onde termina a Linha de Cintura (PK 11,5), ao PK 4 da Linha do Norte, ligando o PK 2 desta com o PK 6,7 daquela (junto à estação de Chelas) numa extensão de 2,5 km. (Ver mapa.)


Concordância de Poceirão[editar | editar código-fonte]

Início da Concordância de Poceirão, em frente; a Linha do Sul continua pela esquerda

O Commons possui uma categoria com multimídias sobre a Concordância de Poceirão Fecha o triângulo da bifurcação de onde se cruza a Linha do Alentejo com a Linha do Sul, ligando esta com aquela numa extensão de 8,2 km. Trata-se de uma concordância tão longa e fechando um triângulo tão vasto que os seus términos são eles próprios triângulos equipados com concordâncias (Agualva e Águas de Moura). (Ver mapas: concordância e triângulo.)

Concordância de Agualva[editar | editar código-fonte]

Fecha o triângulo da bifurcação de onde se inicia a Concordância do Poceirão com a Linha do Alentejo, ligando esta com aquela numa extensão de 2 km. (Ver mapa.)

Concordância de Águas de Moura[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com multimídias sobre a Concordância de Águas de Moura Fecha o triângulo da bifurcação de onde termina a Concordância do Poceirão com a Linha do Sul, ligando esta com aquela numa extensão de 3,8 km. (Ver mapa.)

Concordância de Ermidas[editar | editar código-fonte]

Fecha o triângulo da bifurcação de onde se inicia a Linha de Sines com a Linha do Sul, ligando esta com aquela (junto à estação de Ermidas-Sado) numa extensão de 945 m. (Ver mapa.)

Concordância da Funcheira[editar | editar código-fonte]

Fecha o triângulo da bifurcação de onde termina a Linha do Alentejo com a Linha do Sul, ligando esta com aquela (junto à estação da Funcheira) numa extensão de 4 km. (Ver mapa.)

Concordância de Nine[editar | editar código-fonte]

Nine: Linha do Minho × Ramal de Braga; após as obras de eletrificação em 2002-2004, carris retirados, leito demolido, e canal alienado. (Ver mapa.)

Concordância de Tunes[editar | editar código-fonte]

Tunes: Linha do Sul × Linha do Algarve; carris retirados, leito demolido, e canal alienado. (Ver mapa.)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre transporte ferroviário é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.