Tribunal de Justiça da Paraíba

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba (TJPB)
Sede do órgão judiciário Tribunal de Justiça da Paraíba.jpg
João Pessoa, PB
 Brasil
Site www.tjpb.jus.br

O Tribunal de Justiça da Paraíba, também conhecido pelo acrônimo TJPB, é o órgão máximo do Poder judiciário do estado brasileiro da Paraíba, com sede na capital paraibana, João Pessoa, tem jurisdição em todo o território estadual. O TJPB é composto por 19 desembargadores.[1]

História[editar | editar código-fonte]

Criado a 30 de setembro de 1891, pelo Decreto n°. 69, o Superior Tribunal de Justiça, pelo mesmo decreto foi designado o dia 15 de outubro daquele ano para sua instalação. A 9 de outubro, o Governador Venâncio Neiva nomeava os Desembargadores e demais integrantes da Magistratura paraibana.[2]

Composição[editar | editar código-fonte]

Esta é a sua atual composição de desembargadores:[3]

  1. Des. Marcos Cavalcanti de Albuquerque (Presidente)
  2. Des. Jose Ricardo Porto (Vice-presidente)
  3. Des. Arnobio Alves Teodosio (Corregedor geral)
  4. Des. Abraham Lincoln da Cunha Ramos
  5. Des. Carlos Martins Beltrao Filho
  6. Des. Frederico Martinho da Nobrega Coutinho
  7. Des. Joao Alves da Silva
  8. Des. Joao Benedito da Silva
  9. Des. Joas de Brito Pereira Filho
  10. Des. Jose Aurelio da Cruz
  11. Des. Leandro dos Santos
  12. Des. Luiz Silvio Ramalho Junior
  13. Des. Marcio Murilo da Cunha Ramos
  14. Desª. Maria das Gracas Morais Guedes
  15. Desª. Maria das Neves do Egito de Araujo Duda Ferreira
  16. Desª. Maria de Fatima Moraes Bezerra Cavalcanti
  17. Des. Oswaldo Trigueiro do Valle Filho
  18. Des. Romero Marcelo da Fonseca Oliveira
  19. Des. Saulo Henriques de Sa e Benevides

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Jornal da Paraíba Online. Tribunal de Justiça da Paraíba.... Visitado em 09 de outubro de 2012.
  2. Portal do TJPB. Histórico do Tribunal. Visitado em 09 de outubro de 2012.
  3. TJPB. Tribunal Pleno. Visitado em 3 de fevereiro de 2013.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]