Trifluoreto de bromo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Trifluoreto de bromo
Alerta sobre risco à saúde
Bromine-trifluoride-3D-vdW.png
Propriedades
Fórmula molecular BrF3
Massa molar 136.90 g/mol
Aparência líquido cor de palha
Densidade 2.8 g/ml, líquido
Ponto de fusão

8.8 °C

Ponto de ebulição

125.8 °C

Solubilidade em água decompõe-se
Estrutura
Forma molecular T-shaped
Momento dipolar 1.19 D
Riscos associados
Classificação UE não listado
NFPA 704
NFPA 704.svg
0
3
3
OX
Compostos relacionados
Outros aniões/ânions Monocloreto de bromo
Outros catiões/cátions Trifluoreto de cloro
Trifluoreto de iodo
Compostos relacionados Monofluoreto de bromo
Pentafluoreto de bromo
Exceto onde denotado, os dados referem-se a
materiais sob condições normais de temperatura e pressão

Referências e avisos gerais sobre esta caixa.
Alerta sobre risco à saúde.

Trifluoreto de bromo é um composto químico altamente tóxico e corrosivo, sendo um fluoreto de bromo com fórmula química BrF3. Foi descoberto por Paul Lebeau em 1906.[1] Ocorre como um líquido fumegante de cor variando entre o incolor, o amarelo ou cinza, com odor irritante. É solúvel em ácido sulfúrico mas pode explodir em contato com água. Como potente agente de fluoração é menos reativo que o ClF3. É usado para produzir hexafluoreto de urânio, UF6 no processamento e reprocessamento de combustível nuclear.[2]

Síntese[editar | editar código-fonte]

Trifluoreto de bromo pode ser obtido pela reação de bromo com flúor a 20 °C.

Br2 + 3 F2 → 2 BrF3

A "desproporcionação" de monofluoreto de bromo é também uma fonte para o trifluoreto de bromo.

3 BrF → BrF3 + Br2[3]

Estrutura[editar | editar código-fonte]

Estrutura química do trifluoreto de bromo

Química e propriedades[editar | editar código-fonte]

BrF3 líquido é condutor e isto é atribuído a dissociação:[2]

BrF3 BrF2+ + BrF4

Muitos fluoretos iônicos dissolvem-se facilmente em BrF3 formando "solvobases"[2] e.g.

KF + BrF3 → KBrF4

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Lebeau P.. (1906). "The effect of fluorine on chloride and on bromine". Annales de Chimie et de Physique 9: 241-263.
  2. a b c Greenwood, N. N.; Earnshaw, A. (1997). Chemistry of the Elements, 2nd Edition, Oxford:Butterworth-Heinemann. ISBN 0-7506-3365-4
  3. Simons JH. (1950). "Bromine (III) Fluoride - Bromine Trifluoride". Inorganic Synthesis 3: 184-186.