Trimetilalumínio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Trimetilalumínio
Alerta sobre risco à saúde
Trimethylaluminium-3D-balls.png
Nome IUPAC trimethylalumane
Outros nomes Trimethylaluminium; aluminium trimethyl
Identificadores
Número CAS 75-24-1
PubChem 16682925
ChemSpider 10606585
SMILES
InChI InChI=1/3CH3.Al/h3*1H3;/rC3H9Al/c1-4(2)3/h1-3H3
Propriedades
Fórmula molecular C6H18Al2
Massa molar 144.18 g/mol
Aparência Liquido incolor
Densidade 0.752 g/mL
Ponto de fusão

15 °C

Ponto de ebulição

125 °C

Riscos associados
Principais riscos
associados
Pirofórico
NFPA 704
NFPA 704.svg
4
3
3
W
Exceto onde denotado, os dados referem-se a
materiais sob condições normais de temperatura e pressão

Referências e avisos gerais sobre esta caixa.
Alerta sobre risco à saúde.

Trimetilalumínio é um composto químico de fórmula Al2(CH3)6,abreviado como Al2Me6, (AlMe3)2 ou pela abreviação TMA.Esse liquido incolor e pirofórico é um importante composto organoalumínico industrial.Evolve uma fumaça branca (óxidos de alumínio) quando seus vapores entram em contato com ar.

Estrutura e ligações[editar | editar código-fonte]

Al2Me6 existe como um dímero, análogo à estrutura do diborano.Assim como no diborano, os metaloides estão ligados por uma ligação três centros dois elétrons.O grupo metil compartilhado liga os dois átomos de alumínio.O terminal Al-C e a ponte de ligamento Al-C tem distância de 1,97 Å e 2,14 Å respectivamente[1] .Os átomos de carbono do radical metil central tem 5 vizinhos: três átomos de hidrogênio e dois de alumínio.Os radicais metil interagem prontamente tanto de forma intramolecular como intermolecular.ligações três centro dois elétrons são ligações deficientes de elétrons, portanto tendem a reagir com bases de Lewis, isso resultaria em produtos com ligações dois centros dois elétrons.Por exemplo a reação com aminas resultaria em adutos R3N-AlMe3.Outra reação que gera produtos que segue a regra do octeto é a de Al2Me6 com tricloreto de alumínio para resultar em (AlMe2Cl2).A espécie química AlMe3, que teria um átomo de alumínio central ligado a três radicais metila é desconhecida.A teoria VSEPR prediz que tal molécula teria uma geometria trigonal plana, assim como observado no BMe3.

Síntese e aplicações[editar | editar código-fonte]

TMA pode ser preparado por um processo que pode ser sumarizado pela seguinte reação:

2 Al + 6 CH3Cl + 6 Na → Al2(CH3)6 + 6 NaCl

TMA é usado principalmente na produção de metilaluminoxano, um ativador para catalisadores Ziegler-Natta usados na polimerização de olefinas.TMA também é empregado como um agente metilante.O reagente de Tebbe, que é usado para a metilação de éster e cetonas,é preparado a partir do TMA.TMA é frequentemente usado como traçante em foguetes para teste de padrões de vento na atmosfera superior.TMA também é usado na fabricação de semicondutores, para crescer um fino filme de óxido de alumínio via o processo de Deposição química em fase de vapor ou deposição de camada atômica. TMA forma complexo com a amina terciaria DABCO, o complexo é mais seguro para transporte que TMA puro[2] . Em combinação com Cp2ZrCl2 (dicloreto de zirconoceno), o (CH3)2Al-CH3 adiciona alcinos transversais para dar espécies de vinil alumínio que são úteis em síntese orgânica em uma reação conhecida como carboaluminação[3] .

TMA de grau semicondutor[editar | editar código-fonte]

TMA é a fonte metalorgânica preferida para epitaxia metalorgânica em fase de vapor de semicondutores contendo alumínio, tais como AlAs,AlN,AlP, AlSb, AlGaAs, AlInGaP, AlGaN, AlInGaNP etc.O critério para a qualidade do TMA são impurezas elementais, oxigenadas e orgânicas

Referencias[editar | editar código-fonte]

  1. Holleman, A. F.; Wiberg, E. "Inorganic Chemistry" Academic Press: San Diego, 2001. ISBN 0-12-352651-5.
  2. Biswas, K.; Prieto, O.; Goldsmith, P. J.Woodward, S.. (2005). "Remarkably Stable (Me3Al)2DABCO and Stereoselective Nickel-Catalyzed AlR3 (R = Me, Et) Additions to Aldehydes". Angewandte Chemie International Edition 44 (15): 2232–2234. DOI:10.1002/anie.200462569. PMID 15768433.
  3. Negishi, E.; Matsushita, H., "Palladium-Catalyzed Synthesis of 1,4-Dienes by Allylation of Alkenyalane: α-Farnesene [1,3,6,10-Dodecatetraene, 3,7,11-trimethyl-]", Org. Synth., http://www.orgsyn.org/orgsyn/orgsyn/prepContent.asp?prep=cv7p0245 ; Coll. Vol. 7: 245