Trinità dei Monti

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Trinità dei Monti
Santissima Trinità dei Monti
La Trinité-des-Monts
Fachada da Igreja Trinità dei Monti.
Estilo dominante Renascentista, Barroco
Arquiteto Giacomo della Porta (atribuído)
Domenico Fontana
Início da construção 1502
Fim da construção 1587
Diocese Lyon
Ano de consagração 1585
Arcebispo Philippe Barbarin
Geografia
País Itália
Cidade Roma

Trinità dei Monti ou Santi Trinità dei Monti deve ser a mais fotografada das igrejas de Roma, o cartão-postal, já que se localiza no alto da Piazza di Spagna e da monumental escadaria chamada Espanhola, que se deveu em 1723 - 1726 ao arquiteto Francesco de Sanctis, e continua sendo o ponto de encontro dos romanos e dos turistas, de dia e de noite.

A igreja, que domina com as torres de sua fachada a Piazza di Spagna, foi fundada pelo rei Carlos VIII de França. A construção teve início em 1502 mas só foi terminada em 1587 pelo arquiteto Domenico Fontana, que completou a escadaria dupla e a adornou com capitéis e relevos narrando a vida de alguns santos.

Um dos mais importantes afrescos da cidade de Roma está no interior: é a «Deposição da Cruz», de 1541, por Daniele da Volterra (1509-1566) que perdeu um pouco do frescor ao ser transferido para tela. A influência do mestre do pintor, Michelangelo, está evidente nos corpos musculosos das figuras masculinas.

Vista interior da cúpula.