Triunfo (Rio Grande do Sul)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Triunfo
"Triunfo"
Casario típico do centro histórico de Triunfo

Casario típico do centro histórico de Triunfo
Bandeira de Triunfo
Brasão de Triunfo
Bandeira Brasão
Hino
Fundação 11 de março de 1754
Gentílico triunfense
Prefeito(a) Mauro Fornari Poeta (PMDB)
(2013–2016)
Localização
Localização de Triunfo
Localização de Triunfo no Rio Grande do Sul
Triunfo está localizado em: Brasil
Triunfo
Localização de Triunfo no Brasil
29° 56' 34" S 51° 43' 04" O29° 56' 34" S 51° 43' 04" O
Unidade federativa  Rio Grande do Sul
Mesorregião Metropolitana de Porto Alegre IBGE/2008 [1]
Microrregião São Jerônimo IBGE/2008 [1]
Região metropolitana Porto Alegre
Distância até a capital 75 km
Características geográficas
Área 823,416 km² [2]
População 25 811 hab. Censo IBGE/2010[3]
Densidade 31,35 hab./km²
Altitude 31 m
Clima subtropical
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,788 alto PNUD/2000 [4]
PIB R$ 4 550 725,434 mil (BR: 65º) – IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 181 332,70 IBGE/2008[5]
Página oficial

Triunfo é um município brasileiro do estado do Rio Grande do Sul

Município histórico, Triunfo é o local de nascimento de Bento Gonçalves, do dramaturgo Qorpo Santo, da atriz Iracema de Alencar e o local onde se encontra enterrado o madeirense Jerônimo de Ornelas, fundador da cidade de Porto Alegre.

História[editar | editar código-fonte]

Triunfo tem um passado fortemente vinculado à Revolução Farroupilha, tendo sido palco de vários combates, como a Batalha do Fanfa, quando Bento Gonçalves foi preso.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Triunfo pertence à Região Metropolitana de Porto Alegre. Localiza-se a 29º56'36" de latitude sul e 51º43'05" de longitude oeste, a uma altitude de 31 metros.

Ocupa uma área de 823,41 km² e sua população em 2010 era de 25.811 habitantes.[3] .

Cultura[editar | editar código-fonte]

Na área da cultura a cidade mantém um programa de eventos de caráter regionalista, como o Rodeio Crioulo Estadual, a Gineteada Internacional e a Escaramuça da Canção Gaudéria de Triunfo, bem como outros turísticos, como o Natal Estrela Guia.

Triunfo ainda preserva um patrimônio artístico e arquitetônico considerável, cujo principal representante é a Igreja Bom Jesus, um marco na fundação da cidade e sede da terceira paróquia mais antiga do estado, datada de 1754 e construída em estilo barroco colonial, com significativa estatuária e talha em madeira no interior. Mas uma série de outras edificações civis também são valiosas por sua arquitetura ou história, sendo associadas a personagens do passado local ou riograndense.

A Igreja Bom Jesus
Casa de Luiz Barreto

As mais importantes são o Teatro União, um dos mais antigos do estado (1848), a antiga residência de Bento Gonçalves (hoje o Museu Farroupilha), o Prédio Antônio Ferreira Canabarro (hoje a Secretaria do Trabalho, Habitação e Assistência Social), o Prédio Antônio Cunha Pacheco (ocupado pela prefeitura), a casa do Padre José Rodrigues das Neves (servindo como sede da Biblioteca Pública Municipal Coronel João Maia), a casa de Luiz Barreto (onde funciona a Secretaria de Cultura do município), e um grupo de pequenas habitações dispersas pelo centro histórico, típicas da arquitetura colonial, embora infelizmente em muitos casos já bastante descaracterizadas por intervenções modernas que não respeitaram sua singela arquitetura primitiva [1].

Economia[editar | editar código-fonte]

Na economia, Triunfo tem o quarto maior produto interno bruto (PIB) do Rio Grande do Sul, e o quarto maior PIB per capita dos municípios brasileiros. Isto ocorre em função do Pólo Petroquímico que está situado no seu território, a cerca de 26 km de distância da sede municipal, e que é responsável por cerca de 95% do total da riqueza gerada no município.

Atrações turísticas[editar | editar código-fonte]

Dentre suas atrações naturais está o Parque Copesul de Proteção Ambiental, com 68 hectares às margens do rio Caí, com vegetação nativa, e a confluência dos rios Jacuí e Taquari, um local de turismo da região, onde fica o Camping do Areal.

Eventos[editar | editar código-fonte]

  • Rodeio Crioulo Estadual
  • Gineteada Internacional
  • Escaramuça da Canção Gaudéria de Triunfo
  • Natal Estrela Guia
  • Gincana Cultural Farroupilha

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b Divisão Territorial do Brasil. Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial. Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  3. a b Censo Populacional 2010. Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Página visitada em 11 de dezembro de 2010.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil. Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 dez. 2010.

Triunfo - Onde o Passado e o Futuro se Encontram. Secretaria de Turismo e Cultura de Triunfo. Folheto de informações locais.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Rio Grande do Sul é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.