Trois couleurs: Bleu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Trois couleurs: Bleu
Três Cores: Azul (PT)
A Liberdade É Azul (BR)
1993 • cor • 100 min 
Direção Krzysztof Kieślowski
Roteiro Krzysztof Piesiewicz
Krzysztof Kieślowski
Agnieszka Holland
Edward Zebrowski
Elenco Juliette Binoche
Benoît Régent
Emmanuelle Riva
Florence Pernel
Guillaume De Tonquédec
Género drama
Lançamento França 8 de Setembro de 1993
País  França
Idioma francês
Cronologia
Último
Último
Trois couleurs: Blanc
Próximo
Próximo
Página no IMDb (em inglês)

Trois couleurs: Bleu em francês / Trzy kolory: Niebieski em polonês (br: A Liberdade É Azul / pt: Três Cores: Azul[1] ) é um filme francês, polaco e suíço de 1993, do gênero drama, dirigido pelo cineasta polonês Krzysztof Kieslowski.

É o primeiro filme da série Trilogia das Cores, baseada nas três cores da bandeira francesa, e nas três palavras do lema da Revolução Francesa - liberdade, igualdade e fraternidade. Foi seguido pelos filmes Trois couleurs: Blanc (1994) e Trois couleurs: Rouge (1994).

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Julie é a esposa de um renomado maestro e compositor francês que morre em um desastre automobilístico com a filha do casal, de apenas cinco anos de idade. A mulher, única sobrevivente da tragédia, vê-se na situação de ter que lidar com essas perdas e seguir sua vida, recebendo a encomenda de finalizar uma composição para coro e orquestra que havia sido encomendada ao seu esposo, uma canção pela unificação da Europa. A tarefa a levará a descobrir detalhes da vida do esposo que ela desconhecia, e a se envolver com um outro homem, amigo do casal.

Elenco[editar | editar código-fonte]

  • Juliette Binoche.... Julie
  • Benoít Régent.... Olivier
  • Floence Pernel.... Sandrine
  • Charlotte Very.... Lucille
  • Hélène Vincent.... jornalista
  • Philippe Volter.... agente do Estado
  • Claude Duneton.... médico
  • Hugues Quester.... Patrice
  • Julie Delpy (sob disfarce).... Dominique

Principais prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Prêmio César 1994 (França)

  • Venceu nas categorias de melhor atriz (Juliette Binoche), melhor edição e melhor som.

Festival de Veneza 1993 (Itália)

  • Recebeu o Leão de Ouro (melhor filme), a Copa Volpi (Juliette Binoche, melhor atriz) e o Osella Dourada (Slawomir Idziak, melhor fotografia)

Prémio Goya 1994 (Espanha)

  • Venceu na categgoria de melhor filme europeu (Polônia e França).

Globo de Ouro (EUA)

  • Indicado nas categorias de melhor atriz de cinema - drama (Juliette Binoche), melhor filme estrangeiro e melhor trilha sonora original de cinema.

Banda-sonora[editar | editar código-fonte]

Com música composta por Zbigniew Preisner,[2] o álbum foi gravado pela Sinfonia Varsovia - Beata Rybotycka, Elżbieta Towarnicka, Jacek Ostaszewski, Konrad Mastyło, Silesian Filharmonic Choir, Sinfonia Varsovia e Wojciech Michniewski.

Faixas
  1. Song for the Unification of Europe (Patrice's Version) – 5:13
  2. Van Den Budenmayer-Funeral Music (Winds) – 2:02
  3. Julie-Glimpses of Burial – 0:30
  4. Reprise-First Appearance – 0:34
  5. The Battle of Carnival and Lent – 0:56
  6. Reprise-Julie with Olivier – 0:49
  7. Ellipsis 1 – 0:20
  8. First Flute – 0:50
  9. Julie-In Her New Apartment – 1:45
  10. Reprise-Julie on the Stairs – 1:05
  11. Second Flute – 1:16
  12. Ellipsis 2 – 0:20
  13. Van Den Budenmayer-Funeral Music (Organ) – 1:59
  14. Van Den Budenmayer-Funeral Music (Full Orchestra) – 1:47
  15. The Battle of Carnival and Lent II – 0:42
  16. Reprise-Flute (Closing Credits Version) – 2:19
  17. Ellipsis 3 – 0:22
  18. Olivier's Theme-Piano – 0:36
  19. Olivier & Julie-Trial Composition – 2:01
  20. Olivier's Theme-Finale – 1:38
  21. Bolero-Trailer For 'Red' Film – 1:08
  22. Song For The Unification Of Europe (Julie's Version) (Film) – 6:48
  23. Closing Credits – 2:04
  24. Reprise-Organ – 1:09
  25. Bolero-'Red' Film – 1:28

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Três Cores: Azul Cinema.sapo. Visitado em 7-01-2012.
  2. Trois Couleurs: Bleu [Virgin France] allmusic. Visitado em 7-01-2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]