Trois couleurs: Bleu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Trois couleurs: Bleu
Três Cores: Azul (PT)
A Liberdade É Azul (BR)
 França
1993 • cor • 100 min 
Direção Krzysztof Kieślowski
Roteiro Krzysztof Piesiewicz
Krzysztof Kieślowski
Agnieszka Holland
Edward Zebrowski
Elenco Juliette Binoche
Benoît Régent
Emmanuelle Riva
Florence Pernel
Guillaume De Tonquédec
Género drama
Idioma francês
Lançamento França 8 de Setembro de 1993
Cronologia
Último
Último
Trois couleurs: Blanc
Próximo
Próximo
Página no IMDb (em inglês)

Trois couleurs: Bleu em francês / Trzy kolory: Niebieski em polonês (br: A Liberdade É Azul / pt: Três Cores: Azul[1] ) é um filme francês, polaco e suíço de 1993, do gênero drama, dirigido pelo cineasta polonês Krzysztof Kieslowski.

É o primeiro filme da série Trilogia das Cores, baseada nas três cores da bandeira francesa, e nas três palavras do lema da Revolução Francesa - liberdade, igualdade e fraternidade. Foi seguido pelos filmes Trois couleurs: Blanc (1994) e Trois couleurs: Rouge (1994).

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Julie é a esposa de um renomado maestro e compositor francês que morre em um desastre automobilístico com a filha do casal, de apenas cinco anos de idade. A mulher, única sobrevivente da tragédia, vê-se na situação de ter que lidar com essas perdas e seguir sua vida, recebendo a encomenda de finalizar uma composição para coro e orquestra que havia sido encomendada ao seu esposo, uma canção pela unificação da Europa. A tarefa a levará a descobrir detalhes da vida do esposo que ela desconhecia, e a se envolver com um outro homem, amigo do casal.

Elenco[editar | editar código-fonte]

  • Juliette Binoche.... Julie
  • Benoít Régent.... Olivier
  • Floence Pernel.... Sandrine
  • Charlotte Very.... Lucille
  • Hélène Vincent.... jornalista
  • Philippe Volter.... agente do Estado
  • Claude Duneton.... médico
  • Hugues Quester.... Patrice
  • Julie Delpy (sob disfarce).... Dominique

Principais prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Prêmio César 1994 (França)

  • Venceu nas categorias de melhor atriz (Juliette Binoche), melhor edição e melhor som.

Festival de Veneza 1993 (Itália)

  • Recebeu o Leão de Ouro (melhor filme), a Copa Volpi (Juliette Binoche, melhor atriz) e o Osella Dourada (Slawomir Idziak, melhor fotografia)

Prémio Goya 1994 (Espanha)

  • Venceu na categgoria de melhor filme europeu (Polônia e França).

Globo de Ouro (EUA)

  • Indicado nas categorias de melhor atriz de cinema - drama (Juliette Binoche), melhor filme estrangeiro e melhor trilha sonora original de cinema.

Banda-sonora[editar | editar código-fonte]

Com música composta por Zbigniew Preisner,[2] o álbum foi gravado pela Sinfonia Varsovia - Beata Rybotycka, Elżbieta Towarnicka, Jacek Ostaszewski, Konrad Mastyło, Silesian Filharmonic Choir, Sinfonia Varsovia e Wojciech Michniewski.

Faixas
  1. Song for the Unification of Europe (Patrice's Version) – 5:13
  2. Van Den Budenmayer-Funeral Music (Winds) – 2:02
  3. Julie-Glimpses of Burial – 0:30
  4. Reprise-First Appearance – 0:34
  5. The Battle of Carnival and Lent – 0:56
  6. Reprise-Julie with Olivier – 0:49
  7. Ellipsis 1 – 0:20
  8. First Flute – 0:50
  9. Julie-In Her New Apartment – 1:45
  10. Reprise-Julie on the Stairs – 1:05
  11. Second Flute – 1:16
  12. Ellipsis 2 – 0:20
  13. Van Den Budenmayer-Funeral Music (Organ) – 1:59
  14. Van Den Budenmayer-Funeral Music (Full Orchestra) – 1:47
  15. The Battle of Carnival and Lent II – 0:42
  16. Reprise-Flute (Closing Credits Version) – 2:19
  17. Ellipsis 3 – 0:22
  18. Olivier's Theme-Piano – 0:36
  19. Olivier & Julie-Trial Composition – 2:01
  20. Olivier's Theme-Finale – 1:38
  21. Bolero-Trailer For 'Red' Film – 1:08
  22. Song For The Unification Of Europe (Julie's Version) (Film) – 6:48
  23. Closing Credits – 2:04
  24. Reprise-Organ – 1:09
  25. Bolero-'Red' Film – 1:28

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Três Cores: Azul Cinema.sapo. Página visitada em 7-01-2012.
  2. Trois Couleurs: Bleu [Virgin France] allmusic. Página visitada em 7-01-2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]