Trombocitopenia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Trombocitopenia não especificada
Classificação e recursos externos
CID-10 D69.6
Star of life caution.svg Aviso médico

Trombocitopenia é a redução do número de plaquetas no sangue, ao contrário do que ocorre na trombocitose. Quando a quantidade de plaquetas no sangue é inferior a 150.000/mm³, diz-se que o indivíduo apresenta trombocitopenia (ou plaquetopenia). Pacientes com trombocitopenia possuem maior tendência a apresentar fenômenos hemorrágicos (hemorragias), a depender da causa da trombocitopenia e do número total de plaquetas.

Causas de trombocitopenias[editar | editar código-fonte]

São causas de trombocitopenia:

  • Redução da produção medular: em casos de aplasia medular, fibrose ou infiltração por células malignas, quimioterapia antineoplásica e hipoplasia megacariocítica congênita. O diagnóstico pode ser realizado através da biopsia de medula óssea.
  • Aumento do seqüestro esplênico: A esplenomegalia eleva a quantidade de plaquetas aprisionadas no baço, aumentando a taxa de lise plaquetária, comumente causadas por hipertensão porta, leucemia com infiltração esplênica de células tumorais, linfoproliferação esplênica (linfoma) e ainda na doença de Gaucher.
  • Aumento da destruição plaquetária: A sobrevida das plaquetas pode ser encurtada devido a vasos anormais, próteses vasculares e trombos de fibrinas. Como exemplo podemos citar a púrpura trombocitopênica trombótica, vasculites, síndrome hemolítico-urêmica, coagulação intravascular disseminada e próteses cardíacas.
  • Indução por fármacos: Uso de diuréticos tiazídicos, uso de estrogênios e fármacos mielossupressores induzem supressão medular da produção da linhagem plaquetária. Antibióticos como sulfatiazol, novobiocina, p-aminossalicilato, sedativos, hipnóticos, anticonvulsivantes, alfa-metildopa, digitoxina, sais de ouro e heparina podem induzir destruição imunológica das plaquetas (formação de complexo antígeno-anticorpo e ativação do complemento). A trombocitopenia pela heparina ocorre em 1-3% dos pacientes que recebem esta droga por mais de uma semana. O uso de heparinas de baixo peso molecular reduz o risco do desenvolvimento da plaquetopenia.
  • Dengue.
  • Rubéola Congênita

Sinais e Sintomas[editar | editar código-fonte]

Dependem da causa da trombocitopenia e do valor da contagem plaquetária. A manifestação clássica da trombocitopenia sintomática é o sangramento.

Ícone de esboço Este artigo sobre Patologia (doença) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.