Tronco (instrumento de tortura)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou se(c)ção não cita fontes fiáveis e independentes (desde Janeiro de 2011). Por favor, adicione referências e insira-as no texto ou no rodapé, conforme o livro de estilo. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.

Tronco foi o nome dado a um instrumento de tortura e humilhação, com função semelhante à do pelourinho. Em termos gerais, era constituído por uma estrutura de madeira com buracos e quase sempre correntes, onde os membros dos supliciados eram presos. Geralmente era colocado num local onde o castigo pudesse ser visto por outros, a título de exemplo. Foi usado na Europa e nos Estados Unidos até ao século XIX.

No Brasil, com o intuito de castigar os escravos, havia uma variante do tronco onde os indivíduos eram chicoteados, também como exemplo.

Qualquer ato de desobediência ou falha no cumprimento das tarefas era suficiente para que o escravo sofresse maus tratos, que iam desde xingamentos, bofetões e pontapés até a morte por açoite. Os escravos presos no tronco também estavam sujeitos a levar palmadas e surras com cordas e barras de ferro.[[1]]

Um dos materiais de tortura mais usados depois do tronco era o vira mundo(onde se prendiam os pés e as mãos dos escravos que ficavam presos lá por vários dias, para servir de exemplos para outros escravos). Dizia-se, à época, que os negros deviam ser tratados com os três "P": Pano, pão e pau. Assim, apesar da obrigação de vestir e alimentar os escravos, seus donos tinha pleno direito de castigá-los. Muitos escravos, devido ao excesso de maus tratos, sofriam de Banzo - nome dado para quando os escravos sofriam de uma saudade insuportável de sua terra e de sua liberdade. O que poderia ser caracterizado hoje como uma forma de depressão profunda. Segundo a tradição popular,muitos escavos se entregavam à morte pois acreditavam que morrer era a única forma de voltar à África.

Ícone de esboço Este artigo sobre o Brasil é um esboço relacionado ao Projeto Brasil. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.