Turaco-de-crista-violeta

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaTuraco-de-crista-violeta
Purplecreszed lourie1.jpg

Estado de conservação
Status iucn3.1 LC pt.svg
Pouco preocupante
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Aves
Ordem: Musophagiformes
Cuculiformes
Família: Musophagidae
Género: Tauraco
Espécie: T. porphyreolophus
Nome binomial
Tauraco porphyreolophus
(Vigors, 1831)

O turaco-de-crista-violeta (Tauraco porphyreolophus) é uma ave musofagiforme que pode ser encontrada no Sul e Leste africano, particularmente em Moçambique, onde ocorre em todo o território. Habita florestas, savanas, zonas densas de arbustros, parques e jardins.

Este turaco é uma ave de médio porte, com cerca de 40 cm de comprimento. É muito fácil de identificar, pela sua plumagem de cor verde, com tons de azul metálico na metade inferior do dorso e asas. A cauda é longa, quadrada e azul-violácea, bem como a crista que apresenta na cabeça. As remiges são vermelhas, mas evidentes apenas em vôo. O bico é curto e preto. Os olhos são escuros e rodeados por um anel vermelho.

O turaco-de-crista-violeta vive em casais ou pequenos grupos. Mantém-se sempre perto das árvores que habita e é raro voar em campo aberto. É muito ágil e consegue correr e saltar entre ramos de árvore. A alimentação dos adultos é à base de frutos e os juvenis são alimentados através de regurgitação de insectos e moluscos, sobretudo lesmas.

A época de reprodução decorre entre Agosto e Janeiro. O ninho é construído como uma plataforma de ramos e gravetos a cerca de 4 metros do solo. As posturas têm em média 2 a 3 ovos brancos, incubados ao longo de 22 a 25 dias por ambos os membros do casal, por vezes ao mesmo tempo. Os juvenis recebem os cuidados parentais dos dois progenitores e adquirem capacidade de vôo por volta das 5 semanas de vida.

O turaco-de-crista-violeta não se encontra em risco de extinção.

Distribuição geográfica[editar | editar código-fonte]

Pode ser encontrada nos seguintes países: Burundi, Quénia, Malawi, Moçambique, Ruanda, África do Sul, Suazilândia, Tanzânia, Uganda, Zâmbia e Zimbabwe.

Referências[editar | editar código-fonte]

  • (em inglês) BirdLife International (2004). Tauraco porphyreolophus. 2006 IUCN Red List of Threatened Species. IUCN 2006. Acesso a 19.10.2007.
  • Maclean, G.L., 1993. Robert’s Birds of Southern Africa. 6th Edition. John Voelcker Bird Book Fund