Turismo no México

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
O centro histórico da Cidade do México, é um dos destinos turísticos mais populares.
Teotihuacan é o sítio arqueológico mais visitado no México.

O turismo no México é uma atividade econômica importante para o país, classificado no décimo lugar ao nível mundial em termos de chegadas de turistas internacionais, com 23,4 milhões de visitantes em 2011, e rankea no primeiro lugar dentro da América Latina.[1] As receitas advindas do turismo internacional alcançaram USD 11,869 bilhões em 2011, e o México abarcou 14,9% do fluxo turístico internacional no continente americano, superado só pelos Estados Unidos.[1] Em 2005, o turismo contribuiu com 5,7% das receitas nacionais advindas da exportação de bens e serviços, responsável pela criação de 14,2% dos empregos diretos e indiretos na economia mexicana.[2]

Com 31 sites, 27 cultural e 4 natural, México tem o maior número de locais designados pela UNESCO como Patrimônio da Humanidade de qualquer país das Américas, e está em sexto lugar no mundo.[3] As principais atrações turísticas do México são as ruínas arqueológicas das culturas Mesoaméricanas, as cidades coloniais e os complexos turísticos de praia. O clima temperado do país, junto com sua herença histórica cultural; a fusão da cultura europea (particularmente a espanola) com a cultura Mesoaméricana; fazem do México um dos principais destino turístico ao nível mundial.[1] Quase 90% dos turistas estrangeiros que visitam o país são provenientes dos Estados Unidos, principalmente dos estados vizinhos de Texas (29,4%) e Califórnia (14,0%). Os seguintes mercados de importância são visitantes do Canadá e da Europa. Um número menor dos turistas é proveniente dos países de América Latina.[4]

Na classificação do Índice de Competitividade em Viagens e Turismo (TTCI pelas siglas em inglês) de 2008, que mensura os fatores preponderantes à consolidação de negócios no setor turístico de cada país, o México alcançou o 57º lugar mundial, sendo o quinto colocado entre países da América Latina e o nono no continente americano.[5] As ventagens competitivas do México para desenvolver empreendimentos turísticos consolidaram-se na área de recursos humanos, e nos aspectos culturais e naturais, classificando-se em 2008 no 24º lugar mundial tanto no critério de recursos naturais como no aspecto de cultura. O relatório do TTCI também aponta que as principais dificiências do setor turístico mexicano estão na infra-estrutura informática e de telecomunicações (64º lugar), na infra-estrutura do transporte terrestre (82º lugar), e na segurança pública (122º lugar).[6]

Principais destinos[editar | editar código-fonte]

O México é um país com muita diversidade e ao mesmo tempo, em alguns aspectos, muito homogêneo. Alguns dos principais destinos turísticos, culturais e outros com certa tradição.

Cidade do México[editar | editar código-fonte]

Museo Nacional de Antropología no Parque de Chapultepec é um dos museus mais visitados no mundo.

A capital, Cidade do México, está a 200 metros acima do nível do mar. Trata-se do Distrito Federal que por sua vez oferece um mundo de diversificações salpicado com narrações para evocar interessantes passagens na rica história mexicana. Admirar as construções é possível através dos passeios já programados nas ruas do centro histórico, começando pela Catedral Metropolitana, símbolo da colonização espanhola com seus cantos e arquitetura barroca-churriqueresca. O Palácio Nacional com sua arquitetura tipicamente singular onde se apreciam os arabescos através dos quais "Diego Rivera" narrou episódios de the walking dead da história mexicana. O Palácio dos Correios é um edifício com forro interior todo trabalhado na Itália e constitui um admirável trabalho artístico. Neste lugar encontra-se o Museu Numismático onde a história é contada através das gravuras nas cédulas. O Palácio das Belas Artes constitui um exemplo de arquitetura porfiriana. Seguindo na calçada da reforma, não poderemos deixar de admirar o Anjo da Independência, o Monumento a Colombo e Diana Cazadora. Quanto aos Museus, o Distrito Federal tem todos e para quaisquer idades, gostos ou necessidades. No Bosque (Parque) de Chapultepec abrem-se as portas para: História, Geral, História Mexicana, Antropologia, Arte Moderna, Rufino Tamayo, Tecnológico da Comissão Federal de Eletricidade, História Natural e Papalote. Chapultepec é o parque mais visitado da cidade e conta ainda com um Zoológico, seção de Jogos Mecânicos e grandes extensões de áreas verdes ao longo das quais se distribuem muitos monumentos interessantes com belas fontes.

Sol, praia e água[editar | editar código-fonte]

Tulum, um sítio arqueológico maia, é popular por causa de sua posição sobre a Riviera Maya e sua proximidade com cidades resort.

Na península de Yucatán, um dos destinos de praia mais popular é a cidade resort de Cancún, especialmente entre estudantes universitários durante a semana de primavera. Ao sul de Cancun é a faixa costeira chamada Riviera Maya, que inclui a cidade de praia de Playa del Carmen, os parques ecológicos de Xcaret e Xel-Há, e as ruínas arqueológicos de Tulum. Cozumel é uma ilha no Mar do Caribe, na costa leste da Península de Yucatán, em frente à Playa del Carmen. Cozumel é um destino turístico por seus balneários, mergulho e snorkeling.

Ao longo da costa do Pacífico, o maior atrai são as praias de Acapulco, Mazatlán, e a cidade resort de Puerto Vallarta.

Na ponta sul da península de Baja California é o cidade resort de Cabo San Lucas, conhecida por seu arco distintivo no mar, El Arco de Cabo San Lucas.

Referências

  1. a b c UNWTO (2012). UNWTO Tourism Highlights, Edition 2012 (em inglês). World Tourism Organization. Página visitada em 2012-11-06.
  2. Carmen Altés (2006). El Turismo en América Latina y el Caribe y la experiencia del BID. Inter-American Development Bank; Sustainable Development Department, Technical Paper Series ENV-149, Washington, D.C.. Página visitada em 2008-06-14.
  3. UNESCO (2012). Statistics on States Parties (em inglês). UNESCO World Heritage Centre. Página visitada em 2012-12-15.
  4. "SECTUR (2002). El Turismo en México 2001 (em espanhol). Secretaría de Turismo (SECTUR). Página visitada em 2008-07-26. pp. 5
  5. Jennifer Blanke and Thea Chiesa, Editors (2008). The Travel & Tourism Competitiveness Report 2008 (em inglês). World Economic Forum, Geneva, Switzerland.
  6. World Economic Forum (2008-03-06). Country/Economy Profiles: Mexico (em inglês). The Travel & Tourism Competitiveness Report 2008. Página visitada em 2008-06-20.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Bandeira do México México
Bandeira • Brasão • Hino • Cinema • Culinária • Cultura • Demografia • Economia • Geografia • História • Portal • Política • Subdivisões • Turismo • Imagens