Twelve Years a Slave

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde julho de 2014).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Twelve Years a Slave
Doze Anos Escravo (PT)
Doze Anos de Escravidão (BR)
Ilustração de Twelve Years a Slave (1855)
Autor (es) Solomon Northup
Idioma Inglês
País  Estados Unidos
Género Memórias
Editora Derby & Miller
Lançamento 1853
Edição portuguesa
Editora Marcador
Lançamento 2014
Edição brasileira
Tradução Caroline Chang
Editora Penguin-Companhia
Lançamento 2014

Twelve Years a Slave (Doze Anos de Escravidão (título no Brasil) ou Doze Anos Escravo (título em Portugal)) é um livro de memórias escrito por Solomon Northup. Trata-se da narrativa de um homem negro nascido livre no estado de Nova York que é sequestrado, vendido como escravo, e mantido em cativeiro por doze anos. A obra fornece detalhes dos mercados de escravos, em Washington, D.C. e Nova Orleans, bem como uma descrição precisa do cultivo de algodão e açúcar em grandes plantações da Luisiana.

Publicado pela primeira vez nos Estados Unidos pela editora Derby & Miller em 1855, Twelve Years a Slave tornou-se um sucesso de vendas e acabou dando suporte factual ao famoso romance abolicionista A Cabana do Pai Tomás (1852), de Harriet Beecher Stowe. Atualmente em domínio público, o trabalho de Northup encontra-se disponível em formatos de áudio, digital, e em versões anotadas. Duas adaptações têm o livro por base: Solomon Northup's Odyssey, um telefilme de 1984 produzido pelo canal PBS; e 12 Years a Slave, um longa-metragem de 2013 dirigido por Steve McQueen.