Two Tickets to Broadway

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Two Tickets to Broadway
Dois Bilhetes para a Glória (PT)
Vinho, Mulheres e Música (BR)
 Estados Unidos
1951 • Technicolor • 106 min 
Direção James V. Kern
Produção Jerry Wald
Norman Krasna
Elenco Tony Martin
Janet Leigh
Gloria DeHaven
Eddie Bracken
Ann Miller
Gênero comédia musical
Idioma inglês
Distribuição RKO Radio Pictures
Página no IMDb (em inglês)
Gloria DeHaven posa como pin-up para a edição de 22 de junho de 1945 da revista Yank, the Army Weekly, dirigida aos alistados no Exército dos EUA. Gloria foi vocalista nas bandas de Bob Crosby e Jan Savitt. Contratada pela MGM na década de 1940, estrelou ou foi coadjuvante em vários musicais do estúdio. Com o declínio do gênero, voltou-se para o teatro e a televisão.[1]

Two Tickets to Broadway (Vinho, Mulheres e Música (título no Brasil) ou Dois Bilhetes para a Glória (título em Portugal)) é um filme estadunidense de 1951, do gênero comédia musical, dirigido por James V. Kern e estrelado por Tony Martin e Janet Leigh.

A produção[editar | editar código-fonte]

O filme é uma volta aos velhos musicais, em que um punhado de jovens talentos busca seu lugar ao Sol. A diferença é que -- sinal dos tempos -- o objetivo não é brilhar no teatro ou no cinema, mas, sim, na televisão.

Joe Smith e Charlie Dale, veteranos do vaudeville, ficaram com os dois papéis originalmente pensados para Stan Laurel e Oliver Hardy, que não puderam aceitar devido a Laurel estar doente.[2]

Busby Berkeley dirigiu a coreografia, porém a sequência mais marcante é a da canção Let's Make Comparisons, em que Bob Crosby explica porque não é Bing Crosby, de quem é irmão na vida real.[2] [3]

Apesar da supervisão de Howard Hughes, da produção dos assim chamados garotos espertos Jerry Wald e Norman Krasna, dos outros nomes envolvidos, e das belas cores do Technicolor, o público não se deixou seduzir e Two Tickets to Broadway deu um prejuízo de $1,150,000.[4]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Vinda do interior, Nancy Peterson chega a Nova Iorque, disposta a vencer na carreira artística. Ela e os colegas de pensão Dan, Hannah, Joyce e Foxy montam um número para tentar aparecer no programa de variedades comandado por Bob Crosby na TV. Lew Conway, um agente atrapalhado, faz de tudo para mantê-los como clientes e promete abrir as portas do show para eles, apesar de não fazer a mínima ideia de quem seja Bob Crosby.

Premiações[editar | editar código-fonte]

Prêmio Categoria Situação
Oscar Melhor Mixagem de Som Indicado

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator/Atriz Personagem
Tony Martin Dan Carter
Janet Leigh Nancy Peterson
Gloria DeHaven Hannah Holbrook
Eddie Bracken Lew Conway
Ann Miller Joyce Campbell
Barbara Lawrence Foxy Rogers
Bob Crosby Bob Crosby,
Joe Smith Harry
Charles Dale Leo
Taylor Holmes Willard Glendon
Buddy Baer Marinheiro no ônibus

Referências

  1. KATZ, Ephraim, The Film Encyclopedia, sexta edição, Nova Iorque: HarperCollins, 2008 (em inglês)
  2. a b ERICKSON, Hal. Two Tickets to Broadway. AllMovie. Página visitada em 21 de novembro de 2012.
  3. MALTIN, Leonard, Classic Movie Guide, segunda edição, Nova Iorque: Plume, 2010 (em inglês)
  4. JEWELL, Richard B. e HARBIN, Vernon, The RKO Story, terceira impressão, Londres: Octopus Books, 1984 (em inglês)

Referências bibliográficas[editar | editar código-fonte]

  • JEWELL, Richard B. e HARBIN, Vernon, The RKO Story, terceira impressão, Londres: Octopus Books, 1984 (em inglês)

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]