Tymora (deusa)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Tymora
Deuses de Forgotten Realms
Moradia Arvandor
Nível de Poder Deus Intermediário
Tendência
Tendências Permitidas
Portifólio Boa sorte, habilidade, vitória, aventuras
Domínios Caos, Bondade, Sorte, Proteção, Viagem
Aliado(s) Azuth, Selûne, Kelemvor
Superior -
Arma Favorecida Uma moeda giratória (shuriken)
Portal RPG

Tymora é a deusa da boa sorte no mundo fictício de Toril, na campanha de ambientação Reinos Esquecidos. Ed Greenwood criou Tymora para sua rodada de jogo de RPG de Dungeons & Dragons, mais ou menos inspirado pela divindade grega Tyche.[1]

Tymora é irmã de Beshaba,[2] a deusa do infortúnio, as duas foram criadas quando Tyche, o criador do domínio da sorte, foi infectado pela essência de Moander, e se partiu e foi dividido separadamente por Selûne. Tymora, tradicionalmente, aparece como uma mulher jovem, com roupas de camponesa, apesar de, após o Tempo das Perturbações, ter adquirido um aspecto mais nobre. Normalmente, ela habita o plano de Arvandor.[3]

Ensinamentos[editar | editar código-fonte]

O grito de guerra dos servos de Tymora é: "A sorte favorece os corajosos!". Um coração bravo e com força de vontade vencerá até armadilhas, cuidadosamente elaboradas, de nove a cada dez vezes. Uma pessoa dever ser colocada a mercê da sorte - de Tymora - e confiar nela.

Os clérigos[editar | editar código-fonte]

Tymora é uma deusa muito popular entre aventureiros e seus templos podem ser encontrados em qualquer lugar onde eles estejam. Como é a primeira escolha, entre os deuses, feita pelos aventureiros, suas igrejas são muito ricas.

Com a riqueza, vem a independência entre as diferentes igrejas de Tymora. Não existem vestimentas próprias e os templos refletem o gosto pessoal de seus clérigos.

Por causa disso, nos últimos dez anos está sendo feito um trabalho de unificação da igreja, pelas mãos de um único patriarca, como é na igreja de Ohgma. Esse líder é Datantos, o maior sacerdote da casa da senhora, em Arabel. Foi neste templo que Tymora se manifestou no Tempo das Perturbações e ali ficou, protegendo a cidade com seus poderes, durante os piores momentos. As outras igrejas estão bastante resistentes em relação a proclamar Arabel como o centro da fé e conflitos já começaram a ocorrer.

Ordens[editar | editar código-fonte]

  • Seguidores do Destino Livre

Um sociedade especial de clérigos da igreja de Tymora, os Seguidores da Sorte Livre (ou Triffs, como são conhecidos coloquialmente), teêm dedicado suas vidas a conter os esforços de Beshaba, e especialmente os Dedos Negros, seus assassinos. Qualquer membro do clero pode se unir se mostrar ter experiência, dedicação a causa e ser convidade por um ancião da Sociedade.

Recompensas e Punições[editar | editar código-fonte]

Tymora ilumina aqueles que se arriscam, e ajudam aos que se arriscam. Ela abençoa os que lidam severamente com os seguidores de Beshaba. Ela rola os dados da sorte contra os que fogem dos seguidores de Beshaba e morrem em desonra.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. In: Eric L. Boyd, Erik Mona. Faiths and Pantheons (em <código de língua não-reconhecido>). [S.l.]: Wizards of the Coast, 2002. 223 pp. ISBN 9780786927593.
  2. Rip Van Wormer (2007-04-13). Beshaba - Planewalker (em Inglês). Visitado em 2014-01-09.
  3. In: Jeff Grubb, Kate Novak. Tymora's Luck (em <código de língua não-reconhecido>). [S.l.]: TSR, Inc., 1997. 315 pp. ISBN 0-7869-0726-6.