Tzitzak

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Tzitzak
Imperatriz-consorte bizantina
Governo
Reinado ca. 18 de junho de 741 - ca. 750
Consorte Constantino V
Antecessor Ana
Sucessor Maria
Dinastia Isáurica
Vida
Nascimento Século VIII
Morte ca. 750
Filhos Leão IV, o Cazar
Pai Bihar

Tzitzak (em turco: Çiçek - "flor"), batizada como Irene após sua conversão (em grego: Ειρήνη - "paz") e conhecida como Irene da Cazária, foi uma princesa cazar, filha do khagan Bihar, e imperatriz-consorte bizantina, primeira esposa do imperador Constantino V Coprônimo (r. 741–775).

Imperatriz[editar | editar código-fonte]

Em 732, o Império Bizantino estava ameaçado pelo avanço do Califado Omíada. Buscando novos aliados, Leão III, o Isáurio, enviou uma embaixada a Bihar, o khagan dos cazares. Uma aliança foi firmada e reforçada com o casamento de Tzitzak com Constantino V, filho e co-imperador-júnior de Leão.

Tzitzak foi escoltada até Constantinopla para se casar e seu noivo, Constantino, tinha por volta de quatorze anos. É possível que ela fosse ainda mais jovem, pois não conseguiu ter filhos pelos próximos dezoito anos. Tzitzak se converteu ao cristianismo e adotou o nome de batismo de "Irene" ("paz"). O vestido de casamento dela ficou famoso por iniciar uma moda em Constantinopla por roupas masculinas chamadas de tzitzakion.

A crônica de Teófanes, o Confessor, relata que Tzitzak teria aprendido a ler textos religiosos e afirma que ela era uma moça piedosa, ao contrário do padrasto e do marido. Leão III e Constantino V eram imperadores iconoclastas enquanto que Teófanes era um monge iconódulo, o que explicaria o viés negativo em relação a eles e seu elogio à imperatriz[1] .

Se sua madrasta, Maria, ainda era imperatriz-sênior na época de seu casamento é algo incerto. Leão III morreu em 18 de junho de 741 e Constantino V o sucedeu com Maria ao seu lado como imperatriz-consorte. Porém, quase que imediatamente, uma guerra civil se iniciou com Artabasdo, cunhado de Constantino, reivindicando para si o trono. Esta guerra perdurou até 2 de novembro de 743. O papel de Irene nestes eventos não foi relatado por Teófanes.

Em 25 de janeiro de 750, Constantino e Tzitzak tiveram um filho, Leão, que sucederia ao pai como Leão IV, o Cazar. Ele ganhou o epíteto de "o Cazar" por conta de sua mãe. Seu nascimento parece ser a última menção de Maria (Irene) no registro histórico e, no ano seguinte, Leão reaparece já casado com sua segunda esposa, Maria. Lynda Garland sugere que Tzitzak teria morrido no parto[2] .

Ver também[editar | editar código-fonte]

Tzitzak
Nascimento: ca. 732 Morte: ca. 750
Títulos reais
Precedido por:
Maria
Imperatriz-consorte bizantina
741–750
com Ana (741–743)
Sucedido por:
Maria

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]