Universidade Estadual do Ceará

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de UECE)
Ir para: navegação, pesquisa
UECE
Universidade Estadual do Ceará
Brasão05 vertical.jpg
Lema 'Lumen ad Viam("Luz Para o Seu Caminho".)
Fundação 10 de março de 1975
Tipo de instituição Pública, Estadual
Orçamento anual R$ 52.300.321,00 (2005)
Docentes 812 (771 efetivos)
Total de estudantes 21.653 (2013)
Graduação 18.138(2013)
Pós-graduação 3.515 (2013)
Reitor(a) José Jackson Coelho Sampaio
Vice-reitor(a) Hidelbrando dos Santos Soares
Campi
Estado Bandeira do Ceará.svgCeará
Afiliações CRUB, RENEX e ABRUEM
Página oficial http://www.uece.br
Uece rotatória e reitoria.JPG
Instituições de ensino superior do Brasil Brasil

A Universidade Estadual do Ceará (UECE) é uma universidade pública brasileira, com atuação em ensino, pesquisa e extensão, mantida pela Fundação Universidade Estadual do Ceará (FUNECE). A instituição é uma das três universidades mantidas pelo governo do estado do Ceará, ao lado da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UEVA) e da Universidade Regional do Cariri (URCA).

Seu principal campus é o Campus do Itaperi, que está localizado no bairro do Itaperi, na cidade de Fortaleza. A universidade conta ainda com campi no Bairro de Fátima, em Fortaleza, e nas cidades de Limoeiro do NorteItapipocaTauáQuixadá e Iguatu.

Criada em 1975, a partir de institutos de ensino superior isolados que existiam em várias regiões do estado, a UECE possui atualmente cerca de 20 mil estudantes e 800 professores espalhados por 12 centros e faculdades, que oferecem 77 cursos de graduação presenciais e a distância, 27 mestrados, nove doutorados, 154 grupos de pesquisa atuantes em 138 laboratórios e 57 projetos de extensão.[1]

Para o primeiro semestre letivo de 2014, a UECE ofereceu 2.281 vagas para os cursos de graduação, sendo 1 231 para os campi da Capital e 1 050 vagas para o interior do Estado.[2]

De acordo com o Ranking Universitário da Folha de São Paulo (RUF) de 2014, é considerada a oitava melhor universidade estadual do Brasil, sendo a melhor universidade estadual das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste.[3] Em 2013, foi instituição de ensino superior melhor avaliada no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) dentro do estado do Ceará. Além disso, os cursos de Administração, Psicologia e Ciências Contábeis figuraram entre os melhores do país.[4] [5] Também é a única universidade brasileira citada no Bright Green Book, o Livro Verde do Século XXI, uma parceria entre o Conselho Euro-Brasileiro de Desenvolvimento Sustentável (EUBRA) e a ONU-Habitat, o programa de assentamentos urbanos da Organização das Nações Unidas.[6]

História[editar | editar código-fonte]

A história da UECE começa em 18 de outubro de 1973 com a Lei N° 9.753, que autorizou o Poder Executivo estadual a instituir a FUNEDUCE.

Em março de 1975, o Conselho Diretor da FUNEDUCE criou a Universidade Estadual do Ceará, que teve incorporada ao seu patrimônio as unidades de ensino superior já existentes na época: a Escola de Administração do Ceará, a Faculdade de Veterinária do Ceará, a Escola de Serviço Social de Fortaleza, a Escola de Enfermagem São Vicente de Paula, a Faculdade de Filosofia Dom Aureliano Matos, além da Televisão Educativa Canal 5. O primeiro reitor foi o professor Antônio Martins Filho, fundador da Universidade Federal do Ceará e professor de direito comercial da Faculdade de Direito da mesma universidade.

A UECE teve sua instalação concretizada somente em 1977. No dia 13 de maio de 1977, através de lista sêxtupla, foi nomeado pelo então governador Adauto Bezerra, o professor Danísio Dalton da Rocha Corrêa como reitor. Em 1981, Danísio assume a Secretaria de Educação do Estado e o professor Padre Luiz Moreira foi nomeado reitor pro tempore. Depois, por ato do governador Virgílio Távora, em 31 de março de 1981, o Padre Luiz Moreira foi definitivamente nomeado como reitor.

Por necessidade de adequação às novas exigências administrativas que se evidenciaram nos três primeiros anos de funcionamento, a FUNEDUCE foi transformada em Fundação Universidade Estadual do Ceará (FUNECE), em maio de 1979.

Em 13 de abril de 1984, foi nomeado pelo então governador Gonzaga Mota, o professor Cláudio Régis de Lima Quixadá para a função de reitor.

A quinta gestão teve como reitor o professor Perípedes Maia Chaves nomeado pelo governador Tasso Jereissati em 14 de abril de 1988.

Na sexta gestão administrativa da UECE foi nomeado reitor, em 12 de maio de 1992, o professor Paulo de Melo Jorge Filho pelo governador Ciro Gomes.

Para a sétima gestão administrativa da UECE foi nomeado, em 24 de maio de 1996, o professor Manassés Claudino Fonteles como reitor, assumindo, a partir 22 de maio de 2000, seu segundo reitorado. Em 06 de outubro de 2003, Claudino se afastou do cargo, sendo sucedido pelo professor Francisco de Assis Moura Araripe, terminando o mandato em 22 de maio de 2004. Durante o reitorado do professor Manassés houve várias mudanças na estrutura da universidade, sendo a mais significativa a aprovação do novo estatuto da FUNECE/UECE, em 23 de novembro de 1999, pelo Conselho Universitário (CONSU).

Em julho de 2005, foi realizado na UECE a 57ª reunião anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC).

Atualmente, a gestão é exercida pelo Prof. José Jackson Coelho Sampaio.

Panorâma dos pavilhões de exposições da 57ª anual da SBPC.
Campus do Itaperi, Fortaleza.

Estrutura[editar | editar código-fonte]

Campi[editar | editar código-fonte]

Reitoria da Universidade Estadual do Ceará

Unidades Acadêmicas[editar | editar código-fonte]

Processo seletivo[editar | editar código-fonte]

Desde 2014, o ingresso nos cursos de graduação da UECE para o primeiro semestre letivo é feito através do ENEM, ofertando 50% de suas vagas pelo Sistema de Seleção Unificada, e os outros 50% através de vestibular organizado pela própria universidade por meio da Comissão Executiva do Vestibular (CEV). No segundo semestre, a seleção é feita exclusivamente por meio do vestibular tradicional. Este último consiste em provas objetivas das disciplinas obrigatórias do ensino médio e uma redação. São 60 questões na primeira fase e 60 questões, divididas em três disciplinas específicas, e uma redação na segunda fase.

Ensino[editar | editar código-fonte]

Cursos de graduação[editar | editar código-fonte]

Ciências Agrárias
Ciências da Saúde
Ciências Biológicas
Ciências Exatas e da Terra
Ciências Humanas
Ciências Sociais Aplicadas
Linguística, Letras e Artes

Cursos de Pós-graduação[editar | editar código-fonte]

Doutorados:

  • Ciências Veterinárias (PPGCV)
  • Geografia (PROPGEO)
  • Cuidados Clínicos em Enfermagem e Saúde (PPCCLIS)
  • Linguística Aplicada (POSLA)
  • Educação (PPGE)
  • Saúde Coletiva  
  • Biotecnologia
  • Saúde Coletiva 

Mestrados Acadêmicos:

  • Ciências Veterinárias (PPGCV)
  • Geografia (PROPGEO)
  • Cuidados Clínicos em Enfermagem e Saúde (PPCCLIS)
  • Linguística Aplicada (POSLA)
  • Educação (PPGE)
  • Saúde Pública (CMASP)
  • Ciências Fisiológicas (CMACF)
  • Nutrição e Saúde
  • Ciência da Computação (MACC)
  • Ciências Físicas Aplicadas (MACFA)
  • Recursos Naturais
  • Administração (CMAAD)
  • Serviço Social, Trabalho e Questão Social (MASS)
  • Filosofia (CMAF)
  • História (MAHIS)
  • Políticas Públicas e Sociedade
  • Educação e Ensino (MAIE)

Mestrados Profissionais:

  • Computação Aplicada 
  • Planejamento e Políticas Públicas 
  • Saúde da Criança e do Adolescente
  • Saúde da Família
  • Ensino na Saúde
  • Matemática em Rede Nacional (Profmat)
  • Gestão de Negócios Turísticos
  • Letras em Rede Nacional (Profletras) 
  • Biotecnologia em Saúde Humana e Animal

Bibliotecas[editar | editar código-fonte]

Entrada da Biblioteca Prof. Antônio Martins Filho - Campus do Itaperi-Fortaleza
  • Biblioteca Prof. Antônio Martins Filho - Campus do Itaperi-Fortaleza
  • Biblioteca Setorial do CH - Centro de Humanidades-Fortaleza
  • Biblioteca Prof. Paulo de Melo Petrola - FACEDI - Faculdade de Educação de Itapipoca
  • Biblioteca Cônego Misael Alves de Sousa - FAFIDAM - Faculdade de Filosofia Dom Aureliano Matos
  • Biblioteca Setorial da FAEC - Faculdade de Educação de Crateús
  • Biblioteca Raquel de Queiroz - FECLESC - Faculdade de Educação,Ciências e Letras do Sertão Central
  • Biblioteca Humberto Teixeira - FECLI - Faculdade de Educação de Iguatu
  • Biblioteca Setorial do CECITEC - Centro de Educação, Ciências e Tec. da Região dos Inhamuns

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. A UECE em números - 2013. Página visitada em 17 de setembro de 2014.
  2. Uece divulga resultado final do vestibular 2014.1 Diário do Nordeste (6 de janeiro de 2014). Página visitada em 17 de setembro de 2014.
  3. Uece lidera ranking no Norte e no Nordeste O Povo Online (11 de setembro de 2014). Página visitada em 17 de setembro de 2014.
  4. http://blog.opovo.com.br/blogdoeliomar/uece-e-a-instituicao-de-ensino-do-estado-melhor-avaliada-no-enade/ Uece é a instituição de ensino do Estado melhor avaliada no Enade
  5. http://tribunadoceara.uol.com.br/noticias/ceara/enade-ufc-e-uece-tem-cursos-entre-os-melhores-do-brasil/ Enade: UFC e Uece têm cursos entre os melhores do Brasil
  6. Conheça 5 iniciativas brasileiras que estão no Livro Verde do Século 21 Superinteressante (16 de setembro de 2011). Página visitada em 17 de setembro de 2014.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Universidade Estadual do Ceará