UFC 146

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
UFC 146 Dos Santos vs Mir
Detalhes
Promoção Ultimate Fighting Championship
Data 26 de Maio de 2012
Local MGM Grand Garden Arena
Cidade Estados Unidos Las Vegas, Nevada
Público 14,674
Total Bolsa $3,428,775
Cronologia
UFC on Fuel TV: Korean Zombie vs. Poirier UFC 146 Dos Santos vs Mir The Ultimate Fighter: Live Finale

UFC 146: Dos Santos vs. Mir foi um evento de artes marciais mistas organizado pelo Ultimate Fighting Championship. O evento ocorreu em 26 de maio de 2012 na MGM Grand Garden Arena em Las Vegas, Nevada.

Background[editar | editar código-fonte]

O campeão de Pesos Pesados Junior dos Santos fez a luta principal do card da noite contra Frank Mir, onde venceu de forma arrasadora. Em primeiro momento, Alistair Overeem seria o desafiante, porém foi pego no exame anti-doping e o presidente da organização, Dana White moveu Frank Mir como desafiante ao cinturão, e Cain Velasquez, que seria o adversário de Frank Mir no co-evento, com Antônio Pezão como seu adversário. [1]

Após se lesionarem, Gabriel Gonzaga e Evan Dunham foram substituídos neste card, por Dave Hermann (Card 21-3) e Jamie Varner (card 19-6-1) respectivamente, alterando ainda mais o evento marcado para o dia 26 de maio [2] .

Card Oficial[editar | editar código-fonte]

Card Principal
Categoria Vencedor Perdedor Método Round Tempo Notas
Pesados Brasil Júnior Cigano (c) derrotou Estados Unidos Frank Mir Nocaute Técnico (Socos) 2 3:04 a[›]
Pesados Estados Unidos Cain Velasquez derrotou Brasil Antônio Pezão Nocaute Técnico (Socos) 1 3:36
Pesados Estados Unidos Roy Nelson derrotou Estados Unidos Dave Herman Nocaute (Soco) 1 0:51
Pesados Estados Unidos Stipe Miocic derrotou Estados Unidos Shane del Rosario Nocaute Técnico (Cotoveladas) 2 3:14
Pesados Países Baixos Stefan Struve derrotou Estados Unidos Lavar Johnson Finalização (Armlock) 1 1:05
Card Preliminar (FX)
Penas Estados Unidos Darren Elkins derrotou Brasil Diego Brandão Decisão Unânime (29-28, 29-28 e 29-28) 3 5:00
Leves Estados Unidos Jamie Varner derrotou Brasil Edson Barboza Nocaute Técnico (Socos) 1 3:23
Médios Estados Unidos C.B. Dollaway derrotou Estados Unidos Jason Miller Decisão Unânime (29-28, 30-26 e 29-28) 3 5:00
Meio Médios Inglaterra Dan Hardy derrotou Estados Unidos Duane Ludwig Nocaute técnico (Socos e Cotoveladas) 1 3:51
Card Preliminar (Facebook)
Leves Inglaterra Paul Sass derrotou Estados Unidos Jacob Volkmann Finalização (Triângulo) 1 1:54
Meio Pesados Brasil Glover Teixeira derrotou Estados Unidos Kyle Kingsbury Finalização (Katagatame) 1 1:53
Penas Estados Unidos Mike Brown derrotou Estados Unidos Daniel Pineda Decisão unânime (29-28, 29-28 e 29-28) 3 5:00

^ a: Pelo Cinturão Peso Pesado do UFC.

Repercussão negativa TV Globo[editar | editar código-fonte]

O main-event do UFC 146 foi anunciado pela TV Globo para ser transmitido ao vivo, logo após o Supercine. Entretanto, as lutas do card principal, acabaram sendo muito rápidas, o que fez com que main-event acontecesse por volta da meia-noite, quando a expectativa era de acontecer por volta das 01:30 da madrugada. Dessa forma, a TV Globo não transmitiu o evento ao vivo, embora tenha anunciado-o assim, pois o narrador Sérgio Maurício anunciou que o evento era ao vivo no início da transmissão pela emissora, e só passou o reprise após o Supercine terminar [3] , o que gerou estrondosa repercussão negativa pra emissora, pois os telespectadores ficaram revoltados nas mídias sociais, alcançando o 1º lugar dos trending topics mundiais do Twitter e permanecendo por várias horas na liderança dos trending topics brasileiros, com a expressão "#globofail". Rapidamente, tal expressão alcançou aos internautas, que o difundiram com enorme velocidade nas já mencionadas mídias. Vários internautas, através do twitter, pediram ao presidente do UFC, Dana White tomar posição sobre o ocorrido. A emissora ainda não se posicionou sobre o fato.

Bônus da Noite[editar | editar código-fonte]

Os lutadores receberam US$ 70 mil em bônus.

  • Luta da Noite (Fight of the Night): Não houve o prêmio "Luta da Noite"
  • Nocaute da Noite (Knockout of the Night): Estados Unidos Roy Nelson, Inglaterra Dan Hardy
  • Finalização da Noite (Submission of the Night): Países Baixos Stefan Struve, Inglaterra Paul Sass

Referências