UFC Fight Night: Hunt vs. Pezão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
UFC Fight Night: Hunt vs. Pezão
Detalhes
Promoção Ultimate Fighting Championship
Data 02013-12-06 6 de dezembro de 2013
Local Brisbane Entertainment Centre
Cidade Austrália Brisbane, Queensland
Público 11,393
Arrecadado R$4.166.190
Cronologia
The Ultimate Fighter 18 Finale UFC Fight Night: Hunt vs. Pezão UFC on Fox: Johnson vs. Benavidez II

UFC Fight Night: Hunt vs. Pezão (também conhecido como UFC Fight Night 33) foi um evento de artes marciais mistas, ocorrido em 02013-12-06 6 de dezembro de 2013 no Brisbane Entertainment Centre em Brisbane, Queensland, devido ao fuso horário existente entre Brisbane, Queensland e o Brasil, o card teve início no dia 02013-12-06 6 de dezembro de 2013 para os fãs que moram no Brasil.

Background[editar | editar código-fonte]

O evento principal foi a luta entre os pesos pesados, o neozelandês Mark Hunt e o brasileiro Antônio Pezão.[1]

A lutadora russa Aleksandra Albu iria fazer sua estreia no evento diante da norte-americana Julie Kedzie, mas uma lesão a forçou a sair do card e sendo substituída pela brasileira, também estreante, Bethe Correa.

Brian Melancon era esperado para enfrentar Robert Whittaker no evento, porém, devido à problemas renais Melancon se aposentou e se retirou da luta, e Whittaker foi retirado do card.

Alex Caceres era esperado para enfrentar o canadense Mitch Gagnon, mas devido à problemas de visto, Gagnon teve de se ausentar do evento. A luta entre os dois será remarcada em breve.

Card Oficial[editar | editar código-fonte]

Card Principal (Fox Sports 1)
Categoria Vencedor Perdedor Método Round Tempo Notas
Pesados Nova Zelândia Mark Hunt e Brasil Antônio Pezão Empate Majoritário (48-47, 47-47 e 47-47) 5 5:00
Meio Pesados Brasil Mauricio Shogun derrotou Nova Zelândia James Te-Huna Nocaute (Soco) 1 1:03
Meio Pesados Estados Unidos Ryan Bader derrotou Austrália Anthony Perosh Decisão Unânime (30-27, 30-27 e 30-26) 3 5:00
Pesados Austrália Soa Palelei derrotou Estados Unidos Pat Barry Nocaute (Socos) 1 2:09
Médios Estados Unidos Clint Hester derrotou Nova Zelândia Dylan Andrews Nocaute Técnico (Interrupção Médica) 2 5:00
Galos Femininos Brasil Bethe Correia derrotou Estados Unidos Julie Kedzie Decisão Dividida (29-28, 28-29 e 29-28) 3 5:00
Card Preliminar (Fox Sports 2)
Galos Japão Takeya Mizugaki derrotou Estados Unidos Nam Phan Decisão Unânime (29-28, 29-28 e 30-28) 3 5:00
Médios Brasil Caio Magalhães derrotou Canadá Nick Ring Decisão Unânime (29-28, 29-28 e 29-28) 3 5:00
Moscas Estados Unidos Justin Scoggins derrotou Austrália Richie Vaculik Nocaute Técnico (Socos) 1 4:43
Médios Polónia Krysztof Jotko derrotou BrasilBruno Santos Decisão Unânime (29-28, 29-28 e 30-27) 3 5:00
Card Preliminar (Facebook/Youtube)
Meio Médios República Dominicana Alex Garcia derrotou Austrália Ben Wall Nocaute (Socos) 1 0:43

Pós-Lutas[editar | editar código-fonte]

  • Antônio Pezão x Mark Hunt - A luta principal da noite foi considerada pela imprensa como uma das maiores lutas da história dos pesos-pesados no MMA.[2] Idéia também defendida por Dana White. Segundo ele, "tanto Hunt, quanto Silva levam a luta da noite, e ambos ganham bônus pela vitória. Posso até comprar uma ilha para cada um! A luta mais incrível de pesados de todos os tempos. Nunca fiquei tão feliz com um empate na minha vida! Os ganhadores dessa luta somos nós, os fãs".[3]
  • Shogun x Te Huna - Vindo de algumas derrotas, esta poderia ser a última luta de Shogun no UFC. Até mesmo Dana White chegou a cogitar a aposentadoria do brasileiro em caso de uma nova derrota. Porém, a forma como ele chegou à vitória, considerada "Nocaute do século" por Dana White, representou uma sobrevida do lutador brasileiro no evento.[4]

Bônus da Noite[editar | editar código-fonte]

  • Luta da Noite (Fight of the Night): Nova Zelândia Mark Hunt vs. Brasil Antônio Silva
  • Nocaute da Noite (Knockout of the Night): Brasil Maurício Rua
  • Finalização da Noite (Submission of the Night): Não houve lutas terminadas em finalização no evento.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Ultimate oficializa Mark Hunt x Antônio Pezão para o dia 6 de dezembro. combate.com (8 de setembro de 2013).
  2. sportv.globo.com/ Em duelo épico, Pezão e Hunt empatam após cinco rounds
  3. espn.com.br/ Pezão e Hunt fazem duelo épico e ficam no empate na Austrália
  4. espn.com.br/ À moda antiga, Shogun nocauteia Te Huna com uma 'bomba' e renasce no UFC

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]