Universidade Federal do Triângulo Mineiro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de UFTM)
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
WikiProjeto não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde abril de 2014).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
UFTM
Universidade Federal do Triângulo Mineiro
Fundação 27 de abril de 1953 / 2005
Tipo de instituição Pública
Orçamento anual R$ 88 Milhões em 2010
Docentes 515
Total de estudantes 5.752
Graduação 4.747
Pós-graduação 608
Reitor(a) Virmondes Rodrigues Júnior
Vice-reitor(a) Ana Lúcia de Assis Simões
Estado Minas Gerais
Afiliações RENEX
Página oficial http://www.uftm.edu.br/
Instituições de ensino superior do Brasil Brasil

Universidade Federal do Triângulo Mineiro ou UFTM é uma instituição pública que se localiza na cidade de Uberaba, Minas Gerais, Brasil, antes sob o nome de FMTM (Faculdade de Medicina do Triângulo Mineiro) e transformada no ano de 2005 em Universidade em decreto do governo federal; A Universidade é considerada a 6° melhor do Brasil - de acordo com o Enade. Os cursos atualmente ministrados são: Biomedicina, Ciências Biológicas, Educação Física, Enfermagem, Física, Fisioterapia, Geografia, História, Letras, Matemática, Medicina, Nutrição, Psicologia, Química, Serviço Social Terapia Ocupacional, Engenharia Civil, Engenharia Ambiental, Engenharia de Alimentos, Engenharia de Produção, Engenharia Elétrica, Engenharia Mecânica, Engenharia Química.

Apresentação[editar | editar código-fonte]

A Universidade Federal do Triângulo Mineiro é uma Instituição Federal de Ensino Superior, constituída sob a forma de Autarquia em Regime Especial, vinculada ao Ministério da Educação. Foi fundada no dia 27 de abril de 1953 com o nome de Faculdade de Medicina do Triângulo Mineiro. Após anos de sucesso e reconhecimento nacional e internacional na formação de Médicos a FMTM serviu de base para a criação dos cursos de Enfermagem e Biomedicina e posteriormente na criação da UFTM. Tem sede na Rua Frei Paulino nº 30 – Bairro Abadia, em Uberaba-MG. A UFTM possui uma área total de 108.889,41m² (imóveis próprios), sendo 27.494,44m² a do seu Hospital Escola. A Universidade desempenha uma função de liderança na região do Triângulo Mineiro e hoje vê sua área de influência ampliada, estendendo-se até o interior de São Paulo, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. O ensino ministrado pela UFTM tem sido reconhecido como de qualidade, em decorrência do seu amadurecimento científico, da progressiva qualificação do seu corpo docente, dos investimentos em pesquisa e das atividades de extensão voltadas para o atendimento das necessidades e aspirações da comunidade local e da região. Sempre houve, na UFTM, o crescente interesse de levar adiante a indissociabilidade do ensino, pesquisa e extensão, e nos seus 50 anos de existência a UFTM tem-se destacado na área de Pesquisa, com suas preocupações voltadas para a solução dos problemas locais e regionais. Nesse sentido, tem dedicado especial atenção à doença de Chagas, à Esquistossomose, à Leishmaniose e outras doenças tropicais comuns na região.

Breve Histórico da UFTM[editar | editar código-fonte]

Tradicional no estudo da saúde, a Universidade Federal do Triângulo Mineiro, antiga Faculdade de Medicina do Triângulo Mineiro, foi fundada em 1953, obtendo autorização para o funcionamento do Curso de Medicina a partir de 1954. Desde a sua fundação, desenvolveu-se nos aspectos quantitativo e qualitativo, criando e fazendo funcionar, a partir de 1989, o Curso de Graduação em Enfermagem, e a partir de 2000 o Curso de Graduação em Biomedicina, bacharelado. Em 2006, foram implantados os Cursos de Graduação em Fisioterapia, Nutrição, Terapia Ocupacional e Licenciatura em Letras Português/Espanhol e Português/Inglês. Em 2009, foram implantados os Cursos de Graduação em Ciências Biológicas, Educação Física, Física, Geografia, História, Matemática, Química, Serviço Social. Em 2010, foram implantados os cursos de Graduação em Engenharia Civil, Engenharia Ambiental, Engenharia de Alimentos, Engenharia de Produção, Engenharia Elétrica, Engenharia Mecânica, Engenharia Química.

A Universidade Federal do Triângulo Mineiro oferece, em nível de Pós-graduação Lato Sensu dezenove Programas de Residência médica em diversas especialidades e dois cursos de Especialização. Em nível de Pós-graduação Strito Sensu, criou em 1987, o curso de Pós-graduação Mestrado em Patologia humana e, hoje, oferece Mestrado e Doutorado em Patologia (com 05 áreas de concentração) e em Medicina tropical e Infectologia (com 02 áreas de concentração). Desde 1987, é oferecido o Curso de Aperfeiçoamento em Medicina Tropical com 10 vagas anuais, onde são recebidos alunos de toda a América Latina. Em função da alta demanda e buscando a concretização da sua proposta de ampliação das atividades de ensino na área de saúde, em 1990 a UFTM obteve autorização para criar o Cefores - Centro de Formação Especial em Saúde, com o objetivo de formar técnicos para atuar nos serviços de saúde, oferecendo atualmente cinco cursos técnicos.

Fatos cronológicos[editar | editar código-fonte]

1953 – Fundação, com autorização para funcionar o Curso de Graduação em Medicina

1960 – Federalização.

1972 - Início oficial da Pós-graduação “lato-sensu”.

1980 - Início oficial da Residência Médica.

1982 – Inauguração do Hospital Escola.

1987 – Início da Pós-graduação “strito-sensu”.

1989 – Criação do Curso de Graduação em Enfermagem.

1990 – Implantação do CEFORES, Centro de Formação Especial em Saúde. (ensino profissionalizante em nível de 1° e 2°. graus).

1999 - Criação do Curso de Graduação em Biomedicina.

2005 – Transformação em Universidade Federal do Triângulo Mineiro.

2006 – Implantação de cinco novos cursos. (Graduação em Fisioterapia, Nutrição, Terapia Ocupacional e Licenciatura em Letras Português/ Espanhol e Português/ Inglês.)

2009 - Implantação de oito novos cursos. (Graduação em Ciências Biológicas, Educação Física, Física, Geografia, História, Matemática, Química e Serviço Social.)

2010 - Implantação de sete novos cursos. (Graduação em Engenharia Civil, Engenharia Ambiental, Engenharia de Alimentos, Engenharia de Produção, Engenharia Elétrica, Engenharia Mecânica, Engenharia Química.)

Dados retirados do sítio da instituição: http://www.uftm.edu.br/

Cursos oferecidos[editar | editar código-fonte]

A UFTM oferece cursos de graduação, pós-graduação lato e stricto sensu (Residência Médica, Residência Integrada Multiprofissional em Saúde, Mestrado Acadêmico,Mestrado Profissional e Doutorado), cursos técnicos e de formação profissional, cursos de extensão e organiza diversos eventos. As bibliotecas da UFTM estão disponíveis para empréstimos de livros para toda a comunidade interna da UFTM e à comunidade externa (até 15 usuários da comunidade externa simultaneamente).

GRADUAÇÃO

A UFTM disponibilizou no ano de 2012, 1.354 vagas nos 25 cursos de graduação:

Obs.: As habilitações do curso de Letras são contabilizadas como um único curso.


Universidades e Faculdades de Uberaba
Universidade de Uberaba | Universidade Federal do Triângulo Mineiro | FAZU | Unipac | Universidade Norte do Paraná | Fcetm | FACTHUS