USB On-The-Go

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

USB On-The-Go (normalmente abreviado para USB OTG) é um suplemento para o USB 2.0 (ou USB 1.0) especificações que permitem equipamentos USB terem maiores flexibilidade em gerenciar as suas conexões.

A função On The Go (OTG) permite a conexão de dispositivos externos de armazenamento de dados USB diretamente no seu Smartphone, como pen drives, hard disks USB, MP3 Players etc, na porta USB da caixa de som para reprodução instantânea de arquivos MP3.

É uma especificação utilizada pela primeira vez no final de 2001, que permite que os dispositivos USB tais como leitores de áudio digital ou telefones celulares funcionem como um host, permitindo que outros dispositivos USB, como um pen drive, câmera digital, mouse ou teclado se anexem a eles. Ao contrário dos sistemas convencionais USB, sistemas USB OTG podem, além de host, agirem como dispositivos USB normais, quando ligado a um outro host. Isso pode ser usado para permitir que um telefone celular atue como anfitriã para uma unidade flash ao ler seu conteúdo (para transferir música, por exemplo), mas, em seguida, agir como uma unidade flash quando conectado a um computador host e permitir que o host leia seu dispositivo.

Dito de outra forma, USB On-The-Go fala de [relacionamento mestre-escravo] versao em Ingles, mas ao contrário do USB regular, trata-se de papel trocando habilidades nessas relações. (Relacionamentos "mestre-escravo" também pode ser chamado de mestre-periféricos, host-escravo ou relações periférico do hospedeiro). Enquanto o velho arranjo fixo mestre / escravo padrão funciona para alguns dispositivos, existem muitos dispositivos que exclusivamente precisarão atuar como um mestre ou um escravo, dependendo da tarefa desejada. Por exemplo, uma impressora de computador é normalmente um dispositivo escravo, mas quando um flash drive USB de imagens é conectado à porta USB da impressora com nenhum computador atual (ou pelo menos desligado) seria útil para a impressora para assumir o papel de mestre ou host, assumindo o controle do link de comunicação para a unidade flash e imprimir imagens a partir dele.

Quando dois dispositivos se conectam, eles estabelecem um link de comunicação. Seja qual for o dispositivo controlador da ligação é chamado de mestre (ou host) e o outro dispositivo é chamado de escravo (ou periférica). USB On-The-Go introduz o conceito de que um dispositivo pode executar tanto o mestre e os papéis de escravos. Com OTG, um dispositivo pode ser um host quando agindo como mestre de link, ou um periférico ao atuar como o elo de escravos. A escolha de ser anfitrião ou periférico é tratado inteiramente pela extremidade do cabo do dispositivo que está conectado.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]