USS Charleston (C-2)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
USS Charleston.

O USS Charleston (C-2) foi um cruzador protegido da Marinha dos Estados Unidos.[1] O seu desenho foi executado por um estaleiro do Reino Unido e a construção realizada em um estaleiro norte-americano de São Francisco sendo comissionado em 1889. Este foi o segundo navio da Marinha dos Estados Unidos à receber esse nome.

Guerra Hispano-Americana[editar | editar código-fonte]

Quando a Guerra Hispano-Americana começou, o USS Charleston foi enviado sob o comando do capitão Henry Glass para a ilha de Guam que na época pertencia aos espanhóis, havia uma pequena guarnição espanhola na ilha, quando o navio chegou deu o primeiro tiro, os espanhóis não sabiam nada sobre a guerra e foram receber os "convidados" e pedir desculpas por não terem pólvora para retribuir o tiro de "saudação" do Charleston, mas ao chegarem Glass informou-lhes que os dois países estavam em guerra, portanto a guarnição espanhola foi aprisionada e a ilha foi ocupada. Em seguida, o Charleston se juntou à frota do Comodoro George Dewey para lutar na Batalha de Cavite, nas Filipinas.

Naufrágio[editar | editar código-fonte]

O Charleston estava navegando em 1899, quando encalhou num recife, a sua tripulação conseguiu escapar, mas o navio foi perdido.[2]

Referências

  1. USS Charleston IV (PG-51) (em inglês). Dictionary of American Naval Fighting Ships, Office of the Chief of Naval Operations, Naval History Division • Washington. Página visitada em 8 de junho de 2012.
  2. USS Charleston (C-2) (+1899) (em inglês). The Wreck site. Página visitada em 8 de junho de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui multimídias sobre USS Charleston (C-2)
Ícone de esboço Este artigo sobre tópicos navais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.