USS Defiant

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de USS Defiant (Star Trek))
Ir para: navegação, pesquisa

No universo da série de ficção científica Star Trek, USS Defiant refere-se a três naves estelares da Federação dos Planetas Unidos.[1]

A primeira Defiant (NCC-1764) é uma da doze naves originais Classe Constitution, aparecendo no episódio "The Tholian Web" da série original Star Trek, e no episódio "In a Mirror, Darkly" da série Star Trek: Enterprise.[2]

A segunda Defiant (NX-74205) aparece na série Star Trek: Deep Space Nine, no episódio "The Search, Part I", e após isso continuou a ter uma relevância significante no decorrer da série. Ela é a primeira nave da Classe Defiant, sendo ainda um protótipo quando liberada para a Estação Espacial 9 (por isso sua numeração é NX-74205, não NCC-74205). Esta nave também aparece no filme Star Trek: First Contact.[3]

Quando a segunda Defiant é destruída, na sétima temporada de Star Trek: Deep Space Nine, rapidamente é reposta por outra nave da classe Defiant, a USS Sao Paulo (NCC-75633).[4] O capitão Benjamin Sisko recebeu permissão especial do Comando da Frota Estelar para renomear a nova nave também como Defiant.

Classe Constitution[editar | editar código-fonte]

Universo Padrão[editar | editar código-fonte]

No episódio "The Tholian Web", passado no ano 2268, A Frota Estelar perde contato com a USS Defiant (NCC-1764). A USS Enterprise (NCC-1701) a encontra na fronteira do espaço Toliano, à deriva, entrando e saindo dos sensores da nave. O Capitão Kirk e um grupo avançado encontram os membros da tripulação da Defiant mortos, e posteriormente é determidado que eles mataram uns aos outros em um ataque de insanidade.

Assim que retomam o contato com a Enterprise descobrem que a Defiant está entrando e saindo de nossa realidade. Os transportadores da Enterprise não estão confiáveis, e Kirk permanece atrás enquanto o resto de sua tripulação é transportada de volta. A Defiant então desaparece, levando Kirk com ela. Uma nave Toliana aparece e seu comandante, Loskene, acusa a Enterprise de violar o espaço Toliano. Os Tolianos começam a erguer uma rede energética ao redor da Enterprise.

Nesse meio tempo, o oficial científico Spock descobre que a região inteira está em total desordem com áreas de interfase entre os universos. O doutor McCoy descobre que a interfase causa um desequilíbrio bioquímico, que levou a tripulação da Defiant à loucura. Ele é capaz de sintetizar um medicamento para contra-atacar esses efeitos.

A tripulação da Enterprise assim é capaz de usar a interfase para resgatar o Capitão Kirk e escapar da armadilha Toliana. A Defiant é dada como destruída pela interfase.

Universo Espelho[editar | editar código-fonte]

No episódio "In a Mirror, Darkly" da série Star Trek: Enterprise, o destino da Defiant é revelado. Os Tolianos do Universo Espelho detonaram um dispositivo tri-cobalto dentro de uma estrela morta. Isto causou a ruptura, ou interfase, que apareceu no Universo Padrão. Relutantemente, eles não enviaram suas naves através da interfase, mas uma chamado de socorro com a intenção de atrair alguma nave do outro lado para sua armadilha, induzindo-a a atravessar a ruptura para o Universo Espelho. Os Tolianos esperavam capturar essa nave e então usá-la para uma invasão.

Classe Defiant[editar | editar código-fonte]

Universo Padrão[editar | editar código-fonte]

O protótipo da Classe Defiant, a USS Defiant (NX-74205), é comissionada e enviada à Estação Espacial 9 atendendo a um pedido do então Comandante Benjamin Sisko, afim de proteger a Estação Bajoriana da crescente ameaça dos Dominion. Esta nave foi originalmente desenvolvida para combater a ameaça Borg.

No primeiro episódio da terceira temporada, o Comandante Sisko define a Defiant como a primeira nave de guerra da Federação, apesar de ela ser oficialmente classificada como "nave de escolta".

No episódio "Defiant", Gul Dukat classifica a nave estelar como "uma das naves de guerra mais pesadamente armada do Quadrante". No filme Primeiro Contato, o Comandante Riker classifica a nave como "navezinha durona", em referência à sua alta resistência a danos.

Universo Espelho[editar | editar código-fonte]

No episódio "Shattered Mirror", o Capitão Sisko é levado ao Universo Espelho para ajudar Smile (contra-parte de Miles O'Brien) a terminar a construção de sua própria Defiant, usando esquemas técnicos que este havia roubado anteriormente, em uma visita ao Universo Padrão.

Referências

  1. Stratrek.com, USS Defiant, página visitada em 20 de abril de 2013.
  2. Michael e Denise Okuda. Star Trek Encyclopedia. [S.l.]: Pocket Books, 1999. 752 pp. 9780671536091
  3. J. M. Dillard. Star Trek "Where No One has Gone Before". [S.l.]: Pocket Books, 1994. 208 pp. 0-671-51149-1
  4. Lebowitz, Adam "Mojo"; Bonchune, Robert. Star Trek: Starship Spotter. New York: Pocket Books, 2001. p. 44. ISBN 0-7434-3725-X

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • J. M. Dillard. Star Trek "Where No One has Gone Before". [S.l.]: Pocket Books, 1994. 208 pp. 0-671-51149-1
  • Michael e Denise Okuda. Star Trek Encyclopedia. [S.l.]: Pocket, 1999. 752 pp. 9780671536091
  • Krauss, Lawrence M.. A física de Jornada nas Estrelas (The Fisics of Star Trek). [S.l.]: Makron Books e Editora Afilidada, 1995. 151 pp. 85-346-0633-1
  • William Shatner com Crhris Kreski. Jornada nas Estrelas - Memórias (TV). [S.l.]: Nova Fronteira, 1993. 346 pp. 85-209-0583-8
  • William Shatner com Crhris Kreski. Jornada nas Estrelas - Memórias dos filmes (Cinema). [S.l.]: Nova Fronteira, 1994. 346 pp. 85-209-0922-1
  • Michael e Denise Okuda. Star Trek The Next Generation. [S.l.]: Barron's Educational Series, 2013. 978-0764166068
  • Star Trek Federation: The First 150 Years. [S.l.]: 47North, 2012. 164 pp. 978-1612184173

Ligações externas[editar | editar código-fonte]