USS Periwinkle (1864)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
USS Periwinkle
O U.S.S. Polaris equipado para a exploração do Ártico
Carreira   Bandeira da marinha que serviu Bandeira da marinha que serviu
Lançamento 1864
Batismo 9 de dezembro de 1864
Comissionamento janeiro de 1865
Porto de registo Estaleiro Naval de Washington
Norfolk
Estado esmagado em um bloco de gelo
Fatalidade outubro de 1872
Características gerais
Deslocamento 383 toneladas
Comprimento 140’
Calado 28’
Propulsão motor a vapor
Profundidade 12’
Armamento dois canhões de 24 libras

USS Periwinkle (1864) foi um navio a vapor adquirido pela Marinha da União durante os meses finais da Guerra de Secessão. Serviu à Marinha contra os Estados Confederados da América como um navio patrulha.

Depois da guerra o navio foi retido pela Marinha dos Estados Unidos para auxiliar a Expedição Científica Hall ao Oceano Ártico, sob o nome de Polaris ao entrar nas águas do Ártico teve seu casco danificado e esmagado pelo gelo.

Construção[editar | editar código-fonte]

America, um rebocador pesado, construído em 1864 ma Filadélfia que foi comprado pela Marinha da União em 9 de dezembro de 1864 por John W. Lynn, rebatizado como Periwinkle e comissionado em janeiro de 1865 com Henry C. Macy no comando.[1]

Atribuição pós-guerra[editar | editar código-fonte]

USS Periwinkle quando rebatizado como Polaris.

Após o fim da Guerra de Secessão, o Periwinkle continuou a servir junto com a flotilha até junho de 1968.

Com destino ao Polo Norte, atingiu a latidude 82’1 11’ N., o ponto mais ao norte atingido por um navio até então. Polaris ficou preso no gelo na viagem de volta em outubro de 1872, sendo esmagado pelo mesmo.

Referências

  1. Periwinkle p. en. Página visitada em 7 de janeiro de 2014.