Uauá

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Uauá Bahia
Bandeira desconhecida
Brasão desconhecido
Bandeira desconhecida Brasão desconhecido
Hino
Aniversário 9 de julho
Fundação 9 de julho de 1926
Gentílico uauaense
Prefeito(a) Olimpio Cardoso Filho (PDT)
(2013–2016)
Localização
Localização de Uauá Bahia
Localização de Uauá Bahia na Bahia
Uauá Bahia está localizado em: Brasil
Uauá Bahia
Localização de Uauá Bahia no Brasil
09° 50' 31" S 39° 28' 55" O09° 50' 31" S 39° 28' 55" O
Unidade federativa  Bahia
Mesorregião Nordeste Baiano IBGE/2008[1]
Microrregião Euclides da Cunha IBGE/2008[1]
Região metropolitana não
Distância até a capital 438 km km
Características geográficas
Área 2 950,274 km² [2]
População 24 302 hab. IBGE/2010[3]
Densidade 8,24 hab./km²
Altitude 462 m m
Clima semi-árido
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,605 médio PNUD/2010[4]
PIB R$ 85 688,373 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 3 392,66 IBGE/2008[5]
Página oficial

Uauá (de acordo com Nascentes, palavra de origem tupi significa vaga-lume) é um município brasileiro do Estado da Bahia.

História[editar | editar código-fonte]

Conhecida nacionalmente como a "Capital do bode", Uauá foi povoado de Monte Santo,como primeiro morador (casa) Davi Ferreira.A cidade passou por vários momentos históricos com a passagem de Virgulino Ferreira da Silva, o Lampião, que ficou hospedado na casa de Roque Ferreira (filho de Davi Ferreira). Uauá também foi palco da primeira batalha da Guerra de Canudos.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Sua população estimada em 2004 era de 26.840 habitantes. Já no censo 2010 foi registrado uma população de 24.294 segundo o IBGE.

Economia[editar | editar código-fonte]

Uauá-Bahia, é um município economicamente sustentado e movido pela economia de subsistência, caracterizado pelo manejo da caprinovinocultura, conhecido nacionalmente como "Capital do Bode" o titulo é uma referencia a exposição de caprinos e ovinos que acontece anualmente e pela fama de ter a carne de bode mais saborosa da região, O bode representa 1/3 do PIB do município cerca de R$ 37 milhões, Segundo pesquisa do Bioma Caatinga. em 2010. Nos últimos tempos o município vem implementando através do IRPAA – (Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada) e a Coopercuc – (Cooperativa de Agropecuária Familiar de Canudos, Uauá e Curaçá), um programa de convivência com o semi- árido que já mudou a vida de muitas famílias através do beneficiamento das frutas do sertão a exemplo do Umbú.

Educação[editar | editar código-fonte]

A Faculdade de Tecnologia e Ciências chegou à cidade no ano de 2005 e, desde então, tem oferecido não apenas cursos de nível superior com graduações tecnológicas, licenciaturas e bacharelados, como também cursos de pós-graduação, todos em regime de educação à distância. O município também conta com cursos técnicos em segurança do trabalho, zootecnia, agronegócio, contabilidade, enfermagem, nutrição e dietética e informatica, conta ainda com cursos do Pronatec do governo federal, no antigo Colégio Estadual Antônio Conselheiro (CEAC), hoje Centro Territorial de Ensino Profissional Sertão do São Francisco II Antonio Conselheiro- CETEP SSF II AC. Em 2014 a UNINTER também passou a oferecer cursos de graduação a distancia na cidade.

Tecnologia[editar | editar código-fonte]

O município dispõe de dois provedores de acesso (ISP), oferecendo Internet banda larga na sede do município. Ambos possuem infra-estrutura "wireless" (sem fio) na sede do município. Desse modo, o governo do estado da Bahia, em convênio com a Prefeitura Municipal, inaugurou em 2007 o primeiro Infocentro do município. O Programa Identidade Digital é equipado com diversos computadores com o sistema operacional Linux e oferece cursos de informática básica e acesso à web para a população carente.

O município também possui cobertura de telefonia celular oferecida pelas operadoras Vivo e Claro.

Festas populares[editar | editar código-fonte]

Festa típica do Nordeste, o "São João" de Uauá é, seguramente, um dos melhores e mais tradicionais da Bahia. Com intensa participação popular, os festejos juninos, em que predomina o verdadeiro forró "pé-de-serra", preservam as raízes culturais de Uauá.

Há, também, no mês de agosto, a tradicional exposição de caprinos e ovinos que reúne grandes empresários e turistas de todo o Brasil.

Cidades-irmãs[editar | editar código-fonte]

Uauá possui as seguintes cidades-irmãs:

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Visitado em 5 dez. 2010.
  3. Censo Populacional 2010 Censo Populacional 2010 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Visitado em 11 de dezembro de 2010.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2010). Visitado em 16 de agosto de 2013.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Visitado em 11 dez. 2010.
  6. a b SECULT - Secretaria de Cultura do Bahia. Sertão quer preservar arte e cultura popular.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]