Uhtred

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Uhtred de Bebbanburg, Uhtred Uhtredson, ou ainda Uhtred Ragnarson, é o personagem principal e narrador das Crônicas Saxônicas, série do gênero Romance Histórico do autor Bernard Cornwell. Segundo o autor, Uhtred é baseado em outro Uhtred que viveu na mesma epoca e teria governado a fortaleza de Bebbanburg.

História[editar | editar código-fonte]

Uhtred nasceu filho do Ealdorman Uhtred, Senhor de Bebbanburg e aprendeu a ter raiva dos reinos vizinhos Mércia, Ânglia Oriental, Wessex, Escócia e os dinamarqueses. Uhtred era originalmente chamado de Osbert enquanto foi o filho mais novo do Ealdorman Uhtred (O nome Uhtred era sempre do filho mais velho), mas depois que seu irmão foi morto em um ataque falhado aos dinamarqueses, seu nome foi mudado. Até seus 9 anos de idade, Uhtred nunca havia aprendido a usar uma espada, devido o fato de sua madrasta querer que ele fosse padre.

Em 866, o primeiro exército dinamarquês desce na Nortúmbria. Em grande velocidade, rapidamente capturaram Eoferwic (Yorvik). O Ealdorman Uhtred foi morto na tentativa de reconquistar Eoferwic, Uhtred foi capturado pelos dinamarqueses, tendo 9 anos, quando viu seu pai morrer enlouqueceu e tentou atacar, inutilmente, um jarl dinamarquês. O jarl era Ragnar Ravnsson, decidido a nutrir a fúria de Uhtred em um grande espírito de batalha, ele o adotou. Uhtred achou que vivendo com os dinamarqueses, teve muito mais liberdade que se tivesse ficado com os devotos cristãos e sacerdotes de Bebbanburg, então adotou os Deuses dos dinamarqueses Thor, Odin e Hoder. Uhtred passou a amar Ragnar como um pai e a seus filhos: Ragnar, Rorik e Thyra como irmãos.

Viver na companhia de Ragnar foi muito bom, mesmo depois da morte por doença de Rorik... Até que tudo mudou. Ragnar tinha feito um inimigo chamado Kjartan, que era um de seus guerreiros, até um acidente que envolveu Thyra e o filho de Kjartan, Sven. O inimigo veio numa noite quando Uhtred estava na floresta fazendo carvão. Kjartan liderou um ataque até onde Ragnar e a família dormiam e incendiou o local, matando todos. Kjartan acreditava que Uhtred havia morrido no incêndio. Uhtred foi esmagado pela morte de Ragnar, e foi embora para tentar encontrar algum familiar entre os saxões.

Seu tio, Aelfric, irmão mais novo de seu pai, usurpou Bebbanburg. Depois de umas experiências ruins conhecendo o irmão de sua mãe, um ealdorman da Mércia, Uhtred terminou em Wessex, guerreiro a serviço de Alfredo, o Grande. Wessex era o último reino não conquistado na Inglaterra, portanto está sempre sob constante ameaça dos dinamarqueses, e apesar de ter vivido dos 9 até os 16 anos com os dinamarqueses, Uhtred começa a lutar contra os dinamarqueses e derrotá-los. No entanto, Uhtred tem um ódio particular contra Alfredo, pois ele o acha muito piedoso, fraco e confiante para lutar contra os dinamarqueses. Alfredo consegue aclamar qualquer tipo de violência entre ambos, e apesar disso Uhtred o serve fielmente, embora muitas vezes contra a vontade. No entanto conforme vai ficando mais velho, Uhtred vai se destacando e Alfredo vai aumentando sua utilidade e importância e o próprio Uhtred ficando mais velho, começa a entender a sabedoria de Alfredo. Embora eles sempre tenham algum desentendimento.

Relacionamentos[editar | editar código-fonte]

Conforme o tempo vai passando, Uhtred é associado a um grande número de mulheres, ainda que um número bem pequeno tenha marcado realmente sua vida. Uhtred tem uma propensão para as ‘mulheres desafiadoras’. Por outro lado ele não gosta de mulheres muito devotas ao cristianismo (Ethelflaed e Hild são exceções). No entanto, Uhtred não se limita a essas mulheres que ele tem um relacionamento de longa data. Muitas vezes ele é encontrado com alguma garota um pouco mais jovem, o que lhe atribuiu uma reputação de mulherengo.

Brida[editar | editar código-fonte]

Brida é amiga de Uhtred, mas já foi amante. Como Uhtred, ela é saxã, mas foi adotada pelos dinamarqueses depois que estes atacaram sua aldeia na Ânglia Oriental. Como Uhtred, ela ama os dinamarqueses e sua filosofia mais livre de vida, diferente dos cristãos. Ela e Uhtred se tornam amigos muito próximos e na adolescência, amantes. Brida engravida de Uhtred uma vez, mas perde a criança em um aborto. Junto com Uhtred ela aprende a fazer carvão para forjar aço e assim também estava na floresta, quando Kjartan incendiou a casa de Ragnar. Brida despreza a piedade saxã e o jeito de Alfredo. Quando Uhtred resolve voltar para os saxões, ela resolve permanecer com os dinamarqueses. A partir de Terra em chamas, Brida passa a odiar Uhtred por ele ter derrotado os dinamarqueses em uma batalha decisiva que daria a Inglaterra inteira para os dinamarqueses definitivamente.

Mildrith[editar | editar código-fonte]

Mildrith é a primeira esposa de Uhtred. Uhtred casou-se com ela como parte de um acordo, pelo qual Uhtred ganhou o comando de uma pequena frota de Wessex. Os dois não se amam devido os pensamentos muito diferentes, ela cristã devota, ele pagão guerreiro. Porém como parte do dote, Mildrith trouxe com ela um condado de terras em Oxton, mas também trouxe uma enorme dívida que seu pai deixou para com a igreja. Eles tiveram um filho, Uhtred, que morreu bebê depois de se engasgar com uma pedra. Uhtred acredita que a morte é ligada a sobrevivência do filho de Alfredo, Eduardo, que foi curado por Iseuld. Após a morte do pequeno Uhtred, Mildrith e Uhtred se separam definitivamente e ela vai para um convento.

Iseult[editar | editar código-fonte]

Iseult é uma rainha das sombras britânica, vinda de Cornwall. Iseult foi casada com um homem britânico chamado Peredur, que se dizia rei na Cornwall, ele mantém a virgindade dela, pois acredita que isso lhe da poderes de premonição. Vendo que Uhtred lhe daria liberdade, ela convenceu Peredur a contratar Uhtred e sua tripulação para lutar contra um senhor dinamarquês que atacava Cornwall, Svein do cavalo Branco. Svein e Uhtred acabam fazendo um acordo e ambos atacam Peredur e pilham tudo. Uhtred começou a viver com Iseult, mesmo enquanto era casado com Mildrith. Embora Iseult tenha curado o filho de Alfredo, Eduardo, e tenha feito vários remédios que melhoraram sua saúde, ela era posta sob desconfiança por Wessex por ser pagã. Alfredo a usou como ‘garantia’, para ter certeza que Uhtred não o trairia e voltaria para os dinamarqueses. Mais tarde foi batizada, e se tornou cristã, o que aliviou o ressentimento contra ela. Foi morta na batalha de Ethandun.

Hild[editar | editar código-fonte]

Hild é uma freira que foi estuprada e obrigada a prostituir-se pelos dinamarqueses até ser resgatada por Uhtred, Alfredo e Steapa. Ela se tornou amante de Uhtred após a morte de Iseult e acompanha ele até o norte, de volta a Nortúmbria. Durante essa época, a atração de Uhtred por Gisela, foi um fator que fez ela reconsiderar voltar ao convento. Quando Uhtred foi vendido como escravo por Guthred em uma aliança secreta com o tio de Uhtred, Aelfric, ele entregou suas possessões para Hild. Ela então retornou para Wessex. Ela desenterra o tesouro que Uhtred havia escondido antes de ir para o norte. Ela usa o tesouro e a promessa de que construiria um convento em Wessex, para convencer Alfredo a resgatar Uhtred da escravidão. Depois que Uhtred foi libertado e voltou para Wessex, ele pegou sua armadura e as armas que deixou com Hild, agora abadessa. Que também lhe deu uma pequena cruz de prata, que ele então soldou ao cabo de sua espada, bafo de serpente. Segundo Uhtred, Hild mais tarde tornou-se santa.

Gisela[editar | editar código-fonte]

Uhtred se casou com Gisela, irmã do rei Guthred da Cumbria. Quando Uhtred foi escravizado em uma aliança traiçoeira de Guthred e Aelfric, Gisela foi devastada. Ela se determinou a esperar por Uhtred, logo após ele voltar e tomar Dunholm (Durham), eles se casaram. Ela jurou não deixar Uhtred e os dois tem 3 filhos juntos: Uhtred, Stiorra e Osbert. Ela morre no parto do 4º filho, para a tristeza de Uhtred. Ele foi extremamente apaixonado e fiel a ela, e chorou amargamente sua morte. Embora apenas para Finan (seu melhor amigo e guerreiro). Uhtred espancou em um padre que acusou na corte de Wessex, Gisela de ser bruxa (entre outras coisas) logo após sua morte.

Ethelflaed[editar | editar código-fonte]

Filha de Alfredo. Após a morte de Gisela, Uhtred renega seu juramento a Alfredo. Quando jarl Haesten se prepara para atacar a Mércia, Ethelred (primo de Uhtred pelo lado materno) tenta se divorciar de Ethelflaed, tentando forjar que ela tinha dormido com um dos seus guerreiros. Ethelflaed e os filhos de Uhtred que ficaram em Wessex, se trancaram em um convento. Corre o boato que Alfredo morreu. Os dinamarqueses se preparam para invadir Wessex. No norte, o padre Pyrlig, persuadi Uhtred a voltar, pois Uhtred havia feito um juramento para Ethelflaed uns anos antes. Pyrlig diz então que Uhtred não pode quebrar o juramento, pois este foi feito por amor. Uhtred então, com seus guerreiros retorna e salva Ethelflaed. Logo é revelado que Alfredo ainda está vivo, porém muito doente. Uhtred e ela eram apenas amigos, mas depois disso passam a ter um amor proibido.

Guerreiros de Uhtred[editar | editar código-fonte]

Uhtred, ao longo da história vai encontrando muitos guerreiros que acabam se tornando seus aliados, mas alguns em especial acabam se tornando alem de aliados seus principais guerreiros e seus amigos muito proximos, como se fossem seus irmãos:

Finan[editar | editar código-fonte]

Finan tambem conhecido como Finan, o agil, foi um grande guerreiro irlandes, até que seu antigo senhor, querendo tomar sua esposa, o vendeu como escravo para um mercador frisio. Ele era escravo fazia 2 anos quando Uhtred, foi escravizado a mando do rei Guthred (para satisfazer o tio de Uhtred Aelfric, usurpador de Bebbanburg) Finan o conheceu, eles ficaram muito amigos. Depois que Uhtred foi resgatado por Steapa a mando de Alfredo, Finan foi libertado tambem, e jurou lealdade a Uhtred. Finan se torna capitão dos homens de Uhtred e seu principal e melhor amigo.

Sihtric[editar | editar código-fonte]

Sihtric, é filho bastardo de Kjartan (que matou Ragnar, o Entrepido e familia) com uma escrava saxã. Kjartan nunca nem falou com ele, mas o mandou para um ataque contra Uhtred, onde todos os outros foram mortos, ele era apenas um garoto. Uhtred gostou dele, quando soube que era filho de Kjartan com uma saxã, Uhtred perguntou se Sihtric amava a mãe dele (saxã) e se lutaria pelos saxões, Sihtric diz que amava a mãe mais do que qualquer coisa, então Uhtred pede que ele fique de joelhos e jure lealdade a ele. Fazendo isso, Sihtric se torna guerreiro de Uhtred, se tornando um dos melhores de seus guerreiros mais tarde.

Osferth[editar | editar código-fonte]

Filho bastardo de Alfredo, com uma serva saxã do castelo. É sobrinho de Leofric, que era irmão da mãe serva de Osferth. Foi o filho bastardo de Alfredo, feito na serviçal do castelo, na epoca antes de ele se devotar a religião. Alfredo, nunca o reconheceu, mas tentou prender ele fazendo ele virar padre. Porem, quando ele conhece Uhtred, ele diz que era sobrinho de Leofric (que havia sido grande amigo de Uhtred), Uhtred no começo resolve leva-lo apenas para implicar com Alfredo, mas depois de muita coisa, quando Osferth salta do topo de um muro em Londres sobre Sigfried, o aleijando, Uhtred começa a gostar dele e ele se torna seu guerreiro definitivamente. Mais tarde se torna um dos melhores guerreiros de Uhtred.

Rypere[editar | editar código-fonte]

Um saxão do norte, recrutado de Carlisle, para lutar pelo rei Guthred, acabou lutando sob o comando de Uhtred, e se tornando um de seus guerreiros. Era o grande amigo de Clapa. Morreu em a Morte dos Reis enfrentando os dinamarqueses.

Clapa[editar | editar código-fonte]

Um dinamarques nascido em Carlisle, juntamente com Rypere, foi recrutado para lutar pelo rei Guthred, mas depois de lutar ao sob o comando de Uhtred, acabou se tornando seu guerreiro. Era grande amigo de Rypiere. Morreu em A Canção da Espada durante uma batalha.

Cerdic[editar | editar código-fonte]

Um saxão, foi pego por Uhtred no telhado de sua casa, enquanto tentava rouba-lo, Uhtred gostou de sua ousadia e o transformou em um de seus guerreiros. Mais tarde acaba se tornando um dos principais guerreiros de Uhtred.

Ralla[editar | editar código-fonte]

Saxão e cristão, guerreiro de Uhtred e comandante de seu navio. Acaba aconselhando Uhtred sempre que o ataque é por mar.

Personalidade[editar | editar código-fonte]

Em sua juventude, Uhtred é descrito como uma criança irrequieta, resistindo a educação e bricando com armaduras e harpas. Depois de sua captura pelos dinamarqueses, sua inquietação é moldada em uma ferocidade de guerreiro. Uhtred é forçado a odiar os saxões porque como ‘um dinamarques’, eles são seus inimigos. Depois de os dinamarqueses vencerem batalhas após batalhas contra os saxões, ele passa a se revoltar contra a fraqueza deles em confiar em orações e não produzir guerreiros decentes. Ele também passa a amar Ragnar como seu pai substituto e a família dele como sua.

Entretanto, durante a primeira derrota dinamarquesa, quando tentavam capturar Wessex, Uhtred descobriu um grande orgulho na rara vitoria saxã, e sentindo remorço quando seu tio é morto em batalha. Após a morte de Ragnar e sua familia, ele percebe que deve voltar para os saxões, onde desenvolve fortes amizades com vários saxões de Wessex.

Descrito como atrevido e arrogante. No seu primeiro encontro com Alfredo, ele o despreza o considerando um fracote que escuta muito os padres, mas como o tempo passa, ele percebe que a inteligência de Alfredo é uma arma eficaz contra os dinamarqueses e também ele tem uma visão que ninguém tinha: Inglaterra unida. Um único reino, unindo Wessex, Mercia, Anglia Oriental e Nortumbria.

É freqüentemente relatado que Uhtred tem um conflito em relação a sua lealdade e prioridades: apesar de se reunir aos saxões, ele ainda ama como um irmão Ragnar, o jovem, e de bom grado luta ao lado dele para vingar a morte de Ragnar, pai. Superando todas as outras prioridades é a sua determinação de derrubar seu tio, Aelfric, usurpador de Bebbanburg e tomando o lugar que é dele por direito. Uhtred mostra muito amor por seus filhos. Seu primeiro filho morreu engasgado com uma pedra, ele apesar de parecer frio, quando esta sozinho chora muito. Seus outros filhos vivem, mas ele mostra maior amor pela filha, Stiorra, a quem sempre demonstra muito carinho. Uhtred é um personagem complexo, com sua própria lealdade sendo questionada por muitos ao longo da historia, ate por ele mesmo. Quando criança e capturado pelos dinamarqueses, ele mesmo se pergunta "dinamarques ou ingles?", ele admite durante a infancia que quer ser dinamarques, pela liberdade com que estes veem a vida e sem o rigor dos saxões cristãos, porem quando a familia de Ragnar morre, ele percebe que seu unico amigo entre os vikings é Ragnar, o jovem, os outros são todos inimigos, então ele vai para Wessex, e volta para o lado dos saxões. Ele luta lealmente pelo lado saxão ate o fim, apesar de odiar a convivencia com eles. É um homem de muita confiança e que odeia quebrar juramentos.

Uhtred odeia os escoceses, mas respeita suas habilidades de luta. Quando o exercito de Ivar é emboscado e dizimado pelo rei escocês Aed, em resposta a uma briga dos dois. Uhtred, quando ouve relatos da batalha comenta:

“A parede de escudos de Ivar já tinha decidido, mas eu poderia muito bem imaginar a ferocidade da batalha. Meu pai lutou contra os escoceses muitas vezes, e ele sempre se referia a eles como demônios. Demonios loucos, demônios loucos com a espada. E os dinamarqueses de Ivar nos contaram como eles fizeram aquele primeiro ataque, e usaram a espada, cortando de baixo para cima, escalando sobre os próprios mortos, seu cabelo selvagem vermelho de sangue e suas espadas gritando.”

Ligações externas[editar | editar código-fonte]