Ultima IV: Quest of the Avatar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Ultima IV: Quest of the Avatar é o quarto game da série de RPGs eletrônicos Ultima. Ele é o primeiro da fase "Era da Iluminação". Foi publicado originalmente nos EUA em 16 de setembro de 1985. Compatível com Amiga, Apple II, Atari, Atari ST, Commodore 64, DOS, FM Towns, MSX, NEC PC-9801, NES e Sega Master System. É o único Ultima lançado para um console da Sega (no caso, o Master System). É o primeiro da série também a impor o sistema de escolha de cartas, na qual a classe do personagem era escolhida por escolhas morais simbolizadas por cartas [Ex: Tendo sido confiado guardar considerável soma de dinheiro, encontras um pobre mendigo. Você: a) Mantém o ouro intacto (honestidade) ou dá-lhe uma moeda, sabendo que não será perdoado? (compaixão)]. A partir deste jogo, The Stranger passa a ser conhecido como Avatar.

Este jogo se tornou gratuito (freeware) e já pode ser baixado sem custos no SITE promocional: www.ultimaforever.com

Enredo[editar | editar código-fonte]

Com os combates do Stranger e seus aliados com Mondain, Minax, e Exodus, as terras de Sosaria foram devastadas. Lord British, agora soberano de toda Sosaria, agora chamada Britannia, convoca mais uma vez o campeão terráqueo (The Stranger). Seu destino e missão é diferente: tornar-se um Avatar, um campeão das virtudes a servir de exemplo para todo o povo, que tinham as almas devastadas depois de tantas misérias. Para isso ele contaria com a ajuda de mais oito companheiros, muitos deles velhos conhecidos como Shamino, Iolo e Dupre. Eles então os seguiriam em sua busca pelo avatarismo e perfeição nas oito virtudes e se encaminhariam com ele até o Grande Abismo Estigiano (The Great Stygian Abyss) a fim de ler o Codex Sagrado, retirá-lo dali e se tornar o Avatar.

Virtudes[editar | editar código-fonte]

A partir de Ultima Quest of Avatar, foi implantado o sistema de virtudes no jogo, que favorecem o usuário caso ele se saia bem em suas ações. As virtudes são : compaixão, honra, justiça, sacrifício, espiritualidade, humildade, honestidade e valor. Estas são baseadas nos príncipios: amor, coragem e verdade.

eu disse o que é honestidade