Unaccustomed As We Are

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Unaccustomed As We Are
Vizinhas camaradas (BR)
 Estados Unidos
1929 • pb • 18 min 
Direção Lewis R. Foster
Hal Roach
Roteiro Leo McCarey (história)
H. M. Walker
Elenco Stan Laurel
Oliver Hardy
Edgar Kennedy
Mae Busch
Thelma Todd
Género Comédia
Idioma Inglês
Página no IMDb (em inglês)

Unaccustomed As We Are (br.: Vizinhas camaradas) é um filme estadunidense de curta metragem de 1929, produzido pelos Hal Roach Studios e dirigido por Lewis R. Foster e Hal Roach. É um dos filmes de Stan Laurel e Oliver Hardy, notável por ser o primeiro sonoro da dupla e o título original em inglês faz referência a isso (Significa algo como "Não é costume como nós estamos", retirado da expressão popular "Unaccustomed as we are to public speaking ..." ou "Não é costume falarmos em público..."'). No elenco aparece Mae Busch (a primeira de muitas aparições como a "Senhora Hardy"), Edgar Kennedy (também a primeira de muitas aparições como o "Policial Kennedy"), além de Thelma Todd. O roteiro depois foi expandido para o filme de longa metragem Block-Heads de 1938.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Oliver leva seu amigo Stan para jantar em seu apartamento e, no caminho, ambos se encontram com a gentil vizinha de Oliver, Senhora Kennedy. Quando Oliver entra em seu lar e fala à esposa sobre Stan, ela fica furiosa e reclama de estar cansada de cozinhar para ele e os vagabundos que traz como companhia. Em seguida ela deixa Oliver, dizendo que vai para a casa da mãe. Oliver decide então ele mesmo preparar o jantar mas Stan deixa o gás aberto e começa um fogaréu no forno. Ouvindo a confusão, a Senhora Kennedy chega e se oferece para cozinhar, mas seu vestido se incendeia com as chamas do forno e ela fica somente com a roupa de baixo. Ao tentar voltar para o apartamento dela enrolada num lençol, se assusta ao ver que o marido, o policial Kennedy, havia chegado. Oliver diz que vai contar a verdade ao homem mas nesse momento vê sua mulher retornando e volta correndo para o apartamento. Ele esconde a Senhora Kennedy num baú e quando a mulher lhe diz estar arrependida, Oliver diz que não adianta e que, aconselhado por Stan, decidira ir embora e viajar até a América do Sul. E tenta sair carregando o baú. A mulher fica furiosa com os dois e começa uma quebradeira no apartamento, atraindo a atenção do policial Kennedy. Ele percebe que uma mulher está no baú então diz a Oliver e Stan para levarem-no para o seu apartamento, alegando confidencialmente "que os homens casados devem se manter unidos". Depois que Stan e Oliver deixam o baú, a Senhora Kennedy sai dali e começa a espancar o marido, pois ouvira o que ele dissera. Pouco depois, Stan e Oliver estão à mesa comendo quando o policial entra no apartamento, todo machucado. Ele chama Oliver para o corredor e pouco depois, o gordo volta com o nariz machucado. Em seguida, o chamado é Stan. Porém,antes que ele o espanque, a Senhora Kennedy vem por trás e acerta o policial com uma panelada na cabeça. O homem desmaia e Oliver, ao vê-lo, pensa que foi Stan que o nocauteou. Stan sai todo empertigado, usufruindo da admiração do amigo, mas quando chega à escadaria tropeça e desaba, ouvindo-se apenas o barulho de sua queda.

Notas[editar | editar código-fonte]

  • A trilha sonora esteve perdida por 50 anos até aparecer em disco no final da década de 1970. Uma versão em cinema mudo, com legendas, também foi lançada, bem como um disco de vinil híbrido (sincronizando a trilha sonora com os efeitos sonoros do filme).
  • Na cena de abertura, Laurel e Hardy falam suas primeiras frases no cinema. Hardy diz "And we'll have a nice thick steak, smothered with onions..." (...E nós vamos ter um suculento bife, temperado com cebolas). Stan, por sua vez, diz "Com nozes?". O gosto de Stan por nozes seria repetido em filmes subsequentes tais como County Hospital (1932) e Oliver the Eighth (1934).
  • Esse é o primeiro filme que Hardy diz a Laurel: "Why don't you do something to help me!" (Algo como "Não fique aí parado, me ajude!"), o que se tornaria um bordão frequentemente repetido em inúmeros filmes. Também o gemido choroso característico de Stan é ouvido pela primeira vez nesse filme.
  • A gag do espaguete sendo derramado na calça de Oliver estava prevista no roteiro do filme mudo de 1928 Habeas Corpus, mas acabou por não ser filmada daquela vez.

Referências

  • Skretvedt, Randy (1996). Laurel and Hardy: The Magic Behind the Movies. (2nd ed.) Anaheim, California: Past Times Publishing Co. ISBN 0-940410-29-X. (Análises filme a filme, com detalhes de bastidores e numerosas citações)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]