Uncial 0220

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Manuscritos do Novo Testamento
PapirosUnciaisMinúsculosLecionários
Uncial 0220
recto

recto
Texto Romanos 4:23-5:3; 5:8-13
Data c. 300
Escrito grego
Achado Cairo, (comprado) Leland
Agora está Coleção Martin Schøyen
Citado W. H. P. Hatch, A Recently Discovered Fragment of the Epistle to the Romans,

HTR 45 (1952): 81-85.

Tamanho uma folha; 12 x 15 cm; 14 linhas/página
Tipo Texto-tipo Alexandrino
Categoria I
Mão documanto reformado
Nota um desvio do Vaticanus em Rom. 5:1

Uncial 0220 (Gregory-Aland), é uma folha de um antigo códice grego do século III dC contendo a Epístola aos Romanos.

Descrição[editar | editar código-fonte]

o Uncial 220 mede 12 x 15 cm em uma página de 14 linhas. A frente (4:23-5:3) está legível, mas pouco pode ser entendido do verso(5:8-12). O escriba escreveu em uma letra documentária reformada. As nomina sacra[a] estão escritas de forma abreviada.

Os Alands classificam o texto-tipo como sendo "estrito".

O Uncial 0220 é uma testemunha inicial importante do texto-tipo Alexandrino, concordando com o Codex Vaticanus Graecus 1209 em tudo, exceto Romanos 5:1[1] . Ele é classificado como "testemunha de primeira ordem, consistentemente citada" no Novum Testamentum Graece[2] .

História[editar | editar código-fonte]

Ele foi adquirido no Cairo em 1950 por Leland C. Wyman[3] , um professor de biologia na Universidade de Boston. Em seguida, foi comprado por Martin Schøyen e agora está preservado na Coleção Martin Schøyen em Oslo. part in London.

O texto foi publicado em inglês por William Hatch na Harvard Theological Review em 1952.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas[editar | editar código-fonte]

[a] ^ Nomina sacra significa "nomes sagrados" em latim. O termo é utilizado para referenciar tradições de abreviação de nomes ou títulos divinos que ocorrem frequentemente nas escrituras sagradas em grego. Ver artigo «nomina sacra» na Wikipédia em inglês.

Referências

  1. Comfort & Barrett, Philip W & David P. The Text of the Earliest New Testament Greek Manuscripts (em inglês). Wheaton, Illinois: [s.n.], 2001. 696-697 pp.
  2. Eberhard Nestle, Erwin Nestle, Barbara Aland and Kurt Aland (eds), Novum Testamentum Graece, 27th edition, (Stuttgart: de:Deutsche Bibelgesellschaft, 2001), 60.
  3. Bruce M. Metzger, Bart D. Ehrman, The Text of the New Testament: Its Transmission, Corruption, and Restoration, Osford 2005, p. 86.