Under the Bridge

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"Under the Bridge"
Single de Red Hot Chili Peppers
do álbum Blood Sugar Sex Magik
Lado B "Sikamikanico"
"Search and Destroy"
"Soul to Squeeze"
"Fela's Cock" (1994 re-edição)
Lançamento 10 de março de 1992
Formato(s) CD, cassete, 7", 12"
Gravação Abril–Junho de 1991 na The Mansion em Los Angeles, Califórnia, Estados Unidos
Gênero(s) Rock alternativo
Duração 4:24
Gravadora(s) Warner Bros. Records
Composição Anthony Kiedis, John Frusciante, Flea, Chad Smith
Cronologia de singles de Red Hot Chili Peppers
Último
Último
"Give It Away"
(1991)
"Suck My Kiss"
(1992)
Próximo
Próximo
Amostra de áudio
informação do ficheiro · ajuda

"Under the Bridge" é um single da banda americana Red Hot Chili Peppers, contida no álbum Blood Sugar Sex Magik como faixa de número onze. Esta música foi lançada em 1991 e fez um grande sucesso pelos Estados Unidos e pelo mundo. Ela foi escrita por Anthony Kiedis, o vocalista, e fala de sua relação com as drogas. Gail Frusciante, era uma cantora gospel (cuja participação podemos ouvir no coro de "Under the Bridge") tendo deixado a sua carreira para se tornar dona de casa.

Letra e significado[editar | editar código-fonte]

Kiedis escreveu para todos da banda grande parte da letra da música durante um período em que ele sentia-se perturbado e emocionalmente esgotado. Ele manteve a sobriedade por aproximadamente três anos e sentiu que isso o distanciou de seus colegas de banda. Enquanto o grupo trabalhava no Blood Sugar Sex Magik, Frusciante e Flea fumavam maconha juntos, ignorando e desprezando decisivamente Kiedis. Por causa disso Kiedis sentia que Frusciante "não estava em [seu] mundo."[1] Dirigindo de volta para casa após um ensaio em Abril de 1991, Kiedis sentiu um profundo sentimento de perda; seus melhores amigos, Flea e Frusciante, de alguma forma o deprimiam. O estado depressivo de sua mente o fez lembrar do vício em cocaína e heróina durante o relacionamento que teve com sua ex-namorada Ione Skye. O desânimo que ele estava apresentando juntamente com as lembranças de Skye e o uso de drogas anterior, levou a problemas emocionais: "a solidão que eu estava sentindo desencadeou memórias do meu tempo com Ione e como eu tinha esse belo anjo que estava disposta a me dar todo seu amor e ao invés de abraçar isso eu estava no centro com marginais injetando speedballs debaixo de uma ponte."[1]

Kiedis, sentindo o afastamento de seu colegas de banda, passou a acreditar que Los Angeles era sua única companheira: "Eu sentia um vínculo entre mim e a minha cidade. Eu passei muito tempo andando pelas ruas de L.A. e caminhando por Hollywood Hills que eu sentia que havia algo não-humano, talvez o espírito das colinas e da cidade, que me tinham nas suas paisagens e estavam cuidando de mim."[1] .[2] A parte "Sometimes I feel like/My only friend/Is the city I live in/The City of Angels/Lonely as I am/Together we cry" (Às vezes sinto que/Meu único amigo/É a cidade onde eu moro/A cidade dos anjos/Solitário como eu estou/Juntos nós choramos) mostra uma conexão direta entre o isolamento de Kiedis e seu senso de suscetibilidade. Apesar dessas emoções, Kiedis acreditava que sua vida sem o vício de drogas, dizendo a Rolling Stone que "não importa o quanto triste ou solitário as coisas estavam um milhão por cento melhor do que eram há dois anos atrás quando eu estava usando drogas o tempo todo. Não havia comparação.[2] . O pensamento otimista levou ao nascimento do refrão da música: "I don't ever want to feel/Like I did that day/Take me to the place I love;" (Eu não quero me sentir/Como eu me senti naquele dia/Leve-me para o lugar que eu amo;) o lugar que ele ama estar com seu companheiros da banda, amigos e família.[2] [3]

Um dos versos mais notáveis na música discute os efeitos nocivos das drogas, seu papel na destruição de muitos relacionamentos passados de Kiedis e o impacto na sua felicidade.[4] Baseado em uma das experiências de Kiedis, o verso de "Under de Bridge" ilustra seus esforços para entrar em um território de uma gangue embaixo de uma ponte para comprar drogas. Kiedis foi forçado a fingir que a irmã de um dos membros da gangue era sua noiva para ter a entrada permitida. Embora tenha conseguido a droga, Kiedis considera esse momento como um dos piores de sua vida pois demonstrou o nível em que ele estava disposto a afundar para alimentar seu vício.[2] [4] Por causa disso o cantor recusa-se a confirmar a localização da ponte, mas ele revela que é no centro de Los Angeles.[2]

Formatos e faixas[editar | editar código-fonte]

CD (1992)
  1. "Under the Bridge" – 4:24
  2. "Sikamikanico" – 3:23
  3. "Soul to Squeeze" – 4:50
  4. "Search and Destroy" – 3:34
7", cassete (1992)
  1. "Under the Bridge" – 4:24
  2. "The Righteous & the Wicked" (álbum) – 4:08
12" (1992)
  1. "Under the Bridge" – 4:24
  2. "Search and Destroy" – 3:34
  3. "Soul to Squeeze" – 4:50
  4. "Sikamikanico" – 3:23

Posições nos gráficos[editar | editar código-fonte]

Gráfico Melhor posição
Estados Unidos Billboard Hot 100[5] 2
Estados Unidos Hot Modern Rock Tracks[6] 2
Estados Unidos Hot Mainstream Rock Tracks[6] 6
Reino Unido UK Top 40 (1992/1994 relançado)[7] 26 / 13
Austrália ARIA Top 40[8] 1
República da Irlanda Ireland Top 40[9] 20
Noruega VG-lista Top 20[10] 10

Referências

  1. a b c Kiedis, Sloman, 2004. pp. 265–266
  2. a b c d e David Fricke (25 de junho de 1992). The Naked Truth. Rolling Stone. Página visitada em 2007-08-10. Cópia arquivada em October 13, 2007.
  3. Red Hot Chili Peppers Funky Monks. Warner Bros. Records. May 1992.
  4. a b Apter, 2004. pp. 223–225
  5. 'Under the Bridge' Chart Performance Week Of June 20, 1992. Billboard. Página visitada em 2008-04-21.
  6. a b Red Hot Chili Peppers Artist Chart History: Singles. Billboard. Página visitada em 2007-10-03.
  7. Roberts, David, ed. (2006), British Hit Singles & Albums (19th ed.), HIT Entertainment, ISBN 1-90499-410-5 
  8. Australian Singles Chart Archives. australian-charts.com. Página visitada em 2008-04-22.
  9. Search the Charts. IrishCharts.ie. Página visitada em 2007-10-02.
  10. Norwegian Singles Chart Archive. norwegiancharts.com. Página visitada em 2008-04-22.
Ícone de esboço Este artigo sobre um single de Red Hot Chili Peppers é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.