Undisclosed Desires

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"Undisclosed Desires"
Single de Muse
do álbum The Resistance
Lançamento 16 de novembro de 2009
Formato(s) CD, Download digital
Gravação 2008-2009 em Lago de Como, Itália
Gênero(s) Rock alternativo
rock progressivo
R&B contemporâneo
Synthpop
Duração 3:56
Gravadora(s) Helium 3, Warner Bros.
Composição Matthew Bellamy
Produção Muse
Certificação(ões) Platinum.png Platina (ARIA)[1]
Cronologia de singles de Muse
Último
Último
"Uprising"
(2009)
"Resistance"
(2010)
Próximo
Próximo

"Undisclosed Desires", também conhecida como "Undisclosed",[2] [3] é uma canção da banda inglesa de rock alternativo chamada Muse, que está em seu quinto álbum de estúdio lançado em 2009 intitulado The Resistance. A canção foi escrita pelo vocalista Matthew Bellamy, que descreveu a canção como "muito pessoal, e fala sobre eu e minha namorada".[4] "Undisclosed Desires" foi lançado como segundo single de The Resistance em 16 de novembro de 2009.[5]

Produção e gravação[editar | editar código-fonte]

Em uma entrevista para uma revista inglesa chamada Mojo, o líder Matthew Bellamy descreveu "Undisclosed Desires" como "uma das faixas [...] com grande influência do R&B contemporâneo, particularmente do Timbaland - batidas pesadas, síncope, muito melódico, vocal bem rítmico," e completou dizendo que "Dom [baterista do grupo] fez todo o trabalho de percusão e programação. [...] É a nossa primeira canção em que eu não toco nem guitarra ou piano."[6] NME falou sobre a falta da guitarra e do piano, dizendo "a canção é construida por uma bateria eletrônica e por um baixo muito rápido de Chris Wolstenholme."[7] Falando sobre sua contribuição com o baixo, Wolstenholme brincou dizendo "provavelmente nunca foi legar tocar baixo de uma maneira tão estranha, [...] mas na canção pareceu funcionar e nós continuamos."[7] A revista musical Q descrevel a canção como "minimalista e ao estilo Dance music."[4] Em uma entrevista para a revista Q, Bellamy descreveu sua inspiração para escrever a canção, dizendo "que a música é muito pessoal sobre mim e minha namorada. Eu acho que as pessoas se cansaram da coisa meio geopolítica que está no álbum."[4] O estilo da canção foi comparada a banda Depeche Mode,[8] muito parecido com a canção "New Life".[9]

Lançamento e recepção[editar | editar código-fonte]

"Undisclosed Desires" foi tocada pela primeira vez em 4 de setembro de 2009 durante os concertos da A Seaside Rendezvous na cidade natal da banda, Teignmouth.[3] Em 7 de setembro, a canção foi tocada duas vezes pela BBC Radio 1 por Zane Lowe como parte do programa MuseNight.[3]

Desde o lançamento do álbum, a canção recebeu criticas variadas dos especialistas, enquanto alguns castigaram a canção por seu som R&B, outros acharam que foi um bom distanciamento da vertente da banda que já era incomum. Andrew Leahey do website Allmusic descreveu a canção como um "ambiente bizarro onde Timbaland encontra Depeche Mode", usando como exemplo a aparente "tendência da banda de acumular excessos."[10] O critico da NME, Ben Patashnik, disse que "Undisclosed" é uma amostra da banda "tentando se reincendiar com o R&B de ‘Supermassive Black Hole’".[11] Patashnik continuou, falando que soa como "algo que Timbaland acharia no meio de sua mesa."[11] Já a revista Mojo, disse que "Undisclosed" é um dos pontos altos de The Resistance, junto com "United States of Eurasia" e "Uprising".[6]

Videoclipe[editar | editar código-fonte]

Em 20 de outubro de 2009, a banda confirmou por meio do seu Twitter que o video clipe para a canção já foi gravado.[12] O video clipe foi ao ar pela primeira vez no Channel 4 em 29 de outubro de 2009. Então a banda resolveu lançar o video clipe em seu website oficial em 4 de novembro e em sua página no MySpace em 3 de novembro.[5] O clipe mostra a banda tocando em uma sala cheia de cabos, cercado por várias telas. Essas telas mostram a letra da música no decorrer do video, álem de mostrar também um coração em determinados momentos. Enquanto isso também aparece algumas vezes uma mulher fantasiada dançando no meio da sala.[13]

Faixas[editar | editar código-fonte]

CD single
# Título Duração
1. "Undisclosed Desires"   3:56
2. "Undisclosed Desires" (Thin White Duke remix) 7:40
3. "Undisclosed Desires" (Thin White Duke edição remix) 4:51
4. "Undisclosed Desires" (The Big Pink remix) 4:30

Paradas musicais[editar | editar código-fonte]

Parada de sucesso Posição
Austrália Austrália Singles Chart[14] 11
Bélgica Bélgica Singles Chart (Flanders)[15] 35
Bélgica Bélgica Singles Chart (Wallonia)[15] 18
França França Digital Singles Chart[16] 13
Dinamarca Dinamarca Singles Chart 26
República da Irlanda Irlanda Singles Chart 10
Nova Zelândia Nova Zelândia Singles Chart 12
Polónia Polônia Music Charts[17] 1
Suíça Suíça Singles Chart[18] 21
Reino Unido UK Rock Chart[19] 1
Reino Unido UK Singles Chart[19] 49
Estados Unidos Alternative Songs[20] 4
Estados Unidos Rock Songs[20] 7

Paradas de fim de ano[editar | editar código-fonte]

Paradas (2010) Posição
 Austrália Singles Chart[21] 89

Certificações[editar | editar código-fonte]

País Certificação
 Austrália Platinum.png Platina (ARIA)[22]

Pessoal[editar | editar código-fonte]

Muse
Pessoal da produção

Referências

  1. ARIA - Top 50 Singles Chart (2010). Australian Recording Industry Association. Página visitada em 23 de julho de 2010.
  2. {{{título}}}.
  3. a b c Undisclosed Desires (canção). MuseWiki. Página visitada em 20 de outubro de 2009.
  4. a b c 42: Muse. Hot New Albums. MuseWiki (quoting Q) (Julho de 2009). Página visitada em 20 de outubro de 2009.
  5. a b "Undisclosed Desires - lançado em 16 de novembro", Muse, 2 de novembro de 2009. Página visitada em 3 de novembro de 2009.
  6. a b Banda faz revelações sobre seu quinto álbum. MuseWiki (citando a Mojo) (julho de 2009). Página visitada em 20 de outubro de 2009.
  7. a b Muse novo álbum - ouvido pela primeira vez. MuseWiki (citando a NME) (7 de julho de 2009). Página visitada em 20 de outubro de 2009.
  8. Jai ecoute le nouveau Muse. MuseWiki (citando a L'Express) (Julho de 2009). Página visitada em 20 de outubro de 2009.
  9. Ben Thompson (6 de setembro de 2009). Muse: The Resistance. The Guardian. Página visitada em 20 de outubro de 2009.
  10. Andrew Leahey. The Resistance > Críticas. allmusic. Página visitada em 20 de outubro de 2009.
  11. a b Ben Patashnik (18 de setembro de 2009). Criticas ao álbum: Muse - 'The Resistance'. NME. Página visitada em 20 de outubro de 2009.
  12. http://twitpic.com/m8vxa imagens do video de Undisclosed. Muse (Twitter) (20 de outubro de 2009). Página visitada em 20 de outubro de 2009.
  13. Assista o videoclipe de Undisclosed Desires
  14. http://www.ariacharts.com.au/pages/charts_display_singles.asp?chart=1U50
  15. a b Lescharts.com
  16. http://lescharts.com/weekchart.asp?cat=si&year=2010&date=20100116
  17. http://lp3.polskieradio.pl/notowania/?rok=2010&numer=1462
  18. http://acharts.us/swiss_singles_top_75
  19. a b http://www.bbc.co.uk/radio1/chart/rocksingles/
  20. a b Undisclosed Desires – Muse. Billboard.com. Acessado em 5 de dezembro de 2010.
  21. ARIA Charts – End Of Year Charts – Top 100 Singles 2010. Australian Recording Industry Association. Página visitada em 8 de janeiro de 2011.
  22. http://www.ariacharts.com.au/pages/charts_display.asp?chart=1U50

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Oficial
Outro
Ícone de esboço Este artigo sobre um single de Muse é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.