Undisclosed Desires

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"Undisclosed Desires"
Single de Muse
do álbum The Resistance
Lançamento 16 de novembro de 2009
Formato(s) CD, Download digital
Gravação 2008-2009 em Lago de Como, Itália
Gênero(s) Rock alternativo
rock progressivo
R&B contemporâneo
Synthpop
Duração 3:56
Gravadora(s) Helium 3, Warner Bros.
Composição Matthew Bellamy
Produção Muse
Certificação(ões) Platinum.png Platina (ARIA)[1]
Cronologia de singles de Muse
Último
Último
"Uprising"
(2009)
"Resistance"
(2010)
Próximo
Próximo

"Undisclosed Desires", também conhecida como "Undisclosed",[2] [3] é uma canção da banda inglesa de rock alternativo chamada Muse, que está em seu quinto álbum de estúdio lançado em 2009 intitulado The Resistance. A canção foi escrita pelo vocalista Matthew Bellamy, que descreveu a canção como "muito pessoal, e fala sobre eu e minha namorada".[4] "Undisclosed Desires" foi lançado como segundo single de The Resistance em 16 de novembro de 2009.[5]

Produção e gravação[editar | editar código-fonte]

Em uma entrevista para uma revista inglesa chamada Mojo, o líder Matthew Bellamy descreveu "Undisclosed Desires" como "uma das faixas [...] com grande influência do R&B contemporâneo, particularmente do Timbaland - batidas pesadas, síncope, muito melódico, vocal bem rítmico," e completou dizendo que "Dom [baterista do grupo] fez todo o trabalho de percusão e programação. [...] É a nossa primeira canção em que eu não toco nem guitarra ou piano."[6] NME falou sobre a falta da guitarra e do piano, dizendo "a canção é construida por uma bateria eletrônica e por um baixo muito rápido de Chris Wolstenholme."[7] Falando sobre sua contribuição com o baixo, Wolstenholme brincou dizendo "provavelmente nunca foi legar tocar baixo de uma maneira tão estranha, [...] mas na canção pareceu funcionar e nós continuamos."[7] A revista musical Q descrevel a canção como "minimalista e ao estilo Dance music."[4] Em uma entrevista para a revista Q, Bellamy descreveu sua inspiração para escrever a canção, dizendo "que a música é muito pessoal sobre mim e minha namorada. Eu acho que as pessoas se cansaram da coisa meio geopolítica que está no álbum."[4] O estilo da canção foi comparada a banda Depeche Mode,[8] muito parecido com a canção "New Life".[9]

Lançamento e recepção[editar | editar código-fonte]

"Undisclosed Desires" foi tocada pela primeira vez em 4 de setembro de 2009 durante os concertos da A Seaside Rendezvous na cidade natal da banda, Teignmouth.[3] Em 7 de setembro, a canção foi tocada duas vezes pela BBC Radio 1 por Zane Lowe como parte do programa MuseNight.[3]

Desde o lançamento do álbum, a canção recebeu criticas variadas dos especialistas, enquanto alguns castigaram a canção por seu som R&B, outros acharam que foi um bom distanciamento da vertente da banda que já era incomum. Andrew Leahey do website Allmusic descreveu a canção como um "ambiente bizarro onde Timbaland encontra Depeche Mode", usando como exemplo a aparente "tendência da banda de acumular excessos."[10] O critico da NME, Ben Patashnik, disse que "Undisclosed" é uma amostra da banda "tentando se reincendiar com o R&B de ‘Supermassive Black Hole’".[11] Patashnik continuou, falando que soa como "algo que Timbaland acharia no meio de sua mesa."[11] Já a revista Mojo, disse que "Undisclosed" é um dos pontos altos de The Resistance, junto com "United States of Eurasia" e "Uprising".[6]

Videoclipe[editar | editar código-fonte]

Em 20 de outubro de 2009, a banda confirmou por meio do seu Twitter que o video clipe para a canção já foi gravado.[12] O video clipe foi ao ar pela primeira vez no Channel 4 em 29 de outubro de 2009. Então a banda resolveu lançar o video clipe em seu website oficial em 4 de novembro e em sua página no MySpace em 3 de novembro.[5] O clipe mostra a banda tocando em uma sala cheia de cabos, cercado por várias telas. Essas telas mostram a letra da música no decorrer do video, álem de mostrar também um coração em determinados momentos. Enquanto isso também aparece algumas vezes uma mulher fantasiada dançando no meio da sala.[13]

Faixas[editar | editar código-fonte]

CD single
N.º Título Duração
1. "Undisclosed Desires"   3:56
2. "Undisclosed Desires" (Thin White Duke remix) 7:40
3. "Undisclosed Desires" (Thin White Duke edição remix) 4:51
4. "Undisclosed Desires" (The Big Pink remix) 4:30

Paradas musicais[editar | editar código-fonte]

Parada de sucesso Posição
Austrália Austrália Singles Chart[14] 11
Bélgica Bélgica Singles Chart (Flanders)[15] 35
Bélgica Bélgica Singles Chart (Wallonia)[15] 18
França França Digital Singles Chart[16] 13
Dinamarca Dinamarca Singles Chart 26
República da Irlanda Irlanda Singles Chart 10
Nova Zelândia Nova Zelândia Singles Chart 12
Polónia Polônia Music Charts[17] 1
Suíça Suíça Singles Chart[18] 21
Reino Unido UK Rock Chart[19] 1
Reino Unido UK Singles Chart[19] 49
Estados Unidos Alternative Songs[20] 4
Estados Unidos Rock Songs[20] 7

Paradas de fim de ano[editar | editar código-fonte]

Paradas (2010) Posição
 Austrália Singles Chart[21] 89

Certificações[editar | editar código-fonte]

País Certificação
 Austrália Platinum.png Platina (ARIA)[22]

Pessoal[editar | editar código-fonte]

Muse
Pessoal da produção

Referências

  1. ARIA - Top 50 Singles Chart (2010). Australian Recording Industry Association. Página visitada em 23 de julho de 2010.
  2. Tom Kirk (Diretor). (14 de setembro de 2009). The Making of The Resistance [DVD]. Warner Music Group.
  3. a b c Undisclosed Desires (canção). MuseWiki. Página visitada em 20 de outubro de 2009.
  4. a b c 42: Muse. Hot New Albums. MuseWiki (quoting Q) (Julho de 2009). Página visitada em 20 de outubro de 2009.
  5. a b "Undisclosed Desires - lançado em 16 de novembro", Muse, 2 de novembro de 2009. Página visitada em 3 de novembro de 2009.
  6. a b Banda faz revelações sobre seu quinto álbum. MuseWiki (citando a Mojo) (julho de 2009). Página visitada em 20 de outubro de 2009.
  7. a b Muse novo álbum - ouvido pela primeira vez. MuseWiki (citando a NME) (7 de julho de 2009). Página visitada em 20 de outubro de 2009.
  8. Jai ecoute le nouveau Muse. MuseWiki (citando a L'Express) (Julho de 2009). Página visitada em 20 de outubro de 2009.
  9. Ben Thompson (6 de setembro de 2009). Muse: The Resistance. The Guardian. Página visitada em 20 de outubro de 2009.
  10. Andrew Leahey. The Resistance > Críticas. allmusic. Página visitada em 20 de outubro de 2009.
  11. a b Ben Patashnik (18 de setembro de 2009). Criticas ao álbum: Muse - 'The Resistance'. NME. Página visitada em 20 de outubro de 2009.
  12. http://twitpic.com/m8vxa imagens do video de Undisclosed. Muse (Twitter) (20 de outubro de 2009). Página visitada em 20 de outubro de 2009.
  13. Assista o videoclipe de Undisclosed Desires
  14. http://www.ariacharts.com.au/pages/charts_display_singles.asp?chart=1U50
  15. a b Lescharts.com
  16. http://lescharts.com/weekchart.asp?cat=si&year=2010&date=20100116
  17. http://lp3.polskieradio.pl/notowania/?rok=2010&numer=1462
  18. http://acharts.us/swiss_singles_top_75
  19. a b http://www.bbc.co.uk/radio1/chart/rocksingles/
  20. a b Undisclosed Desires – Muse. Billboard.com. Acessado em 5 de dezembro de 2010.
  21. ARIA Charts – End Of Year Charts – Top 100 Singles 2010. Australian Recording Industry Association. Página visitada em 8 de janeiro de 2011.
  22. http://www.ariacharts.com.au/pages/charts_display.asp?chart=1U50

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Oficial
Outro
Ícone de esboço Este artigo sobre um single de Muse é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.