União de Wilno

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A União de Wilno foi um acordo firmado em 28 de novembro de 1561 entre Sigismundo II Augustus e os Irmãos Livônios da Espada. A ordem foi secularizada, a Curlândia e a Semigália tornaram-se o Ducado da Curlândia e Semigália e foram entregues a Gotardo Kettler, o último Grão-Mestre dos Irmãos Livônios. O Grão-Ducado da Lituânia ficou com Riga e o restante da Livônia, apesar dessas terras ganharem alguma autonomia.

A União resultou na Guerra Nórdica dos Sete Anos.