Union Station (Chicago)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
O átrio central da Union Station de Chicago.

A Union Station é a principal estação ferroviária de passageiros da cidade de Chicago, Illinois, maior cidade do meio-oeste americano e a terceira mais populosa do país.[1] Serve tanto ao transporte suburbano de passageiros, ou seja, ao fluxo pendular, quanto ao transporte interurbano. Atualmente, desta estação não partem trens internacionais.

Histórico[editar | editar código-fonte]

Imagem histórica do átrio da estação, datada de 1943

A estação atual foi inaugurada em 1925, substituindo um edifício anterior que recebia o mesmo nome, edificado em 1881. Originalmente, servia a cinco companhias ferroviárias privadas, as quais a edificaram conjuntamente e compartilhavam suas instalações:

  • Pennsylvania Company (subsidiária da Pennsylvania Railroad)
  • Chicago, Burlington and Quincy Railroad
  • Michigan Central Railroad
  • Chicago and Alton Railroad
  • Chicago, Milwaukee and St. Paul Railway (The Milwaukee Road)

O projeto da estação atual é do arquiteto Daniel Burnham falecido antes do término da obra. Em consequência disto, o escritório Graham, Anderson, Probst and White completou o projeto iniciado por Burnham. As obras iniciaram-se em 1913 e a estação foi inaugurada 12 anos depois, em 16 de maio de 1925. A construção foi diversas vezes interrompida, devido a greves e à Primeira Guerra Mundial.


Atualmente, as companhias ferroviárias que atuam na estação são a Amtrak e a Metra, ambas estatais, sendo a primeira federal e a segunda estadual.

Serviços[editar | editar código-fonte]

Comboio do serviço Lake Shore Limited chegando à Union Station.

Os serviços que restringem-se à região metropolitana de Chicago, bem como a cidades relacionadas ao fluxo pendular de trabalhadores para a cidade de Chicago são proporcionados pela Metra. Já os serviços interestatuais de longa distância são oferecidos pela Amtrak. Como atualmente não há serviços de passageiros efetivamente transcontinentais nos Estados Unidos, a cidade de Chicago, por meio da Union Station, serve como o grande ponto nodal das linhas de passageiros operadas pela Amtrak. Tal fato é alvo de críticas, já que representaria um afunilamento inconveniente da rede.[2]

Serviços Metra[editar | editar código-fonte]

  • North Central Service para Antioch, Illinois.
  • Milwaukee District/North para Fox lake, illinois.
  • Milwaukee District/West para Elgin e Big Timber Road, Illinois.
  • BNSF Railway para Aurora, Illinois.
  • Heritage Corridor para Jolliet, Illinois.
  • SouthWest Service para manhattan, Illinois. [3]

Serviços Amtrak[editar | editar código-fonte]


Referências

  1. GCT-PH1 - Population, Housing Units, Area, and Density: 2010 - State -- Place and (in selected states) County Subdivision (em inglês) United States Census Bureau. Visitado em 21 de setembro de 2011.
  2. Swanson, Jack. Rail Ventures: The Comprehensive Guide to Train Travel in North America, 7th Edition. Niwot, Colorado: Travis Ilse Publishers, 1982, rev. 1996. 63, 64 pp. ISBN 1-882092-18-X.
  3. Trajetos das linhas no sítio oficial da Metra (em Inglês) (2012). Visitado em 2012.
  4. California Zephyr (em Inglês) (2012). Visitado em 07/08/2012.
  5. City of New Orleans (em Inglês) (2012). Visitado em 07/08/2012.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre transporte ferroviário é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.