Universidade Portucalense Infante D. Henrique

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Universidade Portucalense Infante D. Henrique
UPT
Lema Uma Universidade Viva.
Fundação 1986
Tipo de instituição Privado cooperativo
Orçamento anual  ?
Valor da propina  ?
Funcionários  ?
Docentes  ?
Estudantes  ?
Graduandos  ?
Pós-graduandos  ?
Reitor(a) Guilherme de Oliveira
Vice-reitores  ?
Localização Porto
Página oficial http://www.upt.pt/
Contacto R. Dr. António Bernardino de Almeida, 541, 4200 072 - Porto / telef.: +351 225 572 000

A Universidade Portucalense Infante D. Henrique (UPT) é uma universidade privada portuguesa, sita no Porto, instituída pela cooperativa com o mesmo nome.

O seu reconhecimento pelo Estado teve lugar através do Despacho n.º 122/86, de 28 de Junho.

Iniciou a sua actividade em 30 de Junho de 1986 e os seus primeiros cursos em 16 de Outubro de 1986.

Seguindo uma política de forte aposta na formação do seu corpo docente a Universidade tem um grande número dos seus docentes inscritos em cursos de Doutoramento e Mestrado, nas mais diversas áreas científicas, quer em universidades nacionais, quer em universidades estrangeiras.

Presentemente conta com cerca de quatro mil alunos a frequentar os diversos cursos de licenciatura, especialização e mestrado, para além de algumas dezenas de inscritos para apresentação a provas doutoramento.

As anteriores instalações da Universidade Portucalense, no jardim de S. Lázaro no Porto eram exíguas para o número de alunos e de pessoal (docente e não docente) que ali trabalhava.

Nas novas instalações, inaguradas em 1994, a Universidade Portucalense conta com um amplo e moderno campus, inserido na zona do pólo II da Universidade do Porto reconhecido pelo seu elevado grau de inovação tecnológica, numa aposta que teve como objectivo proporcionar aos alunos que a frequentam condições para um ensino de qualidade.

O campus da Universidade foi construído de raiz para a actividade universitária, e suporta o ensino, a investigação e a prática cultural dos seis departamentos da Universidade.

Pelo campus há diversas áreas que, para além da Biblioteca, convidam à reflexão e ao estudo, bem como ao convívio, como a Livraria, os forums, cantina, bares, esplanadas interiores e exteriores e parques de estacionamento.

Estas instalações são servidas por meios de transporte público, dos quais se destacam as linhas 6, 54, 59 e 79 dos STCP e a Linha D (Amarela) do Metro do Porto.

Departamentos[editar | editar código-fonte]

No que respeita à divisão em termos das grandes áreas do conhecimento, delimitadas em função dos objectivos próprios e de metodologias técnicas de investigação científica, a Universidade Portucalense está organizada em cinco departamentos.

Cursos[editar | editar código-fonte]

Actualmente, são leccionados 22 cursos de pré-graduação (Licenciaturas) e 46 cursos de pós-graduação (25 Especializações, 13 Mestrados e 8 Doutoramentos).

Licenciaturas[editar | editar código-fonte]

Mestrados[editar | editar código-fonte]

Especializações[editar | editar código-fonte]

Pós-Graduações[editar | editar código-fonte]

Doutoramentos[editar | editar código-fonte]

Coral[editar | editar código-fonte]

Coro da Universidade Portucalense Infante D. Henrique - CUPIDH,é o coral da universidade. O CUPIDH fez o seu primeiro ensaio em Novembro de 1987.

Já fez algumas viagens ao estrangeiro, destacando-se, as viagens à França, Bélgica, Luxemburgo, Espanha (Corunha) em 2000, ao Brasil (Maceió e Aracaju) em 2003 e República Tcheca (Praga) em 2005.

Desde a sua fundação até Julho 2002, foi dirigido pelo Maestro Fernando Valente. Desde Outubro de 2002, é dirigido pelo Maestro Ernesto Coelho.

Organiza desde 2003 o FESCUP, Festival de Coros da Universidade Portucalense.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]