Universidade de Benin (Nigéria)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Universidade de Benin, em Benin City no estado de Edo na Nigéria, é uma das maiores universidades do país.

História[editar | editar código-fonte]

A universidade foi fundada em 1970, e leciona em uma ampla gama de assuntos, inclusive uma escola médica. Ela tem uma inscrição de aproximadamente 36.000 estudantes. Começou com um Instituto de Tecnologia e foi concedido o estatuto de uma verdadeira Universidade pela Comissão Nacional Universidades (NUC), em 1 de Julho de 1971. No seu Discurso de Orçamento em Abril de 1972, de então Governador militar do estado do meio-oeste, Col. S.O. Ogbemudia (então também visitante da Universidade) anunciou formalmente a mudança do nome do Instituto de Tecnologia para a Universidade de Benin.

No início, a universidade estava situada na estrada Ekewan. Em 1972, um projeto para construir um campus principal em Ugbowo e Ekosodin começou com o engenheiro Daniel Uhimwen como o director. Hoje, o principal campus está em Ugbowo mas alguns cursos ainda são oferecidos no campus Ekewan. Em 1 de Abril de 1975, a Universidade, a pedido do Governo Estadual, foi retomada pelo Governo Federal e se tornou uma Universidade Federal. Hoje, a Universidade continua a crescer, mais forte com um número de Faculdades, Departamentos, Institutos e Unidades.

Em 1985, Grace Alele-Williams se tornou a primeira mulher vice-chanceler da Nigéria quando foi nomeada para dirigir a Universidade de Benin. Ela serviu como vice-chanceler até 1991.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]