Up All Night (álbum)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Up All Night
Álbum de estúdio de One Direction
Lançamento 18 de novembro de 2011 (2011-11-18)
Gravação abril - novembro de 2011;
Los Angeles, Londres, Estocolmo
Gênero(s) Pop
Duração 45:12
Idioma(s) Inglês
Formato(s) CD, download digital
Gravadora(s) Syco
Produção Ash Howes, BeatGeek, Brian Rawling, Carl Falk, Jimmy Joker, Matt Squire, Paul Meehan, Rami Yacoub, RedOne, Richard "Biff" Stannard, Savan Kotecha, Shep Solomon, Steve Mac, Steve Robson, Toby Gad, Tom Meredith
Cronologia de One Direction
Último
Último
Take Me Home
(2012)
Próximo
Próximo
Capa da edição souvenir
Singles de Up All Night
  1. "What Makes You Beautiful"
    Lançamento: 11 de setembro de 2011
  2. "Gotta Be You"
    Lançamento: 11 de novembro de 2011
  3. "One Thing"
    Lançamento: 6 de janeiro de 2012
  4. "More than This"
    Lançamento: 25 de maio de 2012

Up All Night é o álbum de estreia da boy band anglo-irlandesa One Direction, lançado em 18 de novembro de 2011 na Irlanda e no Reino Unido, prosseguindo com uma distribuição global no ano seguinte. Depois de terminar em terceiro lugar na sétima temporada do The X Factor em dezembro de 2010, a banda assinou com a Syco Music e começou a gravar o disco na Suécia, no Reino Unido e nos Estados Unidos, trabalhando com diversos compositores e produtores. O projeto deriva principalmente do estilo musical pop e também direciona para o pop rock, dance-pop, teen pop e power pop. Seu conteúdo lírico é constituído em maioria por frases sobre ser jovem, relacionamentos, mágoa e empoderamento. Em apoio ao produto, os integrantes apresentaram as canções de Up All Night em programas televisivos, prêmios musicais e durante a Up All Night Tour.

O álbum recebeu análises em sua maioria positivas dos críticos musicais contemporâneos, muitos dos quais apreciaram a combinação de canções melódicas e cativantes em um material pop, que, embora astutamente produzido, evitou o cinismo comercial, e a postura adult contemporary de alguns de seus antepassados dos anos 80 e 90. Um sucesso internacional, o disco conseguiu o topo das tabelas musicais em dezesseis países, e, até dezembro de 2012, já tinha vendido mais de 2.5 milhões de cópias no mundo todo. Conquistou a segunda posição na UK Albums Chart e, em última análise, se tornou o produto de estreia mais rapidamente vendido no Reino Unido em 2011. Up All Night foi direto para a primeira colocação da Billboard 200, conseguindo um lucro total de 176 mil exemplares em sua primeira semana nas lojas, tornando a One Direction o primeiro grupo britânico na história das paradas estadunidenses a conquistar este feito no primeiro lançamento. Como resultado, os integrantes foram introduzidos ao Guinness World Records. Consoante a Federação Internacional da Indústria Fonográfica, o material foi o terceiro mais vendido em 2012 em todo o globo com mais de 4.5 milhões de cópias.

A One Direction terminou 2012 com dois discos nas cinco primeiras posições dos mais vendidos nos Estados Unidos. Seu produto de apresentação ficou na terceira posição e Take Me Home na quinta, tornando-os o primeiro artista a conseguir emplacar dois trabalhos no top 5 na era da Nielsen SoundScan. Em adição, Up All Night se tornou o disco mais vendido de um grupo musical e o terceiro mais bem-vendido álbum de estreia de 2012. Quatro singles foram lançados a partir do projeto, "What Makes You Beautiful", "Gotta Be You", "One Thing" e "More than This". Os três primeiros conseguiram registrar entrada nas dez primeiras colocações da UK Singles Chart. E, com mais de oito milhões de cópias vendidas em todo o mundo, "What Makes You Beautiful" é um dos singles mais bem-vendidos de todos os tempos.

Antecedentes e desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

Depois de ser formada e terminar em terceiro lugar na sétima temporada do The X Factor em 2010,[1] a One Direction foi assinada por Simon Cowell em um contrato de £ 2 milhões à Syco Records.[2] [3] As gravações de seu álbum de estreia se iniciaram em janeiro de 2011, quando eles viajaram para Los Angeles com o objetivo de trabalhar com o produtor marroquino-sueco RedOne.[4] Em fevereiro de 2011, o grupo e outros nove participantes do programa participaram da X Factor Live Tour. Após a conclusão em abril do mesmo ano, os integrantes continuaram a trabalhar no disco. As sessões em estúdio ocorreram na Suécia, nos Estados Unidos e no Reino Unido, enquanto a banda trabalhava com Carl Falk, Savan Kotecha, Steve Mac, RedOne, Toby Gad e Rami Yacoub, entre outros. O produto também apresenta canções escritas por Ed Sheeran, Kelly Clarkson e Tom Fletcher.[5] [6] [7] Em maio, Kotecha falou com o Digital Spy, e ele elaborou que a One Direction estava "experimentando" sons em seu projeto de estreia. O produtor disse que estava envolvido nos "primeiros estágios" da produção do registro. "As coisas que eu ouvi foram realmente cativantes e todo mundo adora os caras, então é questão apenas de capturar a música, o que eu acho que é o que eles vão fazer".[8] Sonny Takhar, CEO da Syco, em uma edição de agosto de 2011 da Music Week, descreveu o processo de gravação como um "período bastante intensivo" para o grupo. Takhar adicionou que o álbum resultante era um dos melhores discos de pop já feitos pela gravadora nos últimos anos, e que ele estava confiante de que seria um sucesso.[4] Em novembro de 2011, eles assinaram um contrato com a Columbia Records na América do Norte.[9] Steve Barnett, co-presidente da Columbia, disse que não foi uma decisão difícil assinar com a banda. "Outros artistas na mesma categoria tinham ficado um pouco mais velhos", ele disse. "Eu apenas pensei que havia um vazio, e talvez eles pudessem aproveitá-lo e segurá-lo".[10]

Composição[editar | editar código-fonte]

Quarta faixa no disco e canção-título, "Up All Night" é uma obra electropop e dance-pop definida por um andamento mediano e apresenta uma referência à Katy Perry. Sua letra é um hino festivo.

Décima-segunda faixa, "Save You Tonight" é mais direcionada ao synthpop e tem andamento rápido e som retrô. Na letra, os integrantes dizem que vão salvar uma garota de seu namorado, que só a machuca.

Problemas para escutar estes arquivos? Veja a ajuda.

Up All Night é predominantemente um álbum de música pop que também direciona para os gêneros dance-pop, teen pop, pop rock e power pop, com influências de electropop e rock. A instrumentação do disco é fornecida por cordas de um violão, bateria e um piano.[7] [11] [12] [13] O produto abre com "What Makes You Beautiful", uma canção de andamento rápido derivada dos estilos teen pop e power pop. O riff de guitarra no início foi notado como similar ao de "Summer Nights", do filme Grease. A música possui um refrão baseado em acordes de guitarra; Robert Copsey do Digital Spy o assemelhou a um cruzamento entre "Raise Your Glass" por Pink e "All About You" por McFly. Também apresenta instrumentação de caneca, e sua frase de oito compassos consiste de um gancho com o verso "oh na na na".[11] [14] A segunda faixa, "Gotta Be You", é uma balada de pop rock definida por um andamento mediano.[15] Estabelecida por um arranjo orquestral, sua instrumentação inclui uma guitarra, notas de piano e cordas em abundância.[13] [16] [17] Seu refrão inicia com falsetes que são seguidos por harmonias vocais.[13]

A terceira faixa é "One Thing", uma otimista canção de pop rock.[18] Ela apresenta um ostinato de guitarra "valente" e um refrão "enérgico", com Lewis Corner do Digital Spy apelidando-o de "pronto pra arena".[19] Foram notadas similaridades entre a melodia da composição e a de "I Want It That Way", dos Backstreet Boys.[16] [20] A quarta música, "More than This", é uma balada pop[21] e apresenta sons de sintetizadores.[13] Ela antecede a faixa-título, "Up All Night", uma canção eletropop e dance-pop definida por um andamento mediano. Liricamente, é um hino festivo, com a citação à Katy Perry no refrão sendo notada por várias publicações.[13] [22] O sexto tema, "I Wish", é uma balada pop de andamento mediano. Seu conteúdo lírico foi comparado ao de "Dancing on My Own" por Robyn.[13] A sétima composição, "Tell Me a Lie", é derivada do estilo pop rock, definida por um metrônomo rápido e apresenta uma instrumentação de guitarra proeminente e um tempo pulsante.[16] Esta música foi originalmente definida para Stronger (2011), trabalho de Kelly Clarkson. Clarkson falou à Capital FM sobre como ela estava orgulhosa do resultado. "É uma música bem fofa, eu amo ela. Eu amo que eles tenham gostado. Eles soam muito bem a cantando. Eu já a tenho — estou tão VIP com a cópia no meu computador. É realmente muito boa".[23]

Oitava música no alinhamento, "Taken" é uma balada derivada do estilo musical pop e liricamente é sobre mágoas e relacionamentos.[13] A nona é "I Want", uma canção de andamento rápido do estilo pop rock que apresenta uma linha de piano proeminente. Ela foi co-escrita por The Vaccines.[13] [16] O décimo número, "Everything About You", possui um tempo rápido e evidencia marcas do teen pop e do electropop, e o décimo-primeiro, "Same Mistakes", tem um ritmo mediano que utiliza notas de piano, sintetizadores, e percussão.[13] [16] "Save You Tonight" é mais direcionada ao synthpop, tem um andamento rápido e um arranjo e som retrô.[13] [16] A número treze, última na edição padrão, "Stole My Heart", é uma obra descendente do dance-pop a qual foi notada similaridades com "Dynamite" por Taio Cruz.[16] Na versão deluxe, a primeira canção e décima-quarta contando todo o disco, "Stand Up", possui influências do electropop e do pop rock com um ritmo acelerado. A segunda do alinhamento especial é "Moments", uma balada pop com um andamento mediano.[24] Sua instrumentação inclui notas de violão suavemente dedilhadas e linhas de piano intermediárias.[25] A letra gira em torno de um amor não correspondido.[26] Durante o lançamento do disco no Reino Unido no final de 2011, Louis Tomlinson referiu-se à faixa como sua preferida do disco.[27]

Lançamento[editar | editar código-fonte]

Up All Night ficou disponível nos formatos de CD e download digital em duas edições; a edição deluxe, em um formato de anuário, possui fotos, citações, as letras da banda e duas faixas extras: "Stand Up" e "Moments".[7] O disco foi lançado pela Syco Music na Irlanda e no Reino Unido em 18 e 21 de novembro de 2011, respectivamente. Na Austrália e na Nova Zelândia foi liberado nos dias 25 e 28 do mesmo mês, e no começo de 2012 foi posto à venda em toda a Europa. Inicialmente, seu lançamento na América do Norte ocorreria em 23 de março de 2012 pela Columbia Records; no entanto, foi redefinido para uma semana antes, especificamente a 13 de março. A gravadora lançou um texto dizendo que "devido à grande demanda dos fãs, seu álbum de estreia será lançado uma semana antes, em 13 de março de 2012".[28] [29]

Para o lançamento norte-americano, os executivos da Columbia usaram de mídias sociais para moldar a campanha de marketing. O co-presidente da empresa discográfica, Steve Barnett, e seu time, decidiram reverter a tática padrão de lançar um single nas estações de rádio. Em vez disso, o selo montou uma campanha de quatro meses visando a construção de uma base de fãs através de mídias sociais antes que uma canção fosse liberada ou tocada nas rádios. A estratégia constituía de pedir à fãs que assinassem petições e entrassem em uma competição de vídeos para ganharem uma apresentação em sua cidade. O resultado foi positivo, enquanto os seguidores da banda no Facebook cresceram de 40 mil para 400 mil. "What Makes You Beautiful" vendeu mais de 131 mil cópias em sua primeira semana, mesmo sem ter sido liberada para as estações radiofônicas. Os programadores das rádios ficaram lotados de pedidos de fãs. Johnny Wright, que gerenciou New Kids on the Block, Backstreet Boys e 'N Sync, disse: "Agora eles estão ligando para as rádios, e as estações ficam coçando a cabeça, falando, 'Nós nem temos essa gravação ainda'. É quase como o retorno dos Beatles. Eu chamo de hype, mas é um hype positivo porque tudo é real. Nada é fabricado. Ninguém pagou essas crianças".[30]

Crítica profissional[editar | editar código-fonte]

Críticas profissionais
Pontuações agregadas
Fonte Avaliação
Metacritic (64/100)[31]
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
Allmusic 3.5 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar half.svgStar empty.svg[12]
Billboard (Positiva)[13]
Entertainment Weekly (B+)[32]
Daily Star (8/10)[33]
Digital Spy 4 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar empty.svg[34]
The Independent 2 de 5 estrelas.Star full.svgStar empty.svgStar empty.svgStar empty.svg[35]
MSN Music 4 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar empty.svg[36]
PopMatters (7/10)[16]
Rolling Stone 2.5 de 5 estrelas.Star full.svgStar half.svgStar empty.svgStar empty.svg[11]
USA Today 3 de 4 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar empty.svg[20]

O disco recebeu análises geralmente positivas dos críticos musicais. No Metacritic, que atribui uma nota média de no máximo 100 com base em revisões dos críticos, o álbum recebeu uma média de 64, indicando "críticas geralmente favoráveis".[31] Matthew Chisling do Allmusic elogiou o trabalho por seu apelo ao público adolescente: "Com um potencial ilimitado para o momento, esta é uma coleção perfeitamente medida e orientada".[12] Zachary Houle, em revisão para o PopMatters, adjetivou o produto de "uma louvável adição ao panteão boy band e "uma fatia bem trabalhada do pop a qual você pode estourar bolhas".[16] Robert Copsey do portal britânico Digital Spy elogiou Up All Night por "uma coleção de pop rock com refrões assassinos" e o resumiu como "uma adorável e esperada estreia com uma quantidade surpreendente de trapaça".[34] Para a Cosmopolitan, Sophie Goddard louvou o álbum por uma coleção de "toe-tappers os quais é impossível não gostar".[37]

O jornalista musical do The Independent, Simon Price, deu duas estrelas de cinco máximas ao primeiro trabalho da banda, e disse: "O álbum consiste de quinze parcelas de um inofensivo pop radiofônico diurno, o qual metade das canções parecem 'I Want It That Way' dos Backstreet Boys e a outra parece 'Free Fallin'' de Tom Petty, e vai vender zilhões".[35] John Earls do periódico Daily Star elogiou o grupo por criar um registro "que não toma o caminho mais fácil", gracejando que ele possui "grandes personalidades" e "hinos pop divertidos",[33] enquanto Jody Rosen da Rolling Stone criticou a "falta de personalidade" do resultado. Ele comparou os integrantes à Justin Bieber, relatando que "enquanto Justin tem charme, aquele tom vocal arranhado e revelador e carisma real, a One Direction é apenas [formada de] cinco garotos bonitos com algumas músicas decentes e não muita personalidade".[11] Adam Markovitz da Entertainment Weekly percebeu que Up All Night "não vai ajudar o grupo a ganhar respeito nos círculos musicais. Mas se um empério tween-pop é o que esses caras estão procurando, eles definitivamente estão no caminho certo".[32]

Em uma análise detalhada, Jason Lipshutz da Billboard escreveu: "[o disco] demonstra uma originalidade no som que era necessária para a revitalização do movimento boy band. O electropop que atualmente domina o Top 40 das rádios é perfeitamente tecido às harmonias pop tornadas padrão por 'N Sync, Backstreet Boys e 98 Degrees — a faixa-título, por exemplo, parece uma mistura de "Larger than Life" e uma canção de LMFAO, e inclui ainda uma referência à Katy Perry. Up All Night tem seus pontos altos e baixos, mas a One Direction completa duas tarefas importantes em sua estreia: entalha um sucesso duradouro como 'What Makes You Beautiful', e olha para frente ao invés de para trás. Prepare-se para ouvir muito mais de One Direction".[13] Matthew Horton para a Virgin Media opinou que a gravação transborda de "enérgico pop rock", e considerou a dançante "Stole My Heart": "O único deslize, o que só reforça a sua decisão de ir para o pop rock".[38] Em revisão para o MSN Music, Ben Chalk chamou o álbum de "manufaturado, calculado e comercial", avaliando que o resultado "é um arrolhante disco pop". Em sua revisão, também elogiou a sua coleção de singles: "[Up All Night] é uma coleção de pedras preciosas altamente polidas, que conhece seu mercado e o dá o que ele quer".[36]

Singles[editar | editar código-fonte]

One Direction apresentando "One Thing" durante a Up All Night Tour.

"What Makes You Beautiful" foi lançada como o single inicial de Up All Night em setembro de 2011 e debutou na liderança da tabela britânica UK Singles Chart após ser o single da Sony Music Entertainment mais baixado durante a sua pré-venda, comercializando 153.965 downloads digitais em sua semana de lançamento.[39] [40] A faixa também culminou nas tabelas irlandesas[41] e escocesas,[41] enquanto atingiu as dez melhores posições na Austrália,[42] na Bélgica,[43] no Canadá,[44] nos Estados Unidos,[44] no Japão[44] e na Nova Zelândia.[45] Em território estadunidense, a faixa foi lançada em fevereiro de 2012,[28] [46] com a banda conquistando o maior debute de um artista britânico desde 1998 ao estrear no 28º posto da Billboard Hot 100.[47] Atingiu um pico de número quatro na tabela supracitada, bem como o quinto posto nos periódicos genéricos Adult Pop Songs,[44] Hot 100 Airplay,[44] Pop Songs[44] e a liderança da Hot Dance Club Songs.[48] Até 2012, vendeu mais de três milhões de downloads digitais, qualificando-o como o single mais vendido de todos os tempos por uma boy band digitalmente.[49] Totalizou mais de oito milhões de cópias vendidas mundialmente, sendo um dos singles mais vendidos de todos os tempos.[50] Durante os Brit Awards de 2012, venceu a condecoração de Best British Single.[51]

"Gotta Be You" serviu como a segunda faixa de trabalho de Up All Night em novembro de 2011 apenas na Irlanda e no Reino Unido. Atingiu um pico de número três nas tabelas musicais de ambos os países.[52] "One Thing" foi lançada como o terceiro single do material em janeiro de 2012, sendo comercializada no Reino Unido apenas no mês seguinte.[53] [54] Em maio do mesmo ano, foi enviada às rádios mainstream estadunidenses como o segundo single do disco.[55] Conquistou as colocações de número seis e nove nas tabelas da Irlanda e no Reino Unido, sendo o terceiro single consecutivo do grupo a atingir a dez melhores posições em tais tabelas.[56] [57] Consequentemente, foi a segunda música mais vendida em território britânico naquele ano, vendendo 154 mil unidades.[58] Na Austrália, a boy band tornou-se o segundo ato a conquistar duas canções entre as dez mais vendidas em uma mesma semana do ano de 2012, com "One Thing" e "What Makes You Beautiful" atingindo as colocações de número três e dez, respectivamente, na semana de 7 de maio de 2012.[59] Nos Estados Unidos, conseguiu o 39º posto[60] e foi certificado platina pela Recording Industry Association of America (RIAA), comercializando 1 milhão de cópias em território estadunidense.[61] "More than This" foi confirmada como o quarto e último single do álbum em maio de 2012 através da Sony Music Australia.[62] Lançada digitalmente no mesmo mês,[21] obteve um sucesso baixo em comparação aos singles anteriores do disco, atingindo um sucesso moderado na Austrália,[63] na Irlanda[64] e no Reino Unido.[65]

Divulgação[editar | editar código-fonte]

Malik e Payne interpretando "What Makes You Beautiful" no Rockefeller Center em 12 de março de 2012.

A banda apresentou "What Makes You Beautiful" no Red or Black? em 10 de setembro de 2011.[66] A interpretação começou com os apresentadores Ant & Dec anunciando que os garotos estavam supostamente atrasados para a aparição, e então entrou no ar um vídeo do grupo embarcando em um metrô de Londres cheio de fãs, enquanto a versão de estúdio da faixa começava a tocar. Cada admirador no meio de transporte ganhou um bilhete numerado. O grupo e os fãs desembarcaram do metrô e seguiram o caminho até o estúdio televisivo, onde o restante da obra foi apresentada ao vivo. Após o término, Styles pegou um bilhete dos que estavam sendo jogados ao palco. O número correspondia à um cartão de um fã do metrô; a cor da blusa do admirador era a resposta do desafio do programa.[66] [67] Eles cantaram a mesma canção em conjunto com o lado B "Na Na Na" no BBC Radio 1 Teen Awards em 9 de outubro seguinte.[68] Também se apresentaram com o single ao abrir o teleton Children in Need de 2011, em 19 de novembro.[69] Continuaram a divulgação no Jingle Bell Ball da Capital FM, realizado em 4 de dezembro de 2011 na O2 Arena, onde cantaram "Gotta Be You", "One Thing" e "What Makes You Beautiful".[70] Interpretaram um medley de "She Makes Me Wanna" e "What Makes You Beautiful" com JLS na final da oitava temporada do The X Factor, em 10 de dezembro, que elegeu Little Mix as vencedoras.[71] Também foram ao Dancing on Ice no dia 5 de fevereiro de 2012 e apresentaram-se com "One Thing" e "What Makes You Beautiful".[72]

Na Itália, o grupo interpretou "What Makes You Beautiful" no Festival de Sanremo de 2012 em 14 de fevereiro.[73] Na França, os garotos apresentaram "One Thing" e "What Makes You Beautiful" no Le Grand Journal oito dias depois.[74] Nos Estados Unidos, apresentaram as duas faixas e "More than This" para o Today no Rockefeller Center em 12 de março. Cerca de 15 mil fãs desceram sobre a praça.[75] Também interpretaram "What Makes You Beautiful" nos Kids' Choice Awards de 2012, realizados em 31 de março e organizados pela Nickelodeon.[76] Participaram ainda de um episódio da série iCarly, produzida pelo mesmo canal, onde cantaram a mesma faixa. O capítulo, intitulado "iGo One Direction", foi ao ar em 4 de abril de 2012 e teve uma audiência de 3.9 milhões de espectadores.[77] Continuaram a promoção em território estadunidense no programa de comédia Saturday Night Live, onde apresentaram os dois primeiros singles do álbum e apareceram em um esquete com Sofía Vergara. O episódio foi exibido em 7 de abril de 2012.[78] Na Austrália, a banda participou do 54.º Logie Awards, onde cantaram as duas músicas de trabalho e também entregaram o prêmio de "Most Popular New Female Talent", em 15 de abril de 2012.[79] No dia 12 de agosto, realizaram uma performance de "What Makes You Beautiful" na Cerimônia de encerramento dos Jogos Olímpicos de Verão de 2012, que representou a transferência para o Rio de Janeiro como sede dos Jogos Olímpicos de Verão de 2016.[80]

Turnê[editar | editar código-fonte]

One Direction se apresentando em Sydney durante a Up All Night Tour.

A turnê britânica de estreia da banda, a Up All Night Tour, foi anunciada em 27 de setembro de 2011. Ela começou em 18 de dezembro de 2011 em Watford, Inglaterra, e terminou em 26 de janeiro de 2012 em Belfast, Irlanda do Norte.[81] As apresentações no Reino Unido e na Irlanda foram um sucesso imediato — surgiram rumores que alguns se esgotaram em menos de dez segundos.[82] Em fevereiro de 2012, a One Direction anunciou a etapa australasiana da digressão, as datas definidas para abril de 2012, em cidades como Sydney, Brisbane, Melbourne, Auckland e Wellington.[83] Assim que a primeira etapa da turnê foi concluída, o conjunto se juntou à Big Time Rush como ato de abertura da Better With U Tour.[84] Em 21 de março de 2012, foi anunciada a etapa norte-americana.[85] Foi definido que ela se iniciaria em 24 de março e compreenderia 26 apresentações. Pouco após o anúncio, o britânico Olly Murs foi confirmado como ato de abertura de datas selecionadas.[86] [87] Durante a digressão, os garotos interpretaram versões de "Use Somebody" de Kings of Leon, "Stereo Hearts" de Gym Class Heroes, "Valerie" de The Zutons, "Torn" de Ednaswap e "I Gotta Feeling" de Black Eyed Peas.[88] Uma gravação da turnê, intitulada Up All Night: The Live Tour, foi lançada em 28 de maio de 2012.[89]

Lista de faixas[editar | editar código-fonte]

N.º Título Compositor(es) Produtor(es) Duração
1. "What Makes You Beautiful"   Rami Yacoub, Carl Falk, Savan Kotecha Yacoub, Falk 3:18
2. "Gotta Be You"   Steve Mac, August Rigo Mac 4:04
3. "One Thing"   Yacoub, Falk, Kotecha Yacoub, Falk 3:17
4. "More than This"   Jamie Scott Brian Rawling, Paul Meehan 3:48
5. "Up All Night"   Kotecha, Matt Squire Squire 3:12
6. "I Wish"   Yacoub, Falk, Kotecha Yacoub, Falk 3:35
7. "Tell Me a Lie"   Kelly Clarkson, Tom Meredith, Shep Solomon Meredith, Solomon 3:15
8. "Taken"   Toby Gad, Lindy Robbins, Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Zayn Malik Gad 3:55
9. "I Want"   Tom Fletcher Richard "Biff" Stannard, Ash Howes 2:51
10. "Everything About You"   Steve Robson, Wayne Hector, Styles, Payne, Tomlinson, Horan, Malik Robson 3:35
11. "Same Mistakes"   Robson, Hector, Styles, Payne, Tomlinson, Horan, Malik Robson 3:37
12. "Save You Tonight"   RedOne, BeatGeek, Jimmy Joker, Teddy Sky, AJ Junior, Alaina Beaton, Kotecha RedOne, BeatGeek, Joker 3:24
13. "Stole My Heart"   Scott, Meehan Rawling, Meehan 3:25
Duração total:
45:12

Desempenho nas tabelas musicais[editar | editar código-fonte]

De acordo com a Nielsen SoundScan, Up All Night comercializou 176 mil cópias em sua semana de lançamento nos Estados Unidos, debutando na liderança da Billboard 200, cujo êxito a tornou como a primeira boy band britânica a debutar na liderança da tabela com seu primeiro álbum;[95] [96] com isso, os integrantes foram submetidos ao Guinness World Records.[97] Em julho de 2012, ao serem avaliadas vendas de um milhão de unidades do disco em território estadunidense, a Recording Industry Association of America (RIAA) o certificou como platina.[98] Up All Night também tornou-se o primeiro álbum de uma boy band a comercializar 500 mil cópias digitais no país.[99] Foi o terceiro álbum mais vendido no país em 2012, com mais de 1 milhão e 620 mil unidades compradas.[100] Até fevereiro de 2014, conquistou mais de dois milhões cópias vendidas nos Estados Unidos,[101] e então a RIAA emitiu a certificação de platina dupla.[98] No Canadá, o álbum debutou na primeira posição da Canadian Albums Chart com 35 mil cópias vendidas, tornando-se o primeiro grupo internacional a estrear na liderança da tabela desde o início da era da Nielsen SoundScan (após maio de 1991),[102] e foi posteriormente certificado platina tripla pela Music Canada, reconhecendo mais de 240 mil unidades comercializadas em território canadense.[103]

No Reino Unido, Up All Night debutou na vice-liderança da UK Albums Chart com 138.631 cópias vendidas,[104] sendo barrado do topo por Talk That Talk, da barbadense Rihanna.[105] De acordo com a The Official Charts Company, foi o décimo sexto álbum mais vendido de 2011 em território britânico, com 468 mil unidades comercializadas.[106] No ano seguinte, foi o décimo quinto álbum mais vendido na região, com 372 mil exemplares[107] e, até 8 de dezembro do mesmo ano, comercializou 777 mil unidades no Reino Unido.[108] De início, a British Phonographic Industry (BPI) reconheceu vendas de 600 mil cópias do projeto no território, e o certificou como platina; no entanto, o produto conquistou vendas de mais de novecentas mil unidades; sendo assim, a BPI emitiu uma certificação de platina tripla.[109] Em dezembro de 2013, o produto já havia ultrapassado a marca de um milhão de cópias vendidas em solo britânico.[110] Na Irlanda, o álbum permaneceu durante cerca de seis meses entre os vinte álbuns mais vendidos no país, conseguiu atingir a liderança na lista publicada pela Irish Recorded Music Association (IRMA).[111] Culminou nas tabelas de álbuns da Austrália[112] e da Nova Zelândia,[113] sendo que a primeira nação o qualificou como platina quádrupla,[114] enquanto a segunda o certificou como platina tripla.[115] De acordo com a Federação Internacional da Indústria Fonográfica, o material foi o terceiro mais vendido mundialmente no ano de 2012, comercializando mais de 4.5 milhões de cópias.[116] [117]

Créditos[editar | editar código-fonte]

Lista-se abaixo os profissionais envolvidos na elaboração de Up All Night, de acordo com o portal Allmusic:[6]

Histórico de lançamento[editar | editar código-fonte]

País Data Formato Gravadora
 Irlanda[178] 18 de novembro de 2011 CD, download digital Syco Music, Sony Music
 Países Baixos[179]
 Suécia[179]
 Bélgica[178] 21 de novembro de 2011
 Noruega[180]
 Reino Unido[181]
 Austrália[182] 25 de novembro de 2011
 Nova Zelândia[183] 28 de novembro de 2011
 Dinamarca[184] 6 de fevereiro de 2012
 Hungria[185]
 Polônia[186]
 Portugal[187]
 Itália[188] 7 de fevereiro de 2012
 Coreia do Sul[189]
Taiwan[190] 17 de fevereiro de 2012 Sony Music Taiwan
 Estados Unidos[191] 13 de março de 2012 Columbia Records
 Canadá[192]
 México[193] Sony Music México
 Brasil[194] Sony Music Brasil
 Alemanha[94] 25 de maio de 2012 Syco Music, Sony Music
 Japão[132] 8 de agosto de 2012 Sony Music Entertainment Japan

Referências

  1. Daniel Sperling (12 de dezembro de 2010). One Direction. finish 3rd in 'X Factor' final (em inglês) Digital Spy. Hearst Magazines UK. Visitado em 21 de maio de 2014.
  2. Lee Cara (15 de dezembro de 2010). Father Xmas Si's three special gifts (em inglês) The Sun News International. Visitado em 21 de maio de 2014.
  3. Mayer Nissim (28 de janeiro de 2011). One Direction 'get £2m Syco investment' Digital Spy. Hearst Magazines UK. Visitado em 21 de maio de 2014.
  4. a b Ed Miller (16 de agosto de 2011). Sony excited about One Direction potential Music Week Intent Media. Visitado em 21 de maio de 2014.
  5. Sophie Freeman (19 de novembro de 2010). Now Treyc Cohen snubbed by X Factor for £100,000 tour... but reject Aiden Grimshaw IS invited Daily Mail Associated Newspapers. Visitado em 21 de maio de 2014.
  6. a b Up All Night – One Direction Allmusic. Rovi Corporation (21 de novembro de 2011). Visitado em 21 de maio de 2014.
  7. a b c (2011) Créditos do álbum Up All Night por One Direction. Syco Music, Sony Music Entertainment.
  8. Robert Copsey (4 de maio de 2011). Exclusive: One Direction "experimenting" on debut LP (em inglês) Digital Spy. Hearst Magazines UK. Visitado em 21 de maio de 2014.
  9. Lewis Corner (22 de novembro de 2011). One Direction sign US record deal with Adele label Columbia Digital Spy. Hearst Magazines UK. Visitado em 21 de maio de 2014.
  10. James C. McKinley Jr (23 de março de 2012). One Direction and the Wanted: Boy Bands Return (em inglês) The New York Times The New York Times Company. Visitado em 21 de maio de 2014.
  11. a b c d Jody Rosen (28 de março de 2012). One Direction – Up All Night (em inglês) Rolling Stone Jann Wenner. Visitado em 21 de maio de 2014.
  12. a b c Matthew Chisling (21 de novembro de 2011). Up All Night – One Direction (em inglês) Allmusic. Rovi Corporation. Visitado em 21 de maio de 2014.
  13. a b c d e f g h i j k l Jason Lipshutz (7 de março de 2012). One Direction, 'Up All Night': Track-By-Track Review Billboard Prometheus Global Media. Visitado em 21 de maio de 2014.
  14. Robert Copsey (11 de setembro de 2011). One Direction: 'What Makes You Beautiful' - Single review (em inglês) Digital Spy. Hearst Magazines UK. Visitado em 21 de maio de 2014.
  15. Robert Copsey (13 de novembro de 2011). One Direction: 'Gotta Be You' - Single review (em inglês) Digital Spy. Hearst Magazines UK. Visitado em 21 de maio de 2014.
  16. a b c d e f g h i Zachary Houle (16 de março de 2012). One Direction: Up All Night (em inglês) PopMatters. Buzz Media. Visitado em 21 de maio de 2014.
  17. One Direction – What Makes You Beautiful Sheet Music Musicnotes.com (EMI Music Publishing). Visitado em 21 de maio de 2014.
  18. One Direction – One Thing Sheet Music (em inglês) Musicnotes.com (EMI Music Publishing). Visitado em 21 de maio de 2014.
  19. Lewis Corner (2 de fevereiro de 2012). One Direction: 'One Thing' - Single review Digital Spy. Hearst Magazines UK. Visitado em 21 de maio de 2014.
  20. a b Listen Up: Stay 'Up All Night' with One Direction (em inglês) USA Today Gannett Company (13 de março de 2012). Visitado em 21 de maio de 2014.
  21. a b More Than This - EP (em inglês) iTunes Store (Apple Inc.). Visitado em 21 de maio de 2014.
  22. Gordon Smart (5 de novembro de 2011). First listen: One Direction - Up All Night (em inglês) The Sun News International. Visitado em 21 de maio de 2014.
  23. Kelly Clarkson Loves One Direction Track She Wrote (em inglês) Capital FM. Global Radio (9 de novembro de 2011). Visitado em 21 de maio de 2014.
  24. Cameron Adams (18 de abril de 2012). One Direction infection sweeps Melbourne Herald Sun The Herald and Weekly Times. Visitado em 21 de maio de 2014.
  25. One Direction – Moments Sheet Music (em inglês) Musicnotes.com (EMI Music Publishing). Visitado em 21 de maio de 2014.
  26. Cameron Adams (19 de abril de 2012). Ed Sheeran on Google, bad reviews and One Direction news.com.au News Limited. Visitado em 21 de maio de 2014.
  27. One Direction's Louis: "Ed Sheeran Album Track Is My Favourite" (em inglês) Capital FM. Global Radio (18 de novembro de 2011). Visitado em 21 de maio de 2014.
  28. a b EXCLUSIVE PHOTO: One Direction and Big Time Rush unite for North American tour! (em inglês) Entertainment Weekly. Visitado em 22 de maio de 2014.
  29. One Direction (em inglês) Onedirectionmusic.com (Sony Music Entertainment). Visitado em 22 de maio de 2014.
  30. James C. McKinley Jr (23 de março de 2014). Boy Bands Are Back, Wholesome or Sexy (em inglês) The New York Times The New York Times Company. Visitado em 22 de maio de 2014.
  31. a b Up All Night Reviews, Ratings, Credits, and More at Metacritic (em inglês) Metacritic. Visitado em 22 de maio de 2014.
  32. a b Adam Markovitz (20 de março de 2012). MUSIC REVIEW Up All Night (2012) One Direction (em inglês) Entertainment Weekly Time Inc.. Visitado em 24 de maio de 2014.
  33. a b John Earls (21 de novembro de 2011). One Direction - Up All Night: Album review (em inglês) Daily Star. Visitado em 24 de maio de 2014.
  34. a b Robert Copsey (22 de novembro de 2011). One Direction: 'Up All Night' - Album review (em inglês) Digital Spy. Hearst Magazines UK. Visitado em 24 de maio de 2014.
  35. a b Simon Price (27 de novembro de 2011). Album: One Direction, Up All Night (Syco) (em inglês) The Independent Independent Print Limited. Visitado em 24 de maio de 2014.
  36. a b Ben Chalk (21 de novembro de 2011). Album Review: One Direction – Up All Night (em inglês) MSN Music. Microsoft. Visitado em 24 de maio de 2014.
  37. Sophie Goddard (25 de novembro de 2011). Why there’s only One Direction...Cosmo reviews their debut album (em inglês) Cosmopolitan Hearst Corporation. Visitado em 24 de maio de 2014.
  38. Album Review: One Direction – Up All Night (em inglês) Virgin Media (21 de novembro de 2011). Visitado em 24 de maio de 2014.
  39. Lewis Corner (19 de agosto de 2011). One Direction's 'What Makes You Beautiful' breaks pre-order sales record (em inglês) Digital Spy Hearst Magazines UK. Visitado em 7 de julho de 2014.
  40. Alan Jones (19 de setembro de 2011). What Makes You Beautiful becomes fastest seller of the year (em inglês) Music Week Intent Media. Visitado em 7 de julho de 2014.
  41. a b No Change Of Direction (em inglês) Chart Track (7 de outubro de 2011). Visitado em 7 de julho de 2014.
  42. ONE DIRECTION - WHAT MAKES YOU BEAUTIFUL (SONG) (em inglês) ARIA Charts. Visitado em 7 de julho de 2014.
  43. ONE DIRECTION - WHAT MAKES YOU BEAUTIFUL (NUMMER) (em inglês) Ultratop 50. Visitado em 7 de julho de 2014.
  44. a b c d e f One Direction Album & Song Chart History (em inglês) Billboard. Visitado em 7 de julho de 2014.
  45. One Direction – What Makes You Beautiful (em inglês) Recording Industry Association of New Zealand. Visitado em 7 de julho de 2014.
  46. Top 40/M Future Releases All Access Music Group. Visitado em 7 de julho de 2014. Cópia arquivada em 7 de fevereiro de 2014.
  47. One Direction Has Highest Hot 100 Debut For New UK Act Since 1998 (em inglês) Billboard Prometheus Global Media (22 de fevereiro de 2012). Visitado em 7 de julho de 2014.
  48. Chart Highlights: Carrie Underwood Crowns Country Songs With 'Good Girl' (em inglês) Billboard Prometheus Global Media (4 de junho de 2012). Visitado em 7 de julho de 2014.
  49. Paul Grein (3 de janeiro de 2013). Chart Watch Extra: Top Songs of 2012 (em inglês) Yahoo! Music Yahoo!. Visitado em 7 de julho de 2014.
  50. Jocelyn Vena (2 de agosto de 2012). One Direction Add ‘Incredible New Achievement’ To VMA Nominations (em inglês) MTV. MTV Networks. Visitado em 14 de julho de 2014.
  51. One Direction Win Best British Single At BRIT Awards 2012 (em inglês) Capital FM (21 de fevereiro de 2012). Visitado em 7 de julho de 2014.
  52. The Official UK Top 40 Singles Chart (em inglês) BBC Radio 1. Visitado em 7 de julho de 2014.
  53. iTunes - Music - One Thing - Single by One Direction (em inglês) iTunes Store. Apple Inc.. Visitado em 7 de julho de 2014.
  54. One Thing: One Direction: Amazon.co.uk: (em inglês) Amazon. Visitado em 7 de julho de 2014.
  55. Top 40/M Future Releases (em inglês) All Access Music Group. Visitado em 7 de junho de 2014.
  56. Emeli Awarded with No1 (em inglês) Chart Track (17 de fevereiro de 2012). Visitado em 7 de julho de 2014.
  57. Singles Chart Analysis: Jessie J holds off Rizzle Kicks and Guetta (em inglês) Music Week Intent Media (23 de janeiro de 2012). Visitado em 7 de julho de 2014.
  58. Dan Lane (2 de agosto de 2012). One Direction sell 12 million singles, albums and DVD and Blu-rays worldwide (em inglês) The Official Charts Company. Visitado em 7 de julho de 2014.
  59. Thomas Gilmore (7 de maio de 2012). Chart wrap-up: One Direction add 17% to #1 Album (em inglês) The Music Network. Visitado em 7 de julho de 2014.
  60. Gary Trust (30 de junho de 2012). Weekly Chart Notes: LMFAO, Katy Perry, Fiona Apple (em inglês) Billboard Prometheus Global Media. Visitado em 7 de julho de 2014.
  61. Gold & Platinum Search Database – One Direction – One Thing (em inglês) Recording Industry Association of America. Visitado em 7 de julho de 2014.
  62. Robert Copsey (9 de maio de 2012). One Direction announce new Australian single (em inglês) Digital Spy Hearst Magazines UK. Visitado em 7 de julho de 2014.
  63. ONE DIRECTION - MORE THAN THIS (SONG) (em inglês) ARIA Charts. Visitado em 7 de julho de 2014.
  64. TOP 50 SINGLES, WEEK ENDING 7 June 2012 (em inglês) Chart Track. Visitado em 7 de julho de 2014.
  65. Chart Stats – One Direction (em inglês) The Official Charts Company. Visitado em 7 de julho de 2014.
  66. a b One Direction Are No. 1 (em inglês) Capital FM (11 de setembro de 2011). Cópia arquivada em 3 de janeiro de 2012.
  67. "One Direction". Red or Black?. ITV1. 10 de setembro de 2011. Episódio número 7, 1ª temporada.
  68. In pictures: Radio 1 Teen Awards at Wembley Arena (em inglês) BBC (10 de outubro de 2011). Cópia arquivada em 3 de janeiro de 2012.
  69. Record £26m for Children in Need (em inglês) BBC (19 de novembro de 2011). Visitado em 6 de julho de 2014.
  70. One Direction Reduce Fans To Tears During Set At Jingle Bell Ball 2011 (em inglês) Capital FM (4 de dezembro de 2011). Visitado em 6 de julho de 2014.
  71. J. J. Anisiobi (12 de dezembro de 2011). Now that's what you call a boy-band! JLS and 1D combine to make the ultimate super-group (em inglês) Daily Mail. Visitado em 6 de junho de 2014.
  72. Watch Again: One Direction's Dancing on Ice Performances & Interview Sugar. Hachette Filipacchi Médias (6 de fevereiro de 2012). Visitado em 6 de julho de 2014.
  73. One Direction Performs at the San Remo Song Festival (Video) (em inglês) Shine On Media. Shine Limited. Visitado em 6 de julho de 2014.
  74. One Direction : revoir le Grand Journal en vidéo streaming (em francês) Terrafemina.
  75. Steven J. Horowitz (27 de março de 2012). One Direction & The Wanted: The Billboard Cover Story (em inglês) Billboard. Prometheus Global Media. Visitado em 6 de julho de 2014.
  76. Katie Byrne (31 de março de 2012). One Direction Get Celebs Dancing At Kids' Choice Awards (em inglês) MTV. Visitado em 6 de julho de 2014.
  77. Conferir:
  78. 'What Makes You Beautiful' on 'SNL' (em inglês) Rolling Stone (8 de abril de 2012). Visitado em 6 de julho de 2014.
  79. Sarah Peel (18 de abril de 2012). One Direction Present & Perform At 2012 Logie Awards (em inglês) BSC KIDS. Boomtron LLC. Visitado em 6 de julho de 2014.
  80. Kia Makarechi (12 de agosto de 2012). One Direction & Closing Ceremony: Olympics Get A Dose Of 'What Makes You Beautiful' (em inglês) The Huffington Post. Visitado em 6 de julho de 2014.
  81. Jon Stickler. One Direction Announce UK & Ireland Tour (em inglês) Stereoboard. Eyedigit Limited. Cópia arquivada em 8 de abril de 2012.
  82. Emily Hewett (1º de outubro de 2011). One Direction tickets: Fans bombard Ticketmaster as eBay touts capitalise (em inglês) Metro. Visitado em 7 de julho de 2014. Cópia arquivada em 8 de abril de 2012.
  83. Lisa McGarry (24 de fevereiro de 2012). One Direction announce 2012 tour dates for Australia and New Zealand (em inglês) Unreality TV. Visitado em 7 de julho de 2014.
  84. Elliott Battle (3 de fevereiro de 2012). One Direction bring 'Up All Night' US release date forward due to popular demand (em inglês) Stereoboard. Visitado em 7 de julho de 2014. Cópia arquivada em 8 de abril de 2012.
  85. One Direction Reveal North American Tour Dates (em inglês) Idolator (21 de março de 2012). Visitado em 7 de julho de 2014.
  86. Jocelyn Vena (21 de março de 2012). One Direction Announce Headlining U.S. Tour (em inglês) MTV. Visitado em 7 de julho de 2014. Cópia arquivada em 8 de abril de 2012.
  87. Paul Williams (27 de março de 2012). Murs to support One Direction on North American tour (em inglês) Music Week. Visitado em 7 de julho de 2014. Cópia arquivada em 8 de abril de 2012.
  88. One Direction Launch 'Up All Night' UK Tour In Wolverhampton (em inglês) Capital FM (22 de dezembro de 2012). Visitado em 7 de julho de 2014. Cópia arquivada em 8 de abril de 2012.
  89. Lewis Corner (12 de abril de 2012). One Direction perform 'Moments' on tour – video (em inglês) Digital Spy. Visitado em 7 de julho de 2014.
  90. Yearbook (em inglês) Play.com. Visitado em 27 de outubro de 2011.
  91. One Direction (em inglês) Onedirectionmusic.com (Sony Music Entertainment). Visitado em 20 de maio de 2014.
  92. Up All Night: One Direction: Music (em inglês) Amazon.com. Visitado em 20 de maio de 2014.
  93. Up All Night [Italian Edition]: One Direction: Amazon.de: Musik (9 de setembro de 2009). Visitado em 20 de maio de 2014.
  94. a b One Direction - Up All Night (em alemão) Sony Music Entertainment Germany GmbH. Visitado em 21 de maio de 2014.
  95. a b Keith Caulfield (20 de março de 2012). One Direction Makes History with No. 1 Debut on Billboard 200 (em inglês) Billboard Prometheus Global Media. Visitado em 7 de julho de 2014.
  96. Sarah Fitzmaurice (22 de março de 2012). One Direction make history as first UK group to hit No.1 spot in the US album charts with debut (em inglês) Daily Mail. Visitado em 7 de julho de 2014. Cópia arquivada em 22 de março de 2012.
  97. Colin Daniels (7 de setembro de 2012). Adele, One Direction enter 'Guinness World Records' (em inglês) Digital Spy Hearst Magazines UK. Visitado em 7 de julho de 2014.
  98. a b c Searchable database (em inglês) Recording Industry Association of America. Visitado em 7 de julho de 2014.
  99. Paul Grein (24 de outubro de 2012). Week Ending Oct. 21, 2012. Albums: Aldean’s Fast Train To #1 (em inglês) Yahoo! Music Yahoo!. Visitado em 7 de julho de 2014.
  100. Keith Caulfield (3 de janeiro de 2013). Adele's '21' 2012's Best Selling Album; Gotye Has Top Song (em inglês) Billboard. Visitado em 16 de julho de 2014.
  101. Brian Mansfield (20 de fevereiro de 2013). Grammy sales boost Carrie Underwood above 'Idol' pack (em inglês) USA Today. Visitado em 7 de julho de 2014.
  102. a b Jon Williams (21 de março de 2012). One Direction stroms N.A. charts (em inglês) Jam!. Visitado em 7 de julho de 2014.
  103. a b Gold Platinum Database Music Canada (11 July 2012). Visitado em 25 July 2012.
  104. One Direction Thank Fans For 'Up All Night' Chart Success (em inglês) (28 de novembro de 2011). Visitado em 7 de julho de 2014.
  105. Alan Jones (28 de novembro de 2011). Official Album Chart Analysis: Rihanna LP sells 163,819 units (em inglês) Music Week Intent Media. Visitado em 7 de junho de 2014.
  106. a b The Top 20 biggest selling albums of 2011 revealed! (em inglês) The Official Charts Company (1º de janeiro de 2012). Visitado em 7 de julho de 2014.
  107. Dan Lane (2 de janeiro de 2013). The Official Top 40 Biggest Selling Albums Of 2012 revealed! (em inglês) The Official Charts Company. Visitado em 7 de julho de 2014.
  108. Dan Lane (8 de dezembro de 2012). The Top 10 biggest selling X Factor debut singles and albums revealed! (em inglês) The Official Charts Company. Visitado em 7 de junho de 2014.
  109. a b Search Results> Search by parameters > One Direction (em inglês) The British Phonographic Industry (BPI). Visitado em 20 de maio de 2014.
  110. Alan Jones (2 de dezembro de 2013). Official Charts Analysis: One Direction LP tops 230k sales to become 2013's fastest seller (em inglês) Music Week. Visitado em 16 de julho de 2014.
  111. a b One Direction - Up All Night (Irish Recorded Music Association) (em inglês) Irish Recorded Music Association. Visitado em 7 de julho de 2014.
  112. a b c One Direction - Up All Night (Album) (em inglês) australian-charts.com. Visitado em 7 de julho de 2014.
  113. a b One Direction - Up All Night (Recording Industry Association of New Zealand) (em inglês) Recording Industry Association of New Zealand. Visitado em 7 de julho de 2014.
  114. a b ARIA Charts - Accreditations - 2012 Albums (em inglês) Australian Recording Industry Association. Visitado em 7 de julho de 2014.
  115. a b NZ Top 40 Albums Chart (em inglês) Recorded Music NZ. Visitado em 7 de julho de 2014.
  116. Paul Grein (3 de janeiro de 2014). Chart Watch Extra: Top Albums of 2012 (em inglês) Yahoo! Music Yahoo!. Visitado em 8 de julho de 2014.
  117. IFPI publishes Digital Music Report 2013 (em inglês) Federação Internacional da Indústria Fonográfica (26 de fevereiro de 2013). Visitado em 8 de julho de 2014.
  118. One Direction - Up All Night (Media Control Charts) (em alemão) Media Control Charts. Visitado em 20 de maio de 2014.
  119. One Direction - Up All Night (Ö3 Austria Top 40) (em alemão) Ö3 Austria Top 40. Visitado em 20 de maio de 2014.
  120. One Direction - Up All Night (Ultratop 50) (em alemão) Ultratop 50. Visitado em 20 de maio de 2014.
  121. One Direction - Up All Night (Ultratop 40) (em francês) Ultratop 40. Visitado em 20 de maio de 2014.
  122. Brazil Albums (Issue Date: 2012-08-04) (em português brasileiro) Billboard (4 de agosto de 2012). Cópia arquivada em 29 de julho de 2012.
  123. One Direction - Up All Night (Hrvatska diskografska udruga) (em croata) Hrvatska diskografska udruga. Visitado em 20 de maio de 2014.
  124. One Direction - Up All Night (Tracklisten) (em dinamarquês) Tracklisten. Visitado em 20 de maio de 2014.
  125. One Direction - Up All Night (The Official Charts Company) (em escocês) The Official Charts Company. Visitado em 20 de maio de 2014.
  126. One Direction - Up All Night (Productores de Música de España) (em espanhol) Productores de Música de España. Visitado em 20 de maio de 2014.
  127. One Direction: Up All Night (IFPI Finlândia) (em finlandês) IFPI Finlândia. Visitado em 20 de maio de 2014.
  128. One Direction - Up All Night (Syndicat National de l'Édition Phonographique) (em francês) Syndicat National de l'Édition Phonographique. Visitado em 20 de maio de 2014.
  129. One Direction - Up All Night (IFPI Grécia) (em grego) IFPI Grécia. Visitado em 20 de maio de 2014.
  130. One Direction - Up All Night (Magyar Hanglemezkiadók Szövetsége) (em húngaro) Magyar Hanglemezkiadók Szövetsége. Visitado em 20 de maio de 2014.
  131. One Direction - Up All Night (Federazione Industria Musicale Italiana) (em inglês) Federazione Industria Musicale Italiana. Visitado em 7 de julho de 2014.
  132. a b アップ・オール・ナイト One Directionのプロフィール (em japonês) Oricon (2012). Visitado em 20 de maio de 2014.
  133. One Direction - Up All Night (Mexican Albums Chart) (em inglês) Mexican Albums Chart. Visitado em 7 de julho de 2014.
  134. One Direction - Up All Night (VG-lista) (em norueguês) VG-lista. Visitado em 20 de maio de 2014.
  135. One Direction - Up All Night (MegaCharts) (em holandês) MegaCharts. Visitado em 20 de maio de 2014.
  136. One Direction - Up All Night (Związek Producentów Audio Video) (em polonês) Związek Producentów Audio Video. Visitado em 20 de maio de 2014.
  137. One Direction - Up All Night (Associação Fonográfia Portuguesa) (em português) Associação Fonográfica Portuguesa. Visitado em 20 de maio de 2014.
  138. One Direction - Up All Night (IFPI Česká Republika) (em checo) IFPI Česká Republika. Visitado em 20 de maio de 2014.
  139. One Direction - Up All Night (UK Albums Chart) (em inglês) UK Albums Chart. Visitado em 20 de maio de 2014.
  140. One Direction - Up All Night (Sverigetoppolistan) (em sueco) Sverigetopplistan. Visitado em 20 de maio de 2014.
  141. One Direction - Up All Night (Schweizer Hitparade) (em alemão) Schweizer Hitparade. Visitado em 20 de maio de 2014.
  142. One Direction - Up All Night (G-Music) (em japonês) G-Music. Visitado em 20 de maio de 2014.
  143. The Top 100 Biggest Selling Albums of the Year (em inglês) Australian Recording Industry Association. Visitado em 20 de maio de 2014.
  144. The Top 20 Biggest Selling Albums of the Year (em inglês) Irish Recorded Music Association. Visitado em 7 de julho de 2014.
  145. END OF YEAR CHARTS 2011 (em inglês) Recording Industry Association of New Zealand (21 de fevereiro de 2012). Visitado em 20 de janeiro de 2014.
  146. ARIA Top 100 Albums 2012 Australian Recording Industry Association (janeiro de 2013). Visitado em 20 de maio de 2014.
  147. Top 50 Albumes Anual 2012 (em espanhol) Productores de Música de España. Visitado em 20 de maio de 2014.
  148. Year End 2012 - Billboard 200 (em inglês) Billboard Prometheus Global Media (4 de maio de 2013). Visitado em 20 de maio de 2014.
  149. One Direction - Up All Night (Digital Albums) (Year-end) (em inglês) Billboard. Visitado em 7 de julho de 2014.
  150. Conferir:
  151. Best selling albums of Hungary in 2012 (em inglês) Mahasz. Visitado em 20 de maio de 2014.
  152. Best of 2012 (em inglês) Irish Recorded Music Association. Visitado em 20 de maio de 2014.
  153. Top 100 Album Combined - Classifica annuale (dal 2 Gennaio 2012 al 30 Dicembre 2012) (em italiano) Federazione Industria Musicale Italiana. Cópia arquivada em 16 de janeiro de 2014.
  154. Los Más Vendidos 2012 (em espanhol) Asociación Mexicana de Productores de Fonogramas y Videogramas. Visitado em 20 de maio de 2014.
  155. END OF YEAR CHARTS 2012 (em inglês) The Official NZ Music Charts (Recorded Music New Zealand Limited). Visitado em 20 de maio de 2014.
  156. Jaaroverzichten - Album 2012 MegaCharts (2013). Visitado em 20 de maio de 2014.
  157. Dane Lane. The Official Top 40 Biggest Selling Albums of 2012 revealed! The Official UK Charts Company. Visitado em 20 de maio de 2014.
  158. Årslista Album - År 2012 Sverigetopplistan. Cópia arquivada em 17 de janeiro de 2013.
  159. Schweizer Jahreshitparade 2012 Schweizer Hitparade. Visitado em 20 de maio de 2014.
  160. 2013年のCDアルバム年間ランキング (em japonês) Oricon. Cópia arquivada em 20 de maio de 2014.
  161. Los Más Vendidos 2013 (em espanhol) Asociación Mexicana de Productores de Fonogramas y Videogramas (AMPROFON). Visitado em 31 de janeiro de 2014.
  162. Certificações (Brasil) (álbum) – One Direction (em português) Associação Brasileira dos Produtores de Discos. Visitado em 20 de maio de 2014.
  163. Disco de Platina - One Direction: Brasil (em português brasileiro) Sony Music Entertainment (8 de maio de 2012). Visitado em 20 de maio de 2014.
  164. One Direction: el nuevo fenómeno del pop adolescente ya es disco de oro en Chile (em espanhol) Diario. Visitado em 20 de maio de 2014.
  165. Certificeringer IFPI Dinamarca. Visitado em 20 de maio de 2014.
  166. Promusicae certifications (em inglês) Promusicae. Visitado em 22 de maio de 2014.
  167. Anneee 2012 - Certifications au 20/11/2012 (em francês) Syndicat National de l'Édition Phonographique. Visitado em 20 de maio de 2014.
  168. Top-75 Albums Sales Chart IFPI Greece (3 de dezembro de 2013). Visitado em 20 de maio de 2014.
  169. One Direction to hold global Twitter viewing party for new concert DVD (em inglês) Music Week Intent Media (30 de maio de 2012). Visitado em 7 de julho de 2014.
  170. Certificazione album fisici settimana 26 2012" (PDF) (em inglês) Federazione Industria Musicale Italiana. Visitado em 7 de julho de 2014. Cópia arquivada em 16 de setembro de 2012.
  171. Certification List (em inglês) Recording Industry Association of Japan (fevereiro de 2013). Visitado em 20 de maio de 2014.
  172. ¡Más y más logros para One Direction!" (em espanhol) Sony Music Entertainment (10 de janeiro de 2013). Visitado em 7 de julho de 2014.
  173. Platynowe CD Związek Producentów Audio Video. Visitado em 20 de maio de 2014.
  174. One Direction - Up All Night (Certificações) Associação Fonográfica Portuguesa. Visitado em 20 de maio de 2014.
  175. Veckolista Album - Vecka 36, 7 september 2012 Sverigetopplistan (Swedish Recording Industry Association) (7 de setembro de 2012). Visitado em 20 de dezembro de 2014.
  176. IFPI Europe Platinum Awards Federação Internacional da Indústria Fonográfica. Visitado em 20 de maio de 2014.
  177. Los One Direction batieron récord de ventas en la región (em espanhol) Diario. Visitado em 20 de maio de 2014.
  178. a b iTunes - Music - Up All Night (Yearbook Edition) by One Direction (em inglês) iTunes Store (Apple Inc.). Visitado em 21 de maio de 2014.
  179. a b Up All Night, One Direction (em inglês) (18 de novembro de 2011). Visitado em 21 de maio de 2014.
  180. iTunes - Music - Up All Night by One Direction (em inglês). Visitado em 21 de maio de 2014.
  181. iTunes - Music - Up All Night (Yearbook Edition) by One Direction (em alemão) iTunes Store (Apple Inc.). Visitado em 21 de maio de 2014.
  182. One Direction's 'Up All Night' Australian Release Date Announced (em inglês) The Hot Hits Live from LA MCM Media (8 de novembro de 2011). Visitado em 21 de maio de 2014.
  183. One Direction (em inglês) Onedirectionmusic.com (Sony Music Entertainment). Visitado em 21 de maio de 2014.
  184. iTunes - Music - Up All Night by One Direction (em dinamarquês) iTunes Store (Apple Inc.). Visitado em 21 de maio de 2014.
  185. One Direction Onedirectionmusic.com (Sony Music Entertainment). Visitado em 21 de maio de 2014.
  186. Up All Night - One Direction - empik.com (em polonês) Empik.com. Visitado em 21 de maio de 2014.
  187. One Direction Onedirectionmusic.com (Sony Music Entertainment). Visitado em 21 de maio de 2014.
  188. One Direction (em italiano) Onedirectionmusic.com (Sony Music Entertainment). Visitado em 21 de maio de 2014.
  189. One Direction - Up All Night (초판 한정반) (em coreano) Yes24. Visitado em 21 de maio de 2014.
  190. 英倫最強偶像世代 1世代 / 青春無敵 One Direction / Up All Night (em chinês) books.com.tw. Visitado em 21 de maio de 2014.
  191. Up All Night by One Direction - Preorder Up All Night on iTunes (em inglês) iTunes Store (Apple Inc.). Visitado em 21 de maio de 2014.
  192. Up All Night by One Direction - Preorder Up All Night on iTunes (em inglês) iTunes Store (Apple Inc.). Visitado em 21 de maio de 2014.
  193. Up All Night by One Direction - Preorder Up All Night on iTunes (em espanhol) iTunes Store (Apple Inc.). Visitado em 21 de maio de 2014.
  194. Up All Night de One Direction (em português brasileiro) iTunes Store (Apple Inc.). Visitado em 21 de maio de 2014.