Usina Hidrelétrica de Foz do Areia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde Abril de 2008).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.

A Usina Hidrelétrica de Foz do Areia é uma usina brasileira do estado do Paraná.

O projeto hidrelétrico Foz do Areia foi implantado com dois objetivos de igual importância. O primeiro corresponde à criação de um grande reservatório regulador de vazões a montante dos demais projetos executados no rio Iguaçu. E o segundo, ao de geração de energia elétrica com potência instalada de 2.500 MW. No local do projeto a bacia drenada é de 29.800 km² e a vazão média natural e de 544 m³/s.

O projeto inclui uma barragem de enrocamento compactado, impermeabilizada por face de concreto. Esta solução foi imposta pela falta no local de argila que pudesse ser usada como núcleo, e também porque o regime pluvial não permitia um cronograma de construção flexível se fosse adotado o uso de argila, uma vez que o avanço das escavações e a construção da parte de enrocamento ficariam dependentes do avanço do núcleo de argila.

0 vertedouro está localizado na margem esquerda e a Casa de Força e suas obras de adução e saída estão localizadas na margem direita. Para construir a barragem, o rio foi desviado por meio de túneis de desvio e ensecadeiras.

0 vertedouro é do tipo de superfície, controlado por quatro comportas.

A subestação e do tipo abrigada, compacta, isolamento SF 6, próxima da Casa de Força. Além dessas obras foram construídos acampamentos, pontes, aeroporto e estradas de acesso.

Hidrologia[editar | editar código-fonte]

Coordenadas geográficas 26° 0'35.40" sul / 51°39'44.39" oeste

Bacia hidrográfica drenada 29.800 km²

Vazão média de longo prazo (1931 - 1975) 544 m³/s

Geologia[editar | editar código-fonte]

0 local é formado por camadas basálticas regulares e quase horizontais. Cinco camadas aparecem entre as cotas 550 e 750, cada uma delas formadas principalmente por basaltos maciços.

Reservatório[editar | editar código-fonte]

Nível máximo operacional 744,0 m; Nível máximo excepcional 745,5 m; Nível mínimo operacional 698,0 m;

Volume total 8,300.000.000 m³ Volume útil 5,600.000.000 m³

Comprimento aproximado 100 km

Área inundada 167 km²

Canal de Fuga[editar | editar código-fonte]

Nível máximo normal 607,0 m

Nível máximo excepcional 617,5 m

Nível médio normal 605,0 m

Nível mínimo normal 602,0 m

Barragem principal[editar | editar código-fonte]

Enrocamento compactado com face de concreto

Altura máxima 160 m

Comprimento da crista 828 m

Largura da crista 12 m

Largura máxima na fundação 400 m

Volume total do enrocamento 13.340.000 m³

Volume nominal 100.260 m³

Volume total de concreto 81.150 m³

Desvio do rio durante a construção[editar | editar código-fonte]

Fase 1:

Construção dos túneis de desvio na margem direita.

Características dos túneis:

- quantidade 2

- diâmetro 12,0 m

- comprimento,túnel n.° 1 568,0 m

- comprimento,túnel n.° 2 586,0 m

- material de proteção concreto projetado (parcial)

Fase 2:

Construção das ensecadeiras e desvio do rio através dos túneis; construção da barragem:

- vazão máxima de projeto 7.700 m³/s (500 anos)

Fase 3:

Fechamento dos túneis e armazenamento de água no reservatório.

Vertedouro[editar | editar código-fonte]

Tipo de superfície controlado por comportas; estrutura de concreto armado com crista, pilares, ponte, canal e defletor.

Comprimento total 400 m

Altura máxima acima da fundação 30 m

Largura de cada comporta 14,5 m

Quantidade de comportas 4

Altura de cada comporta 18.5 m

Capacidade máxima de descarga 11.000 m³/s

Canal de adução[editar | editar código-fonte]

Comprimento 400 m

Largura do fundo 90 m

Tomada de água[editar | editar código-fonte]

Estrutura de concreto armado apoiada em rocha

Comprimento 108 m

Altura máxima 70 m

Comportas:

Comportas[editar | editar código-fonte]

- tipo plana

- quantidade 4

- dimensões 7,4 x 7,4 m

Túneis forçado[editar | editar código-fonte]

Escavados na rocha, revestidos de concreto armado e armação metálica nos últimos 50 metros.

Quantidade de condutos 6

Comprimento médio 217 m

Diâmetro:

- trecho sem armadura 7,40 m

- trecho com armadura 7,00 m

Casa de força[editar | editar código-fonte]

Tipo semi-abrigada

Potencia máxima:

- instalação inicial:

4 unidades de 418,5 MW 1.674,0 MW

- instalação final:

6 unidades de 418,5 MW. 2.511,0 MW

Capacidade máxima da ponte rolante 800 ton.

Capacidade da ponte auxiliar 50 ton.

Subestação[editar | editar código-fonte]

Tipo externa, blindada, isolamento SF 6

Tensão máxima de operação 550 kV

Nível básico de isolamento 1.550 kV

Corrente nominal 3.000 A

Quantidade de disjuntores 10

Capacidade de interrupção 50 k

A Quantidade de transformadores monofásicos 19

Potência de cada transformador 155 MVA

Tensão 16,5 - 552/ V3 kV

Turbinas[editar | editar código-fonte]

Tipo Francis, eixo vertical

Potência máxima 585.000 CV

Queda nominal 120 m

Queda máxima 135 m

Vazão nominal 304 m³/s

Vazão máxima 349 m³/s

Velocidade sincrona 126 rpm

Rotor:

- Diâmetro máximo 6.024 mm

- Altura 2.615 mm

- Peso 120 ton

Geradores[editar | editar código-fonte]

Tipo Umbrella, trifásico

Potência nominal 415.000 kVA

Elevação de temperatura acima de 40 °C ambiente 80 °C

Fator de potência 0,9

Tensão nominal 16,5 kV

Freqüência 60 Hz

Quantidades principais[editar | editar código-fonte]

Escavação comum 10.461.000 m³

Escavação em rocha (superficial) 14.631.000 m³

Escavação em rocha (túneis) 245.000 m³

Enrocamento 13.314.000 m³

Concreto (todas as estruturas) 584.000 m³

Ver também[editar | editar código-fonte]