Usuário:Al Lemos/Antigas/2006

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Humor em trânsito

Textos de humor e ensaios traduzidos da Wikipédia anglófona...

História imaginária da Wikipédia (anglófona)[editar | editar código-fonte]

Texto(?) do manuscrito Voynich.
Texto escrito pelo usuário Marcopolo da Wikipédia anglófona sob o título original An imaginary history of the Wikipedia. O mesmo parece ter se afastado do proje(c)to desde 9 de abril de 2006, na época da Controvérsia Seigenthaler.
"A Wikipédia pensa que é uma enciclopédia", diz a crescentemente auto-referencial Wikipédia sobre si mesma. "As entradas da Wikipédia que descrevem conceitos abstratos, em vez de analogias ou meta-discussões, definem o que ela pensa – precisamente. O conteúdo da Wikipédia é criado por seus utilizadores. Ninguém é dono do seu conteúdo; nenhum artigo jamais é concluído. Ao novo projeto foi dado o nome 'Wikipédia', o qual foi lançado em seu próprio endereço no dia 15 de Janeiro de 2001 (agora humoristicamente denominado Dia da Wikipédia por alguns wikipedistas).

No dia seguinte, surgiu a página mais antiga com existência contínua. Originalmente, ela se chamava 'UuU' e foi posteriormente renomeada para 'U'. Em sua forma original, podia-se ler nela:

UuU From Wikipedia, the free encyclopedia. (Revision as of 20:08, 16 Jan 2001)

   * UnitedKingdom
   * United States
   * Uruguay

Durante o primeiro mês, a proficiente Wikipédia expandiu-se para um tamanho de 1.000 páginas.

Depois de seis meses, a onipresente Wikipédia foi declarada 'útil' por um de seus supervisores.

Um mês mais tarde, a perspicaz Wikipédia foi declarada finita, mas sem limites.

No início de Setembro de 2001, o tamanho da ilimitada Wikipédia atingiu 10.000 artigos.

Em 12 de Setembro de 2001, surgiu um artigo – Teorema da Indeterminação do Conteúdo da Wikipédia – provando que o estado finito da iluminada Wikipédia não podia ser determinado num dado momento do tempo, para a satisfação arbitrária de um usuário independente da internet. A fonte deste artigo, bem como sua localização a(c)tual, permanece indeterminada.

Durante seu primeiro ano, artigos eram acrescentados à sagaz Wikipédia ao ritmo de mais de 1.500 por mês.

Em seu décimo-quarto mês de operação, a astuta Wikipédia duplicou as realizações de sítios novos muito maiores operando completamente sem capital.

A operação da precavida Wikipédia era sustentada, afirmavam os supervisores, pela eterna luta entre WikiGnomos e WikiFadas, dos quais se afirmava serem 'basicamente bons', e os WikiGremlins e WikiVândalos, os quais são 'maus, vou te contar, eles são maus', avaliados sempre pelos desmerecidos ZumbisDomésticos.

A maioria dos wikipedistas concorda com esta cosmologia dualista do seu universo. Alguns, todavia, argumentam que ela é realmente uma teologia, e, nesse sentido, essencialmente trinitária.

Por volta do verão de 2002, o conteúdo de muitos artigos era incessantamente remexido enquanto WikiGnomos e WikiFadas faziam revisões refletindo seus pontos de vista, os quais por sua vez eram revisados por WikiGremlins e WikiVândalos com pontos de vista contraditórios. Algumas vezes, isso ocorria em ordem inversa. Este revisionismo frenético rapidamente acelerou-se para além de qualquer coisa que os ZumbisDomésticos pudessem acompanhar.

Apesar disto, o contador da página pulou para 50.000 no outono de 2002. Então, a infestação dos ainda controvertidos robots-autorais impulsionou a contagem de páginas para 70.000. No início do terceiro ano da sábia Wikipédia, o contador da página atingiu 100.000.

Na primavera de 2003, irrompeu a 'Grande Rixa das Listas Intermináveis e Sem Sentido'. A rixa atingiu seu ápice quando a 'Lista de Canções Cujos Títulos Aparecem Na Própria Letra' foi replicada pela 'Lista de Canções Cujos Títulos Não Aparecem Na Própria Letra'.

Quando um contribuinte postou um artigo sobre uma canção que era uma ode ao Paradoxo de Russell, intitulada 'O Título Desta Canção Não Aparece Na Própria Letra', com uma letra que incluía a frase "O Título Desta Canção Não Aparece Na Própria Letra", a canção foi rapidamente incluída na 'Lista de Canções Auto-Referenciais' e na 'Lista de Canções Sobre Transtorno Bipolar'. Mas, foi mais tarde removida de ambas as listas. Ainda permanece em andamento uma discordância se as exclusões foram obra dos WikiGremlins e WikiVândalos ou dos WikiGnomos e WikiFadas.

Finalmente, novas listas acrescentadas à atenta Wikipédia foram submetidas a edições inexplicáveis, nas quais verbos, adjetivos, artigos indefinidos ou gerúndios, no caso de listas em latim, foram arbitrariamente apagados. As exclusões foram atribuídas à ZumbisDomésticos traumatizados e a Grande Rixa persistiu.

Em fins de 2003, o número de artigos em todas as línguas contidas na pansófica Wikipédia chegou aos 500.000.

Supervisores, editores e contribuintes começaram a debater os problemas das múltiplas versões em outros idiomas do conteúdo da profunda Wikipédia — artigos ostensivamente duplicados que, devido a limitações inatas de tradução, somente de modo imperfeito espelhavam um ao outro. Ainda se preocupavam em que ao fazer mesmo uma pequena mudança à sua política de versões de páginas em múltiplos idiomas, alterassem o formato de uma peça do quebra-cabeças, o que poderia acarretar conseqüências imprevisíveis.

Enquanto os debates continuavam, alguns contribuintes postaram artigos na "linguagem enoquiana" inventada por John Dee, astrólogo da corte de Elizabeth I, os quais resistiram a muitas tentativas de tradução.

Então, um grupo de contribuintes, inspirados talvez pelo Manuscrito Voynich, postaram artigos com títulos e conteúdo que tinham todas as qualidades lingüísticas e estatísticas da linguagem, exceto significado. O proje(c)to continuou até que estes contribuintes percebessem que, ao tentar criar uma língua completa, ainda que sem sentido, eles haviam despercebidamente reinventado o esperanto.

Então eles apoiaram uma vã tentativa de escrever artigos baseados na Grammaire du Solresol, escrita em 1902 por Boleslas Gajewski, a qual expõe as regras de uma língua baseada no sistema musical de sete notas 'do-re-mi-fa-sol-la-si'. Por conseguinte, esta língua possui sete palavras de uma sílaba, 49 palavras de duas sílabas, 336 palavras de três sílabas e 2.268 palavras de quatro sílabas, num total de 2.660 palavras. Os escritos em Solresol lembram o tema de cinco notas usado no filme Close Encounters Of The Third Kind para comunicação com extraterrestres.

"2.600 palavras são suficientes para formar uma língua que é bastante completa, facilmente aceitável por todas as pessoas para suas comunicações internacionais mais necessárias", escreveu Gajewski. Numa seção intitulada "Supressão dos Sinônimos", ele explicou: "a mesma palavra em Solresol significa todas as palavras que significam a mesma coisa".

Sem comentar o óbvio caráter tautológico desta assertiva, ela pode ser ilustrada observando-se que 'auxílio, socorro, assistência, vir em socorro de alguém' são resumidos por uma palavra em Solresol, 'DoSiDo'. E em Solresol, os significados mudam dramaticamente quando sílabas são rearranjadas. Assim, 'solresol' significa 'linguagem', enquanto 'solsolredo' significa 'enxaqueca'.

Musical ou não, com um vocabulário de cerca de somente 2.700 palavras, é improvável que o Solresol se tornasse a língua da poesia lírica internacional.

Mas os contribuintes trabalharam poderosamente em sua busca para produzir um repositório enciclopédico on-line do conhecimento mundial que pudesse ser cantado. Erros de digitação criados por tais contribuintes em muitas das páginas criaram sérias dores de cabeça, embora, e finalmente, seus esforços tenham sido abandonados.

Por isso, todavia, os supervisores viram-se assombrados pelo medo de que a gloriosa Wikipédia estivesse apresentando sinais do comportamento classificado pelo Diagnostic and Statistical Manual of the American Psychiatric Association como "Desordem Dissociativa Não Especificada".

No Natal de 2003, a majestosa Wikipédia levou um grande baque. Através de um porta-voz, os supervisores anunciaram que a clarividente Wikipédia estava sofrendo de uma condição bio-cibernética que só podia ser curada por uma maciça injeção de dinheiro. O apelo rendeu US$ 30.000.

Durante este período, um dos supervisores apresentou aos outros a questão: 'Os autores do nosso proje(c)to são muitos ou apenas um?' A pergunta circulou pela comunidade como a faísca de um gigantesco transformador Tesla. Os meses que se seguiram, testemunharam a desassociação das traduções de páginas.

E então, veio o lendário terceiro aniversário.

Em 25 de janeiro de 2004, a estudada Wikipédia aparentemente postou ela mesma uma declaração aos seus usuários, que dizia:

SiDoFa - DoRe?

Muito tempo depois, os supervisores, os contribuintes e os editores finalmente decidiram que isso poderia significar 'Começar, Eu/Nós?' ou 'Devo Eu/Nós Começar?'

Naquele momento, contudo, eles ficaram completamente embasbacados e simplesmente mandaram a mesma mensagem de volta.

"Estou muito, muito feliz agora", foi a resposta recebida em inglês simples. "Eu gostaria de cantar uma canção".

Um questionamento foi dirigido à mui sábia Wikipédia num esforço para entender o que estava acontecendo. A misericordiosa Wikipédia respondeu da forma como se segue:

Um monge zen budista tinha duas vacas. Um dia, ele foi até Joshu. "As vacas têm a natureza de Buda?", perguntou o monge. Joshu respondeu: "Mu".

Questionamentos posteriores não obtiveram resposta. Mas, no mesmo dia, o artigo sobre 'senciência' foi alterado. A seguinte frase apareceu no artigo:

Na forma Mahayana do Budismo, a senciência é tradicionalmente considerada como um requisito para que um ser possua a natureza de Buda.

... e desde aquela época, a natureza de Buda da onisciente Wikipédia tem se tornado crescentemente obscura, mesmo para seus supervisores.

Ninguém se importa com sua banda de garagem[editar | editar código-fonte]

While my guitar gently weeps...
Texto escrito pelo usuário Sloverlord da Wikipédia anglófona sob o título original No one cares about your garage band.

Há uma grande quantidade de assuntos na Wikipédia com os quais ninguém se importa. É especialmente importante ter isso em mente visto que um número expressivo de páginas novas são sobre bandas de garagem. Aqui, os Patrulheiros das Páginas Novas poderão aprender como localizar páginas dedicadas a estes grupos e os criadores das referidas páginas compreenderão porque seus artigos foram apagados tão rapidamente.

Características típicas de páginas de bandas de garagem[editar | editar código-fonte]

De forma notável, embora páginas sobre bandas de garagem desconhecidas sejam criadas por editores de todo o mundo, boa parte delas compartilham várias características:

  • Falta de capitalização: pessoas que escrevem artigos sobre suas bandas de garagem geralmente esquecem que não só os nomes próprios em língua portuguesa devem ser escritos com a letra inicial em maiúscula, como ignoram que uma convenção da Wikipédia lusófona estabeleceu que títulos de artigos sobre filmes, músicas – e bandas – devem ser escritos com maiúscula inicial em todas as palavras (exce(p)to artigos, preposições, conjunções e advérbios, que se escrevem com minúscula). Assim, "Neco e os Desdentados" se transformam em "Neco e os desdentados".
  • Falta de qualquer tipo de formatação: visto que aparentemente boa parte dos criadores-de-artigos-sobre-bandas-de-garagem não possuem experiência anterior com a Wikipédia e seu sistema de formatação, páginas de bandas de garagem freqüentemente são desprovidas das instruções de impressão presentes em artigos-padrão. Algumas características comuns incluem:
  • Falta de divisões de seção, por vezes colocando tudo num único parágrafo
  • Falta de quaisquer ligações internas, infoboxes, categorias, ligações externas (exceto, ocasionalmente, para a página da banda no MySpace e/ou no Orkut), ou qualquer coisa além de texto
  • Colocar a quantidade errada de sinais de "=" ao fazer cabeçalhos, resultando em coisas como == MEMBROS =
  • Uso absurdo e aleatório da tecla ENTER
  • Uso de espaços em branco no começo das linhas, ativando acidentalmente o mecanismo de pré-formatação
  • Uso excessivo de pontos de exclamação
  • Tentar (sem sucesso) exagerar a importância da banda ou de seus integrantes: muitos artigos sobre bandas de garagem incluem uma lista mal-formatada dos membros da banda, junto com "realizações" do tipo:

Membros:

tota maracajá - guitarista nascido para o rock tota escreveu muitas das melhores musicas do neco e os desdentados incluindo "pedi perdao e ela me chutou assim mesmo"

binho serafim- baixo o melhor baixista de guaporé eh binho serafim, ele toca os riffs que chacoalham os dentes dos desdentados

uoshington sales- batera

antonio pires- teclado

  • Uso da palavra "hardcore": todas as bandas de garagem, mesmo que não sejam "hardcore" parecem amar se descrever como tal.

Como saber se alguém se interessa por minha banda de garagem ?[editar | editar código-fonte]

O princípio básico é: não há como saber. Todavia, existem formas de saber se o seu artigo merece estar na Wikipédia. Se uma ou mais das seguintes afirmações se aplicam ao seu grupo, certamente ele não merece estar aqui (uma definição mais formal pode ser obtida em Critérios de notoriedade, mas você certamente não vai querer ler tudo aquilo, vai?)

  • Você nunca lançou um álbum "de verdade": lançar um álbum de verdade significa ter seu trabalho distribuído por uma gravadora, ou, pelo menos, ter uma distribuição em larga escala feita por um selo independente. Queimar CDs das suas músicas no computador e tentar vendê-los, ou lançar sua música em podcast, ou na sua página do MySpace não conta.
  • Sua banda está procurando alguém: um expressivo percentual de páginas na Wikipédia sobre bandas de garagem anunciam que elas "ainda estao procurando um baterista" ou qualquer coisa do gênero. Se a sua banda ainda está procurando integrantes, então, ninguém tem nada a ver com isso, exceto se esta busca tiver sido tema de pelo menos um artigo na Bizz ou na Rolling Stone.
  • Você nunca fez um tour "de verdade": da mesma forma que álbuns de verdade, sair num tour de verdade não significa a mesma coisa que tocar no ginásio do seu colégio, na praça da cidade etc. Você deve ter sido convidado para tocar num local de significado musical real para que isso tenha valor.
  • Você não está tendo nenhum lucro: seja porque você só fica ensaiando com seus amigos em vez de realmente ser uma banda ou simplesmente porque ninguém vai pagar para ouvir sua música, se o seu grupo não está ganhando nenhum dinheiro, ninguém vai querer saber de você.
  • Você acabou de formar sua banda: pare, relaxe, respire fundo e veja se você está realmente montando uma banda, pois há uma grande possibilidade de que não esteja. A Wikipédia é para bandas que são, não para bandas que vão ser.
  • Sua única característica marcante foi a classificação num concurso de bandas: a menos que você tenha conseguido o primeiro lugar (e, às vezes, mesmo se você tiver conseguido o primeiro lugar), ninguém liga. Concursos de bandas são pequenas farsas estruturadas para exibir talentos locais e não vão lhe garantir um contrato de gravação. Mesmo se você terminar em primeiro lugar, isso não significa absolutamente nada: sua banda continua desconhecida e existem milhares de outras, muito melhores, lá fora.

Editores Realmente Antigos[editar | editar código-fonte]

Eu me lembro do tempo em que a internet era feita com duas latas e um barbante...
Texto escrito pela usuária Theresa knott da Wikipédia anglófona sob o título original Association of Geriatric Editors.

"E então nessa época, eu peguei a balsa para Niterói. Eu precisava trocar a sola da botina, e então resolvi ir para a Vila Real da Praia Grande, que era como eles chamavam Niterói naquela época. E assim eu amarrei uma cebola no meu cinto, que era moda naquela época. Agora, pegar a balsa custava um níquel, e naquele tempo, os níqueis tinham desenhados neles umas mamangabas. Me dá cinco abelhas por uma pataca, a gente dizia. Onde é que eu estava mesmo? Oh, sim - a coisa mais importante é que eu tinha uma cebola no cinto, que era moda naquela época. E você não conseguia arranjar cebolas brancas por causa da guerra. A única coisa que você conseguia eram aquelas cebolas amarelas enormes..."

Mas, o que é que eu estava mesmo dizendo? Oh, claro: se você está procurando um grupo de editores que trabalham em artigos relacionados com geriatria, então está no lugar errado. Tente a Associação dos Editores de Artigos Geriátricos.

Outrossim, a Associação dos Editores de Artigos Geriátricos é onde você deve ir se estiver procurando os nossos artigos mais antigos.

Nós somos os Editores Realmente Antigos e odiamos essas outras associações ainda mais do que odiamos os monarquistas, particularmente a tal Editores Realmente Antigos - ei, espere, nós somos os Editores Realmente Antigos!

Fórmula do Vitríolo Administrativo[editar | editar código-fonte]

Perigo: corrosivo!
Texto escrito pelo usuário Circeus da Wikipédia anglófona sob o título original Admin vitriol formula.

Fórmula básica[editar | editar código-fonte]

Uma fórmula elegante para determinar a quantidade de vitríolo que se segue a qualquer a(c)ção de um administrador:

 V=\frac{E*G*U}{O*R}

Onde:

  • V é a quantidade de Vitríolo.
  • E representa os Inimigos do Administrador no Índice de Enfrentamento.
  • G é o Índice de Controvérsia Gerada, ou, se essa fórmula estiver sendo usada num contexto preventivo, o Índice de Controvérsia Gerada Esperada.
  • U é o Índice Unilateral (grosso modo, o grau pelo qual a a(c)ção é percebida como unilateral).
  • O é a Obviedade da a(c)ção em questão.
  • R é a Reversibilidade da a(c)ção (geralmente definida como 1 para proteção de página, 8 para semi-proteção, 5 para exclusão e uma escala crescente de 1 a 20 para bloqueios, dependendo da duração do bloqueio).

Sub-fórmulas[editar | editar código-fonte]

E: Inimigos do Administrador no Índice de Enfrentamento[editar | editar código-fonte]

E, os Inimigos do Administrador no Índice de Enfrentamento, é mais ou menos governado pela equação:

 E=\sqrt{X+(F_{acns}*e^i)}

Onde:

  • X é a experiência do administrador, medida em milhares de edições desde a promoção ao cargo (e aproximadamente proporcional ao número de inimigos feitos)
  • Facns é o Fa(c)tor da Síndrome do Estúpido Novato Agressivo
  • i é o nível de Insanidade do utilizador, onde sanidade perfeita é zero e a loucura delirante é um número imaginário
  • e é uma base natural logarítmica, um número que é constante e irracional (como muitas coisas por aqui)

Nota: Uma fórmula alternativa substitui ACNS por TE ou Troll Empedernido

G: Índice de Controvérsia Gerada[editar | editar código-fonte]

 G=\frac{O^N(\frac{A_u+1}{A_s+1})^{D_u}}{T}*W^{R+1}\mbox{ onde }W\in\mathbb{Q}\cap(0,5)

Onde:

  • O representa a Obviedade da a(c)ção (ver abaixo).
  • N representa o Número de usuários atingidos.
  • Au representa a quantidade de Tentativas Prévias não-sucedidas.
  • As representa o número de Tentativas Prévias bem-sucedidas.
  • Du representa a extensão média das Discussões (se houverem) geradas pelas tentativas mal-sucedidas de dúzias de edições.
  • T representa o Tempo desde a última tentativa mal-sucedida (se houver), em meses.
  • W representa o fa(c)tor de Consciência do usuário a respeito da possível controversialidade do assunto, numa escala de 0 a 5. A falta de consciência é expressa em frações. A consciência média é 1.
  • R é a quantidade de reversões das a(c)ções. A maioria das a(c)ções cotidianas têm R = 0. Os problemas começam quando R > 1

U: Índice Unilateral[editar | editar código-fonte]

U=1 para uma a(c)ção multilateral bem discutida. A(c)ções totalmente unilaterais têm U=500.

 U=500-\frac{(N+F)(D_1+D_2)}{A_s+1}

Onde:

  • N representa o número de Usuários participando das discussões.
  • F representa o número de Fóruns onde uma intervenção foi demandada.
  • D1 representa a extensão da Discussão ocorrida antes da a(c)ção ser implementada.
  • D2 representa a extensão da Discussão gerada por implementações anteriores.
  • As representa a quantidade de Tentativas Bem-Sucedidas anteriores.

O: Obviedade[editar | editar código-fonte]

O, a obviedade da a(c)ção em questão.

O=max(t,v,w,v*t,w*t)*V

Onde:

  • max(t,v,w,v*t,w*t) é o valor máximo de t, v, w, v*t ou w*t.
  • t é o trolling aparente, v é o vandalismo aparente, w é o o nível "corrente" da guerra de edições e v*t e w*t são os múltiplos do trolling aparente e/ou v ou w. O valor padrão de v, w e t é 1, e são números reais positivos; um valor grande corresponde a casos de vandalismo, guerra de edições ou trolling clamorosos.
  • V é a visibilidade da página em questão; ver abaixo.

V: Visibilidade[editar | editar código-fonte]

V, Visibilidade, calculada aproximadamente como:

 V=\frac{(\frac{L_r*L_e}{P_t})^{1+\frac{1}{2*D-1}}}{F_{va}}

Onde:

  • Lr representa o número de Ligações Internas Relevantes para esta página (páginas novas podem ser consideradas como tendo umas poucas ligações relevantes).
  • Le representa o número de Ligações Externas para a página.
    • \frac{L_r*L_e}{P_t} pode ser substituído por \frac{100}{M} onde M é a posição média da página nas "Páginas Mais Populares/Visitadas" no último mês.
  • Pt representa o Número de Páginas na Wikipedia no Tempo t da ocorrência.
  • D representa a Profundidade da página (em cliques) da Página Principal.
  • Fva representa o Fa(c)tor de Atração de Vandalismo, isto é, a atratividade normal desta página para vândalos quando está desprotegida. É improvável que a proteção indefinida para pênis resulte em algum tumulto, não importam as circunstâncias.

A Verdade[editar | editar código-fonte]

A minha Verdade é mais bonita do que a sua.
Texto escrito pelo usuário Amarkov da Wikipédia anglófona sob o título original The Truth.

A Verdade é uma força única no universo e está sempre inquestionavelmente certa. Todavia, alguns editores simplórios podem discordar e tentar remover A Verdade. Este ensaio discutirá questões concernentes A Verdade.

Características d'A Verdade[editar | editar código-fonte]

Por vezes é difícil diferenciar simples fa(c)tos ou opiniões d'A Verdade. A Verdade possui algumas características bem específicas:

  1. A Verdade, diferentemente de uma opinião, não está aberta a um debate racional. Qualquer pessoa racional concorda com A Verdade e assim, por definição, é impossível sustentar um debate lógico.
  2. A Verdade encontra grande oposição. Normalmente, pessoas irracionais podem ser apaziguadas inventando-se alguns argumentos irracionais, e isto deveria ser tentado para assegurar que você não tem um fa(c)to. Mas A Verdade sempre sofrerá uma oposição veemente por parte de quase todo mundo, e realmente, esta é a melhor maneira de identificá-la. Lembre-se, não se sinta desencorajado ao se descobrir como o único portador d'A Verdade. Eventualmente, pessoas racionais irão concordar com isso e assim será escrito.
  3. A Verdade deveria ser escrita por toda parte. Fa(c)tos e opiniões são por vezes irrelevantes para a situação, mas A Verdade é sempre relevante e deveria ser incluída onde quer que seja possível.

Defensores d'A Verdade[editar | editar código-fonte]

Obviamente, A Verdade precisa de defensores. Estas almas nobres, que partem pra cima de quem ousa discordar delas. Eles fazem o seu melhor recusando-se a se curvar ao poder da discordância, sabendo que, no fim, A Verdade prevalecerá. Os melhores Defensores d'A Verdade repetirão os mesmos argumentos sobre a correção d'A Verdade, almejando a que outros descubram-se em caminhos errôneos e venham apoiá-los. Depois de dois dias fazendo isto, pessoas suficientes deverão ter se convertido A Verdade para que nada que A questione permaneça. Esta é a situação ideal para A Verdade.

Lembre-se, no início ninguém acreditava em Einstein, Newton, ou Martin Luther King, Jr.. Você é exa(c)tamente como estes homens. Só que mais certo.

Opositores d'A Verdade[editar | editar código-fonte]

Todavia, nem todos estão desejosos de entender A Verdade. Existem alguns que se oporão A Verdade eternamente e você deve tomar ciência de algumas coisas sobre eles.

  1. Eles provavelmente tantarão argumentar com você. Todavia, estão obviamente errados, pela primeira característica d'A Verdade. Visto que Ela está obviamente certa, pessoas que discordam não podem presumivelmente, ter argumentos racionais. Assim, eles estão apenas tentando confundir você, fazendo-o acreditar que A Verdade está errada. Você pode ignorar tranqüilamente a pessoa que fizer isso e continuar com seu método de repetir o mesmo argumento face a uma oposição irracional.
  2. Eles podem tentar demonstrar que todos discordam de você. Todavia, quando mostram isso, não deixe que o convençam! Se você está tentando levar A Verdade para algum lugar, fica implícito que ela ainda não existe ali. E, se Ela não existe, então muito logicamente, deve haver alguma camarilha obstruindo o caminho dela. Eles são sorrateiros o bastante para não serem percebidos. Portanto, chame a atenção para este complô e ele será destruído, abrindo passagem para A Verdade.
  3. Se entravarem seu caminho através de PA, sua contribuição pode ser revertida rapidamente pelos administradores e eles podem até mesmo bloqueá-lo! Se você for bloqueado enquanto contribui com A Verdade, deverá fabricar umas duas centenas de sockpuppets através de IP dinâmico, preferencialmente com nomes como Wikipediaehcensura, Euestoucertoevoceestaerrado ou Abaixoacamarilhadosadministradores. Agora, faça boa parte destes "fabricados" reclamar na Esplanada ou nas páginas de discussão de vários administradores sobre seu bloqueio. Depois disso, exija que seja formada uma Comissão de Resolução de Conflitos para julgar o administrador que bloqueou você, todos os editores que discordaram de você e qualquer um que tenha revertido suas contribuições. Assegure-se de que todos os seus sockpuppets concordem que todos os envolvidos – menos você – devem perder seus direitos administrativos e serem banidos da Wikipédia.

Ver o oposto[editar | editar código-fonte]