Uta Hagen

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Uta Hagen
Robeson Hagen Othello.jpg
Hagen em Otelo, no Teatro Guild
Nome completo Uta Thyra Hagen
Nascimento 12 de junho de 1919
Gotinga, Alemanha
Morte 14 de janeiro de 2004 (84 anos)
Nova Iorque, Estados Unidos
Ocupação Atriz
Cônjuge José Ferrer (1938-1948)
Herbert Berghof (1957-1990)
Tony Award
1951- Melhor Atriz de Drama: Amar é Sofrer
1963- Melhor Atriz de Drama: Quem Tem Medo de Virgínia Wolf?
1999- Prêmio Especial pelo Conjunto da Obra
IMDb: (inglês)

Uta Thyra Hagen (Gotinga, 12 de junho de 1919 - Nova Iorque, 14 de janeiro de 2004) foi uma atriz alemã, famosa por seus trabalhos no teatro americano, em peças como Um Bonde Chamado Desejo e Quem Tem Medo de Virginia Wolf?.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascida em Gotinga, na Alemanha, Uta Hagen emigrou para os EUA, juntamente com sua família, quando tinha quatro anos. Criada em Madison, no Estado de Wisconsin, mudou-se para Nova Iorque, em 1937.

Carreira no teatro[editar | editar código-fonte]

Seu primeiro trabalho professional foi em uma adaptação de Hamlet, de 1937, na qual teve a oportunidade de contracenar com Eva Le Gallienne.

Em seguida, continuou dedicando-se sempre ao teatro, tendo participado de encenações de A Gaivota, Otelo, Um Bonde Chamado Desejo e Quem tem medo de Virginia Wolf?.

Casamentos[editar | editar código-fonte]

De 1938 a 1948, Hagen foi casada com o renomado diretor José Ferrer, com quem teve uma filha chamada Leticia. O divórcio com Ferrer decorreu de um caso entre Hagen e Paul Robeson, ator com quem ela contracenou em Otelo.

Posteriormente, em 1957, Hagen casou-se com Herbert Berghof, com quem permaneceu casada até 1990, quando Berghof faleceu.

A professora[editar | editar código-fonte]

Co-fundadora do HB Studio, em 1957, juntamente com seu marido Herbert Berghof, Hagen também passou a lecionar aulas de drama.

Entre tantos outros alunos, foi professora de futuros astros, tais como Robert De Niro, Liza Minnelli, Al Pacino, Sigourney Weaver, Matthew Broderick , Whoopi Goldberg e Amanda Peet.

Longe das telas[editar | editar código-fonte]

Por vários anos, enquanto dedicava-se ao teatro, Hagen manteve-se longe das telas da TV e do cinema, à exceção de alguns breves trabalhos na televisão.

Finalmente, em 1972, fez sua estréia no cinema, estrelando o filme A Inocente Face do Terror. Os outros filmes em que atuou foram Os Meninos do Brasil e O Reverso da Fortuna.

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Por seu trabalho nos palcos, Hagen recebeu dois Tony. Além disso, ganhou um Tony Especial pelo conjunto de sua obra, em 1999.

Tony

Ligações externas[editar | editar código-fonte]