Vénetos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde agosto de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Mapa das línguas itálicas antigas.

Os vénetos (português europeu) ou vênetos (português brasileiro) (em latim: Veneti; em grego: Enetoi Ενετοί) foram um antigo povo de origem indo-europeia do mesmo grupo dos ilírios (já incluídos por Heródoto entre eles). Habitaram no nordeste da Itália, numa região que corresponde ao atual Véneto.

Estabeleceram-se numa primeira fase da sua migração na Anatólia setentrional e ocidental. Segundo diversas fontes, tanto reais como lendárias, foram um dos povos que participou nas ligas lideradas por Troia e lutou contra os aqueus na longa guerra pelo predomínio da zona. Por causa das convulsões de tal guerra e com o advento da chamada "Idade das Trevas" tiveram que migrar de novo, assentando nos atuais Véneto (Itália) e Eslovénia. Nesta parte da Europa, a sua cultura aliou-se com a romana mas manteve fortes características apesar da romanização. Nas últimas fases da queda do Império Romano do Ocidente, as ricas localidades do interior (Aquileia, Altinum, Eraclea, etc.) tiveram que ser abandonadas e os habitantes fundaram num arquipélago a povoação de Veneza, com fins principalmente defensivos e que acabaria por se converter numa potência económica, militar e cultural até finais do século XVIII.

Falavam a língua venética, uma língua indo-europeia independente, que está testemunhada em aproximadamente 300 inscrições breves que datam do século VI até ao século I a.C. O venético parece partilhar várias semelhanças com o latim e com as línguas itálicas, mas também tem certas afinidades com outras línguas indo-europeas, especialmente as germânicas e as celtas.

Os vénetos adoravam um panteão de divindades entre as quais se destacava a deusa Reitia, que os romanos associaram a Cibeles.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Povos itálicos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.