Vésperas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Na liturgia católica, as Vésperas são a parte do Ofício Divino, também chamado Liturgia das Horas, que é celebrada à tarde, entre 15 e 18 horas. Composições ou cânticos sobre os textos dessa hora canônica também são chamados vésperas.[1]

Etimologia[editar | editar código-fonte]

A palavra tem origem no Latim: vespera ou vesperae, que significa "a tarde, ao cerrar da noite", que por sua vez, deriva de vésper, vésperis ou vésperus, que quer dizer "estrela Vésper, estrela ou planeta de Vênus, quando aparece, à tarde; tarde, o poente, o ocidente".[1]

Significado[editar | editar código-fonte]

A oração de Vésperas destina-se a agradecer a Deus todas as graças recebidas e o bem feito nesse dia. Recordam ainda a obra da Redenção de Cristo e a sua Última Ceia, na qual Ele deixou o memorial da Salvação. Partindo do simbolismo da luz e da escuridão, pede-se que brilhe de novo a luz e implora-se a vinda de Cristo.

Juntamente com as Laudes, é um dos pólos do Ofício quotidiano (Instrução Geral da Liturgia das Horas, 37), sendo por isso uma das horas que os cristãos mais insistentemente são convidados a celebrar, na medida das suas possibilidades (IGLH 40). Os clérigos têm a obrigação de rezar todas as horas litúrgicas, mas tal obrigação recai sobretudo sobre Laudes e Vésperas, que não devem ser omitidas, "a não ser por motivo grave" (IGLH 29)

Estrutura[editar | editar código-fonte]

  • Invocação inicial: Deus, vinde em nosso auxílio… e Glória.
  • Hino.
  • Salmodia; dois salmos, ou duas partes dum mesmo salmo e um cântico do Novo Testamento, cada um com a respectiva antífona.
  • Leitura breve, retirada do Novo Testamento, a que se pode seguir tempo de silêncio ou uma breve homilia.
  • Responsório breve: versículos em forma alternada, como resposta à leitura.
  • Cântico evangélico: o Cântico de Maria, ou Magnificat (Lc 1, 46-55), com a sua antífona.
  • Preces: orações de súplica a Deus, semelhantes à oração dos fiéis da Missa, que têm a forma de intercessões por todos os homens, sendo a última prece sempre dedicada aos defuntos.
  • Pai Nosso.
  • Oração conclusiva, na celebração comunitária proferida pelo presidente.
  • Bênção e despedida.

Referências

  1. a b HOUAISS, A. Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa. Rio de Janeiro: Objetiva, 2004. Página 2853, verbete: véspera.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Liturgia das Horas
Invitatório Ofício de Leitura Laudes Hora intermédia Vésperas Completas