Vírus atenuado

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Seleção de ovos de galinha embrionados para infecção com uma suspensão viral
Produção de vírus da varíola atenuados a partir de ovos de galinha embrionados.

Vírus atenuados são vírus com baixo potencial patogênico que são utilizados para a produção de vacinas virais atenuadas.1

Obtenção de vírus atenuados[editar | editar código-fonte]

Vírus atenuados levam esta denominação pois passam por um processo no qual sua virulência é reduzida a níveis considerados seguros para a aplicação clínica (vacinação). O método de Pasteur é o mais utilizado para a obtenção de vírus atenuados. Neste procedimento, vírus patogênicos são utilizados para promover infecções sequenciais em culturas celulares in vitro, ou em ovos embrionados. O que se obtem após a série de passagens são cepas virais menos virulentas (atenuadas), as quais sofreram mutações genéticas pontuais que comprometem o funcionamento de fatores virais necessários a patogenicidade, sem, no entanto, gerar prejuízos a capacidade replicativa do vírus.1 2

Modo de ação[editar | editar código-fonte]

Quando aplicado no corpo de um indivíduo, o vírus atenuado é capaz de se replicar, porém de maneira lenta, sem causar maiores danos ao organismo. A prolongada exposição ao vírus durante a lenta replicação viral induz uma resposta imune. Esta resposta leva à produção de grande quantidade de células de memória (linfócito B e T), as quais garantem o estabelecimento de imunidade contra o vírus em questão.1 2

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c WAGNER, E. K.; HEWLETT, M. J.; BLOOM, D. C.; CAMERINI, D.. Basic Virology. 3. ed. Massachusetts: Wiley-Blackwell, 2007. 584 p. ISBN 978-1405147156
  2. a b KHAN, F. H.. Elements of Immunology. New Delhi: Prentice Hall India, 2009. 508 p. ISBN 978-8131711583
Ícone de esboço Este artigo sobre vírus é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.