VTech Laser 200

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
VTech Laser 200
computador doméstico
O VTech Laser 200, renomeado como Dick Smith VZ200.

Lançamento: 1983 (30–31 anos)
Sistema operativo: Microsoft BASIC
Microprocessador: Z80A em 3,58 MHz
Memória: 4-8 KiB (depende da versão)
Portal Tecnologias da informação

O VTech Laser 200 foi um computador doméstico de 8 bits projetado e construído pela Vtech, e foi lançado em 1983, também vendido sob os nomes de Salora Fellow (principalmente na Escandinávia, particularmente na Finlândia), o Texet TX8000 (no Reino Unido) e Dick Smith VZ 200 (na Austrália e Nova Zelândia).

Uma versão melhorada, denominada VTech Laser 310 ou Dick Smith VZ 300 foi lançada posteriormente.[1]

História[editar | editar código-fonte]

O micro foi projetado e construído pela Video Technology (VTech) de Hong Kong e, embora usasse outra UCP, possuía algumas semelhanças conceituais com o fracassado Tandy MC-10.

No Reino Unido[editar | editar código-fonte]

Quando de seu lançamento no Reino Unido, a Texet afirmou que sua versão, rebatizada como TX8000 e vendida por £98, era o computador doméstico colorido mais barato do mercado. Todavia, isto não foi suficiente para assegurar sucesso contra o dominante ZX Spectrum e máquinas similares à venda[2] . Particularmente, o Oric-1, que lembrava muito o design do Spectrum, estava sendo vendido nessa época por £99, e oferecia especificações muito melhores do que as do Texet por uma diferença mínima de preço.

Na Austrália[editar | editar código-fonte]

A parte posterior do VZ200.

A versão VZ200 da "Dick Smith" provou-se muito mais bem-sucedida na Austrália e Nova Zelândia, onde assegurou o nicho de máquina para iniciantes. [3]

Características[editar | editar código-fonte]

UCP Z80A em 3,58 MHz
RAM 4-8 KiB—64 KiB (máxima)
VRAM KiB
ROM 16 KiB
Teclado "chiclete", 45 teclas (a maioria com quatro funções)
Display Motorola MC6847, texto (32×16, 8 cores) e gráfico (128×64 ou 64×32, 8 cores).
Som alto-falante interno
Portas interface de gravador cassete, saída para TV, saída para monitor de vídeo e porta de expansão genérica
Armazenamento fita magnética em 600 bauds

Referências

  1. Video Technology Laser 310 em old-computers.com. Recuperado em 21 de março de 2007.
  2. Bennett, Bill. Resenha do Texet TX-8000, Your Computer, abril de 1983. Recuperado em 21 de março de 2007.
  3. Dick Smith VZ-200 em thepcmuseum.com. Recuperado em 21 de março de 2007.

Galeria[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Emuladores[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre VTech Laser 200
Ícone de esboço Este artigo sobre hardware é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.