VVER

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

VVER é um tipo de reator nuclear que começou a ser produzido na extinta União Soviética. VVER é um reator nuclear moderado a água, sendo também em termos de princípio de funcionamento, basicamente uma cópia do reator PWR usado no Brasil pelas usinas Angra I e Angra II. Ele usa urânio enriquecido como combustível e água leve como moderador e refrigerante. Sua vantagem sobre os PWR usados no Brasil, Estados Unidos, França,etc. é seu baixo custo de instalação. E sua desvantagem é o menor número de itens de segurança, em relação ao PWR. Por exemplo, os reatores de Angra I e Angra II são projetados para resistirem a um choque de avião-suicida e ainda assim, não vazarem radiação. Num VVER, tal choque vazaria radiação para o ambiente em escala mortal para os vizinhos deste reator. Em Cuba existiram dois deste reatores em construção entre as décadas de 1980 e 1990 (Central Nuclear Juragua), mas nunca foram concluídos. Há mais de vinte reatores tipo VVER, em funcionamento na Rússia, China, Hungria e alguns outros países. Ao contrário do reator RBMK , este reator segue em instalação e tem razoáveis condições de segurança. Ainda assim, tais itens de segurança são inferiores aos usados nos reatores PWR adotados no Brasil. Já houve acidentes nucleares com este tipo de reator na Hungria anos atrás. Quando a anexação da Alemanha Oriental este tipo de reator lá existente em funcionamento foi totalmente fechado, por problemas de segurança.

Fontes[editar | editar código-fonte]