Vadico Valdir Bucchi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Wadico Waldir Bucchi foi presidente do Banco Central do Brasil de 1989 a 1990.

Brasileiro, paulistano, casado com Maria Amélia Correa Bucchi, três filhos.

Administrador de empresas e contador pela Universidade Mackenzie, mestre em finanças e planejamento estratégico pela University of California, USA e doutor em finanças pela Universidade de São Paulo.

Foi presidente e diretor da Área Bancaria do Banco Central do Brasil, secretário geral do Conselho Monetário Nacional e governador adjunto do Fundo Monetário Internacional, do Banco Mundial e do Banco InterAmericano de Desenvolvimento, alem de executivo de empresas brasileiras acumulando mais de trinta e cinco anos de atuação profissional.

Foi coordenador geral do projeto de criação de bancos múltiplos no Brasil, e o primeiro presidente do Banco Central a ser sabatinado e aprovado pelo Senado Federal conforme determina a Constituição Federal. Chefiou e/ou integrou diversas missões oficiais do governo brasileiro nos Estados Unidos, Canadá, Espanha, Inglaterra, Israel, Japão, México, Bolívia, Uruguai, Venezuela, etc., e junto a organismos internacionais como o Banco Mundial, o Fundo Monetário Internacional, o Banco InterAmericano de Desenvolvimento e o Eximbank do Japão.

É professor das disciplinas Custo e Estrutura de Capital, e Gestão de Investimentos do curso de graduação, e da disciplina Tópicos Avançados de Finanças dos cursos de mestrado e doutorado em finanças da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Elmo de Araújo Camões
Presidente do Banco Central do Brasil
19891990
Sucedido por
Ibrahim Eris


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.