Valéria Piassa Polizzi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Valéria Piassa Polizzi (São Paulo, 1971) é uma escritora brasileira.

É autora, entre outras obras, do livro Depois daquela viagem, autobiografia publicada em 1997, onde relata ter contraído o vírus da aids aos 16 anos[1] . Esse livro teve mais de 300 mil exemplares vendidos no Brasil, e já foi lançado na Itália, Portugal, Alemanha, Áustria, Espanha e em vários países da América Latina.[carece de fontes?]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Valéria foi cronista e colunista da revista Atrevida, por oito anos, escrevendo a coluna da última página, intitulada Papo de Garota.

Em 2007 se formou em Comunicação Social, jornalismo. E em 2010 concluiu uma pós-graduação em Criação Literária. Por duas vezes, em 2007 e 2008, passou uma temporada no México visitando diversas escolas devido à adoção de seu livro Depois daquela viagem, traduzido para o espanhol com o título ¿Por qué a mí?. No México sua obra já vendeu mais de cem mil exemplares.

Atualmente escreve e dá palestras.

Livros[editar | editar código-fonte]

  • Depois daquela viagem - diário de bordo de uma jovem que aprendeu a viver com Aids (Ed Ática,1997)
  • Enquanto estamos crescendo (coletânea de crônicas. Ed Ática, 2003)
  • Papo de garota (coletânea de crônicas Ed. O nome da rosa, 2001)

Participou das antologias de contos:

  • Grandes amigos - Pais e filhos (Panda Books, 2005)
  • Mecanismos precários (Ed Terracota, 2010)

Referências

  1. Sinpro-rs acessado em 19 de março de 2008

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um escritor do Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.