Vale Midland

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde março de 2011)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.

O Vale Midland é um vulcão inativo em que se estende do leste a oeste entre os planaltos do sul e as Highlands, na Escócia. Ele é delimitado ambos por duas falhas transcorrentes antigas que dividem a Escócia em dois. Na área sul, fica a Southern Upland Fault e no lado norte, a Highland Boundary Fault.

Há cerca de 538 milhões de anos, o norte da Escócia estava integrado com o antigo continente chamado de Laurência. Após 300 milhões de anos, Laurência foi separado das Ilhas Britânicas e foi levado para Avalónia, criando as falhas de Great Glen e no vale Midland. A pressão das montanhas escocesas formou um evento denominado orogenia caledoniana.

Mineração[editar | editar código-fonte]

A área do Vale Midland é rico em carvão. A extração do minério começou há 900 anos. O carvão desta região foi formado pela transformação de materias orgânicas em carvão. Há 318 milhões de anos, a área era pantanosa e o clima era equatorial.

Referências[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre vulcões é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.