Vale dos Vinhedos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Parreiral em Bento Gonçalves
Parreiral em Bento Gonçalves
Barris de vinho em vinícola de Bento Gonçalves

O Vale dos Vinhedos é uma região que ocupa uma área de 82 quilômetros quadrados na Serra Gaúcha, no estado do Rio Grande do Sul, no Brasil. Situa-se a 130 quilômetros de Porto Alegre, a capital do estado. Os vinhos produzidos no vale são os únicos do país a apresentar o selo de indicação de procedência (desde 2002) e o de denominação de origem (desde 2011)[1] , que são garantias de qualidade dos vinhos ali produzidos. A Associação dos Produtores de Vinhos do Vale dos Vinhedos certifica os vinhos que obedecem aos padrões de qualidade exigidos por esses selos.

Localização e limites[editar | editar código-fonte]

O Vale dos Vinhedos localiza-se no triângulo formado pelas cidades de Bento Gonçalves (nordeste), Monte Belo do Sul (noroeste) e Garibaldi (sul). O Vale dos Vinhedos compreende a parte da bacia hidrográfica do Rio Pedrinho, situada a montante da foz de um córrego afluente deste, nas coordenadas 29° 8' 48" S 51° 35' 45" O, situado a sudeste da comunidade de Vale Aurora, no município de Bento Gonçalves. A parte do vale a jusante é denominada de Vale Aurora.

A maior parte da área do Vale dos Vinhedos pertence ao município de Bento Gonçalves, com 60 por cento do total, e a menor parte pertence a Monte Belo do Sul, com 7 por cento na porção noroeste. A parte sul do vale pertence ao município de Garibaldi, com 30 por cento da área total. Parte da zona urbana de Bento Gonçalves situa-se dentro do perímetro do vale, haja visto que a linha divisória de águas entre as bacias do Rio Pedrinho e do Rio Buratti passa pela parte oeste da cidade. Localizam-se ao longo desta linha, ou próximo desta, a pista do Aeroclube de Bento Gonçalves, a Estação Rodoviária de Bento Gonçalves, o Estádio da Montanha e a Estação Ferroviária de Bento Gonçalves.

Situam-se, na área do vale, o Estádio Parque Esportivo Montanha dos Vinhedos, o Centro Nacional de Pesquisa de Uva e Vinho da Embrapa, o Campus Bento Gonçalves do Instituto Federal do Rio Grande do Sul e uma grande quantidade de vinícolas. A rodovia RS-444 é a principal via do vale. O percurso tem início na RSC-470, ao sul da cidade de Bento Gonçalves, e segue no sentido oeste pelo vale em direção a Monte Belo do Sul e Santa Tereza.

Importância[editar | editar código-fonte]

A área possui suaves colinas cobertas por parreirais, plátanos e araucárias. É a região brasileira mais tradicional na produção de vinhos. O Vale dos Vinhedos representa o legado cultural e histórico deixado pelos imigrantes italianos, chegados ao Brasil em 1875 em Bento Gonçalves. Os costumes e tradições estão enraizados nas pessoas e, até mesmo, na paisagem do Vale dos Vinhedos. A construção de capelas e capitéis, a devoção aos santos, o dialeto vêneto e, principalmente, o cultivo da videira e a produção do vinho, são marcas da imigração italiana.

Vales e montanhas cobertos de parreirais marcam a beleza do Vale dos Vinhedos, hoje visitado por quem aprecia o enoturismo. São pequenas propriedades rurais dividindo espaço com vinícolas renomadas, que, ao longo dos últimos anos, conquistaram destaque nacional e internacional pela qualidade e personalidade dos seus vinhos.

Referências

  1. Vale dos Vinhedos - Aprovale - RS. Disponível em http://www.valedosvinhedos.com.br/vale/conteudo.php?view=98&idpai=132#null. Acesso em 17 de janeiro de 2013.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]