Valentin Belkevich

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Belkevich
Belkevich
Informações pessoais
Nome completo Valyantsin Mihaylavich Byalkevich (bielorrusso)
Valentin Nikolayevich Belkevich (russo)
Data de nasc. 27 de Janeiro de 1973 (41 anos)
Local de nasc. Minsk,  União Soviética
Nacionalidade Bielorrusso → Ucraniano
Falecido em 1 de agosto de 2014 (41 anos)
Local da morte Kyiv,  Ucrânia
Altura 1,80 m
Apelido Rolo
Informações profissionais
Posição Meia-atacante
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos/gols)
1991–1996
1996–2008
2008–2009
União das Repúblicas Socialistas Soviéticas/Bielorrússia Dínamo Minsk
Ucrânia Dínamo de Kiev
Azerbaijão Inter Baku
202 (43)
222 (51)
5 (0)
Seleção nacional
1992–2005 Flag of Belarus.svg Bielorrússia 56 (10)

Valyantsin Mihaylavich Byalkevich - em bielorrusso, Валянціна Міхайлавіч Бялькевіч - ou Valentin Nikolayevich Belkevich - em russo, Валентин Николаевич Белькевич (Minsk, 27 de janeiro de 1973Kyiv, 1 de agosto de 2014) foi um futebolista bielorrusso.

Foi um dos principais jogadores da Bielorrússia desde a independência do país, juntamente com Alyaksandar Hleb, Vitali Kutuzov, Sergey Gurenko, Iuri Jevnov e Maxim Romaschenko.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Por clubes, Belkevich destacou-se inicialmente no Dínamo Minsk, clube onde iniciou a carreira em 1991 e atuaria até 1996 (202 jogos, 43 gols), sendo contratado em seguida pelo clube homônimo de Kiev.

Chegou a ser impedido de jogar competições europeias após ser flagrado no exame antidoping em 1994, quando atuava no Dínamo de Minsk. Recebeu o prêmio de melhor jogador bielorrusso no ano seguinte.

Em 2008, ganhou a cidadania ucraniana, mas não teve tempo de desfrutar da nova nacionalidade, pois o Dínamo de Kiev não renovou seu contrato. Belkevich, então, foi contratado pelo Inter Baku do Azerbaijão, onde fez apenas cinco jogos antes de se aposentar em 2009, aos 36 anos, e com 26 títulos conquistados (seis pelo Dínamo de Minsk, vinte pelo Dínamo de Kiev).

Carreira na Seleção[editar | editar código-fonte]

Pela Seleção Bielorrussa de Futebol entre 1992 e 2005, Belkevich foi convocado 56 vezes para defender o selecionado, marcando dez gols[1] .

Após a aposentadoria[editar | editar código-fonte]

Pouco depois de encerrar a carreira de jogador, Belkevich voltaria ao Dínamo de Kiev em 2010, para comandar o time de reservas. Entre 2012 e 2013, comandou as categorias de base, treinando novamente os suplentes do Dínamo ainda em 2013, exercendo o cargo até sua morte.

Morte[editar | editar código-fonte]

Em 1 de agosto de 2014, Belkevich morreu vitimado por um aneurisma, aos 41 anos de idade.[2] Era pai de uma menina, fruto de seu relacionamento com a cantora Anna Sedokova, em 2004.

Links[editar | editar código-fonte]

Referências

Bandeira de BielorrússiaSoccer icon Este artigo sobre futebolistas bielorrussos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.