Valentin de Boulogne

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Martírio de São Lourenço, de Valentin de Boulogne, óleo sobre tela, Museu do Prado, Madrid.

Valentin de Boulogne, também conhecido como Jean de Boulogne (Coulommiers, 1591 - Roma, 1632), foi um pintor francês da época barroca.

Valentim nasceu em Coulommiers. Supõe-se que terá partido para Roma em 1612, embora a primeira menção específica a s em Itália esteja no Stati d'anime de 1620, quando vivia na paróquia de Santa Maria del Popolo.

Em Itália recebeu a influência de Michelangelo Merisi da Caravaggio e Bartolomeo Manfredi, e estudou com Simon Vouet. Fez parte de um grupo de pintores nórdicos chamado «Bentvögel», que tinha por lema: «Por Baco, pelo tabaco e por Vénus». Deste modo entrou em contacto com os ambientes populares da Cidade Eterna, que representou nos seus quadros de costumes. Morreu em Roma.

Obra[editar | editar código-fonte]

Considera-se Valentin de Boulogne como o mais destacado caravagista francês. Assumiu o claro-escuro próprio de Caravaggio, embora colocando-o de forma ordenada e geométrica, interessando-se pelos efeitos táteis e pela beleza dos modelos. Os temas dos seus quadros são as cenas do quotidiano e as pinturas religiosas. Entre as suas obras encontram-se:

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Walter, Ingo F. (editor), Los maestros de la pintura occidental, Taschen, 2005, ISBN 3-8228-4744-5

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Valentin de Boulogne